Arum: em busca de uma concepção própria para o Black Metal

Resenha - Occult Cataclysm: The New Era Rises - Arum

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 7

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
O vocalista e guitarrista Marcelo Miranda trabalhou com o Gruunks por quase uma década, até que chegou o momento de mudar a direção musical e a ideologia escolhidos até então. Assim nasceu o Arum em 2000, que liberou "Fierce Everlasting Tempest" (01) pela Demise Records, o EP “Hellish Spells” (02) e “Inhuman Echoes From The Shadows” (04), estes dois últimos pelo selo norte-americano KillZone Records.
Avenged Sevenfold: bêbados, os caras resolvem tocar em bar na FinlândiaMetallica: porque nunca devem tocar no intervalo do Super Bowl

“Occult Cataclysm: The New Era Rises” foi o terceiro álbum lançado originalmente em 2005, novamente pela Killzone, mas que nunca chegou oficialmente ao Brasil. Agora, com o apoio da Negativity Records, enfim os brasileiros poderão conferir a obra, que mostra o Arum em sua busca por uma concepção própria para o Black Metal.

O repertório é bastante frio e flui de forma negra e até trágica, com passagens acústicas e abraçando também os mais variados subgêneros, seja o Black, Death, Doom, Heavy e Thrash Metal. Como não poderia deixar de ser, o resultado final é repleto de referências ao oferecer uma constante variação de ritmos, mas nunca se afastando do lado extremo da cultura underground.

Superficialmente, “Occult Cataclysm: The New Era Rises” pode parecer cru, mas o ouvinte mais atento será agraciado com vários detalhes que enriquecem a natureza selvagem das estruturas das composições. Além da agressividade de faixas como “The Age Of Shadows”, o ouvinte que se sente atraído pela música brutal, mas com sutis requintes de beleza, poderá encontrar em “Domine Inferni Voca Me” e “Self” a devida preferência. Merece uma boa conferida!

Contato: www.myspace.com/arumblackmetal

Formação:
Marcelo Miranda - voz e guitarra
David Suria - baixo
João Gobo - bateria

Participações especiais:
Violão e voz - Fernanda Ferretti
Teclados Catia Lee

Arum - Occult Cataclysm: The New Era Rises
(2009 - Negativity Records / Killzone Records - nacional)

01. The Age Of Shadows
02. Lord Of Ancient Forest
03. In Disobedience To God
04. Domine Inferni Voca Me
05. Yielding
06. Prometheus: Liberty And Desire
07. Occult Cataclysm (acústica)
08. Self
08. Willowthewisp Blooming In Wrath (2005)

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Arum"

Avenged Sevenfold
Bêbados, os caras resolvem tocar em bar na Finlândia

Metallica
Porque eles nunca devem tocar no intervalo do Super Bowl

Grana pra torrar?
Os componentes de som mais caros do mundo

Tiago Della Vega: o guitarrista mais rápido do mundo?Heavy Metal (o filme): trilha sonora do caralho!As regras da NWOBHMMusic Radar: Os melhores álbuns de Heavy Metal de todos os temposNirvana: Kurt Cobain e a visita a GG Allin na prisãoUnlocking The Truth: no fundo eles eram somente crianças

Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online