Resenha - Tears Of White Roses - Sébastien

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Resenha - Tears Of White Roses - Sébastien


  | Comentários:

Eis um precioso achado que eu devo ao meu grande amigo Pikachu Sama, do blog Discipline of Steel. O Sébastien é uma banda oriunda da Republica Tcheca, de músicos bem rodados na cena metálica do país, sendo de certa forma a remanescência de duas outras bandas, que por motivos diversos acabaram não vingando. O que temos aqui trata-se um Power Metal Melódico, repleto de influências de Hard Rock e AOR, delicioso de se ouvir e com um potencial gigantesco de muito em breve estourar no cenário internacional.

Nota: 9

O texto representa a opinião do autor, não do Whiplash.Net ou de seus editores.

Imagem
A união de músicos talentosos, apoio de uma boa gravadora, apadrinhamento de ninguém mais ninguém menos que a lenda Roland Grapow (ex-Helloween) e várias participações muito especiais, não poderia redundar se não num excepcional resultado final. Este “Tears of White Roses” reúne grandes nomes, muita inspiração e uma vontade enorme de fazer ótima música, de músicos ainda jovens mas com experiência, garra e determinação.

O disco começa com a extremamente melódica 'Musee du Satan Rouge', que tem uma pegada bem ao estilo Helloween, com muita personalidade própria, e conta com a participação do guitarrista da banda do Jorn Lande, Tore Moren. Tem ritmo intenso, ótimo refrão e esbanja energia e força de vontade. Não haveria maneira melhor de começar.

Depois temos 'Femme Fatale', outro petardo melódico de altíssimo nível e bom gosto, que tem um refrão que é impossível de não acompanhar. Esta conta com todo o talento e carisma da bela Amanda Somerville. Na sequência, 'Dorian' mantém a escrita de grandes refrões, grandes solos de guitarra, teclados atuantes e um quê sinfônico que dá um clima majestoso à música. E somos brindados com a inconfundível voz do frontman do Rhapsody of Fire, Fábio Lione.

'Remiel in Flames' tem uma levada muito hard rock moderno, mas com o peso característico do metal melódico. Outra belíssima faixa que merece todos elogios. Depois vem a faixa título, com jeitão oitentista nos seus teclados, ótimos riffs de guitarra, bateria cadenciada, mas conseguindo acelerar e ter bastante ginga. O refrão não é tão marcante, mas as linhas vocais (que contam com Mike DiMeo, que esteve no Masterplan até alguns anos atrás) conseguem suprir isso, dando todo o ar de grandiosidade que a faixa tem. A veia de Power Melódico fica super latente em 'Phoenix Rising', um excepcional metal melódico, fresco, rejuvenescido, sem apelar para clichês ou modices do estilo. Mais um vez com a guitarra poderosa de Rolland Grapow. Simplesmente demais!

Pesada, rápida e de um bom gosto impressionanete é 'Voices in Your Heart'. Nessa faixa, e na maioria das demais também, o vocalista George Rain lembra um pouco Tonny Kakko (Sonata Arctica) mas isso não é demérito, já que ele consegue e muito bem ter sua própria personalidade. Temos mais doses da voz poderosa de mister Lione em 'Fields of Chlum 1866 AD', uma música realmente épica, mais cadenciada, mas ainda pesada e grandiosa. De fato, uma verdadeira pérola metálica que esbanja feeling e poder.

Mais um vez a velocidade dá as caras, dessa vez em 'Lake of Dreams', que tem uma sensacional pegada AOR, lampejos de Hard Rock e o espírito do metal melódico europeu. A seguir chega 'Silver Water', repleta de feeling, guitarras bem contruídas, teclados por todos os lados e com passagens que são os mais genuíno Heavy Metalold school. Conta com o apoio de Apollo Papathanasio, vocalista do Firewind. Outro importante destaque do disco.

Pra fechar temos uma música dividida em duas partes. 'Black Rose Part-I' conta nos vocais com Doogie White, vocalista renomado que teve passagem pela banda de Yngwie Malmsteen, e é uma perfeita balada guiado por teclado, com um feeling tocante. E 'Black Rose Part II' segue na mesma proposta de ser uma linda balada, dessa vez com a voz de Amanda Somerville. É um lindíssima forma de terminar com este maravilhoso disco.

Eu ponho muita fé nessa banda, e acredito que com a divulgação correta, tem tudo para se tornar um dos grandes nomes do cenário contemporâneo do metal. Sinceramente espero que algum selo brasileiro se interesse por lançar o disco aqui no Brasil, já que seria algo extreamemnte lamentável restringir o trabalho magnífico desses tchecos apenas a downloads às vezes de baixa qualidade ou a quem pode comprar o importado.

Para resumir: um discaço!

O Sébastien é:
George Rain – Vocais e guitarra
Andy Moon – Guitarra
Peter Forge – Baixo
Rob Vransky – Teclados
Radek Rain – Bateria

Track List:
1. Musee du Satan Rouge (3:48)
2. Femme Fatale (4:15)
3. Dorian (4:14)
4. Remiel in Flames (4:10)
5. Tears of White Roses (4:04)
6. Phoenix Rising (3:27)
7. Voices in Your Heart (3:28)
8. Fields of Chlum (1866 A.D.) (4:34)
9. Lake of Dreams (3:49)
10. Silver Water (5:03)
11. Black Rose Part-I (3:14)
12. Black Rose Part-II (3:01)

Site oficial:
http://www.sebastienofficial.com/
Myspace:
http://www.myspace.com/sebastienband

Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs
Todas as matérias sobre "Sébastien"

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Júlio André Gutheil

Nascido em Feliz, interior do Rio Grande do Sul, de origem alemã e com 20 anos de idade. Grande fã de Blind Guardian, Paradise Lost e Opeth, além de outras várias bandas de diversos estilos distintos. Pretende cursar jornalismo e também se dedicar o máximo possível à crônica do mundo Heavy Metal. Escreve no blog www.metalmeltdowndiscos.blogspot.com. Twitter: @jagutheil.

Mais matérias de Júlio André Gutheil no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas