Resenha - Real Thing - Faith No More

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Resenha - Real Thing - Faith No More


  | Comentários:

Em 1990, o rock n´ roll passava por uma fase de transição equivalente ao abismo entre as grandes navegações e o Iluminismo - um hiato, profundo, obscuro e inóspito que limitava o glam festeiro e inconsequente dos anos 80 e o mundo pós-muro da década seguinte. O assalto do grunge e o fim das plumas e paetês simbolizavam a retomada da sonora do desolamento; da aridez sonora em contraste com a pálida felicidade dos anos preliminares ao novo milênio.

Nota: 10

O texto representa a opinião do autor, não do Whiplash.Net ou de seus editores.

Imagem
Na qualidade de efeito colateral, bandas egressas dos anos 80, em conluio com o underground daqueles tempos, traziam novos elementos ao ph do rock n'roll essencial: as misturas com o som negro voltavam a moda; no lugar das competições olímpicas por velocidade, o groove do gueto entrava na ordem do dia, estimulando a reversão sonora de anos atrás- quando o som de JAMES BROWN e WILSON PICKETT abordava as incautas naus carregadas de uma pegada esbranquiçada e, aquela altura, estéril e descartável.

Em 1989, o FAITH NO MORE carregava a bandeira do gueto e, munido de um novo vocalista, trouxe ao mundo "The Real Thing". Longe do vanguardismo, mas atento aos novos ares, o disco provou que o thrash, o hip – hop das ruas, e as barricadas das FM's daqueles tempos podiam render frutos saborosos.

"Surprise, You're Dead" e "Zombie Eaters" possuíam o mesmo efeito de uma luta do UFC nos dias atuais: enquanto o despreparado ouvinte se recuperava de um thrash de primeira linha, era absorvido pelo "new psicodelismo da Era de Aquário" da banda. Nessa mesma linha, "Woodpecker From Mars", antecipa o caos sonoro que se espera ao misturar o modo frígio, levadas orientais, strings e baixo no melhor estilo Motown- se é que essa frase apresenta o mínimo de coerência inteligível!

Os hits radiofônicos estão lá: "Epic", "Falling To Pieces"e "From Out Nowhere" mostravam que o caminho midiático não precisavam da banalidade e do oportunismo dos dias atuais: a cargo do excelente JIM MARTIN as guitarras soavam sólidas e robustas como nos anos 70; mas carregadas de apelo e feeling inimagináveis para a poça de desinteresse e banalidade que tinha início naqueles tempos.

Se você acha que o RED HOT é o supras sumo da porraloquice dos anos 90, escute esse disco e reveja seus conceitos.

Track List:
-"From Out of Nowhere"
• "Epic"
• "Falling to Pieces"
• "Surprise! You're Dead!"
• "Zombie Eaters"
• "The Real Thing"
• "Underwater Love"
• "The Morning After"
• "Woodpecker from Mars"

Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs
Todas as matérias sobre "Faith No More"

Mike Patton: na trilha do filme de horror The Vatican Tapes
Tristania: vocalista faz cover acústico do Faith No More
Mutation: projeto de Mike Patton com membros do Napalm Death
Corey Taylor: explicando como o Faith No More mudou a sua vida
LGBT: confira alguns músicos que não são heterossexuais
Heavy Metal: nove ótimas músicas suaves do gênero
Tomahawk: banda paralela de Mike Patton lança novo clipe
Faith No More: Mike Patton dá mortal e destrói bateria em 2010
Faith No More: Mike Patton fala sobre reunião do grupo
Faith No More: Jim Martin, grande admirador do Metallica
Faith No More: Jim Martin quebra o silêncio sobre a banda
Faith No More: sem planos de lançar material novo
Tomahawk: confira nova música da banda de Mike Patton
Loudwire: Os 10 melhores álbuns de 1992
Faith No More: O assalto do grunge e o fim das plumas

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Paulo Severo da Costa

Paulo Severo da Costa é ensaísta, professor universitário e doente por rock n´roll. Adora críticas, mas não dá a mínima pra elas. Email para contato: [email protected]

Mais matérias de Paulo Severo da Costa no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas