Baranga: hard rock pesado, direto e sem frescuras

Resenha - O Céu é o Hell - Baranga

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Ricardo Seelig
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
"O Céu é o Hell" é o quarto álbum do quarteto paulista Baranga, formado por Xande (vocal e guitarra), Deca (guitarra), Soneca (baixo) e Paulão (bateria). Sucessor do excelente "Meu Mal" (2007), o novo disco apresenta a sonoridade característica dos caras, um hard rock pesado, direto e sem frescuras, turbinado por excelentes e grudentos refrões.
Rob Zombie: sua lista dos 5 Melhores Filmes de ZumbiSeparados no nascimento: Dave Mustaine e um Cocker Spaniel

Aqui não há espaço para firulas instrumentais e devaneios movidos pelo ego. O negócio é pé no fundo do início ao fim. As influências tradicionais de AC/DC e Motorhead continuam presentes, tornando a audição muito prazerosa.

O play abre com “Deixe a Noite Saber”, um hard rock cativante com refrão chiclete. “Noites Imundas” é um hino aos bêbados do rock and roll, enquanto “Aplica Mais Uma Dose” tem guitarras espertas cheias de melodia e uma citação sutil à clássica “One Bourbon, One Scotch, One Beer”, composição de Rudy Toombs gravada pela primeira vez em 1953 por Amos Milburn e eternizada pelas antológicas versões de John Lee Hooker (1966) e George Thorogood (1977).

A melhor faixa do disco é “Jogando os Dados”, um faixa mais cadenciada onde é impossível não lembrar do AC/DC fase "Back in Black" – quando o vocal entra, a gente tem certeza de que quem vai soltar o gogó é Brian Johnson e não Xande.

Outros momentos de alegria são garantidos pela faixa título, um hard com estrutura de blues e ótimo refrão; “Porrada Rock'n'Roll”, cuja letra atesta a filosofia de vida dos caras; e “La Carretera”, que relata as aventuras do quarteto pelo Chile em novembro de 2008, quando foram uma das atrações principais do festival Eje Del Mal tocando ao lado de bandas argentinas e chilenas.

"O Céu é o Hell" é rock de bar embebido em generosas dosas de cerveja e todo tipo de álcool, um som com uma agressividade malandra, que cai como uma luva em quem já virou incontáveis noites regadas a bebida e demais aditivos. Se você vive, viveu ou quer viver experiências assim, ou apenas quer curtir um hard honesto e repleto de tesão, compre e ouça no talo!

Faixas:
1 Deixa a Noite Saber
2 Noites Imundas
3 Aplica Mais uma Dose
4 Vai Se Dar Mal
5 Na Madrugada
6 Jogando os Dados
7 O Céu É o Hell
8 Porrada Rock n Roll
9 La Carretera
10 Boca de Ouro

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Todas as matérias e notícias sobre "Baranga"

Metal SP
Documentário sobre Heavy Metal em São Paulo

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Baranga"

Mortos-Vivos
Rob Zombie comenta os "Melhores Filmes de Zumbi"

Dave Mustaine
A bizarra semelhança com um Cocker Spaniel

Foo Fighters
Banda mita em protesto homofóbico religioso nos EUA

Chinese Democracy: Talaricagem, galinheiros e megalomaniaMetallica: Lars é um bom baterista? Mike Portnoy explicaTempo implacável: os rockstars também envelhecem parte 1Pantera: sem guitarras, com pianos, violinos, violoncelosTradução - Kill 'em All - MetallicaLoudwire: as 10 melhores músicas do Nirvana

Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.

Mais matérias de Ricardo Seelig no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online