Ensiferum: para aumentar o carisma de uma fórmula vencedora

Resenha - From Afar - Ensiferum

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
Ainda que a troca de vocalista e o consequente álbum "Victory Songs" (07) tenham dividido algumas opiniões mundo afora, podemos considerar que o finlandês Ensiferum está em sua melhor fase. Após turnês bem-sucedidas, chegou a vez de "From Afar", um quarto trabalho de estúdio que apresenta novas idéias para aumentar o carisma de uma fórmula há tempos vencedora.
Guns N' Roses: Público tem dificuldade em reconhecer Axl RoseNikki Sixx: Gene Simmons o alertou sobre flertes com Satanás

Embora o Power Metal esteja profundamente enraizado em sua música, há várias experiências que resultaram em estilos e até mesmo influências diferentes distribuídos ao longo dos 56 minutos de audição. O ponto em comum é que tudo está bem mais sinfônico, bombástico e até mesmo dramático – e soando de forma bem autêntica, cortesia da atuação da nova tecladista Emmi Silvennoinen, que substituiu a encantadora Meiju Enho.

Com todos os instrumentos aparecendo em seu devido lugar e com a correta dose de rispidez, a produção de "From Afar", dividida entre Tero Kinnunen (Nightwish, Amorphis) e o velho companheiro Janne Joutsenniemigs, é a melhor já apresentada pelo Ensiferum. A faixa-título e "Smoking Ruins" são matadoras, e a banda não se furta em composições longas, onde "Heathen Throne" e "The Longest Journey (Heathen Throne Part II)" ultrapassam os 10 minutos com melodias realmente grandiosas.

Ainda que o dinamismo nunca deixe de tornar tudo interessante, não seria equivocado dizer que o Ensiferum também pecou pelo excesso, cuja segunda metade de "Stone Cold Metal" poderia estar inserida em algum filme do velho oeste norte-americano (tem um banjo aqui???). Seus arranjos convencem com sobras, mas a faixa acaba por ficar deslocada do forte apelo medieval que o restante do álbum transmite.

De qualquer forma, "From Afar" mostra os ambiciosos finlandeses dando um considerável salto para, em diversas ocasiões, levar seu estilo para territórios antes inexplorados. Apesar de o repertório ser coerente, esta é, claramente, uma fase de transição, cuja abordagem provavelmente se tornará mais sólida com o próximo registro. Criatividade a todo vapor e bom gosto em seus arranjos é o que o leitor encontrará por aqui!

Formação:
Petri Lindroos - voz e guitarra
Markus Toivonen - guitarra e voz
Sami Hinkka - baixo e voz
Emmi Silvennoinen - teclados
Janne Parviainen - bateria

Contato: www.ensiferum.com

Ensiferum - From Afar
(2009 / Spinefarm Records - importado)

01. By The Dividing Stream
02. From Afar
03. Twilight Tavern
04. Heathen Throne
05. Elusive Reaches
06. Stone Cold Metal
07. Smoking Ruins
08. Tumman Virran Taa
09. The Longest Journey (Heathen Throne Part II)

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Todas as matérias e notícias sobre "Ensiferum"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Ensiferum"

Guns N' Roses
Público tem dificuldade em reconhecer Axl Rose

Nikki Sixx
Gene Simmons o alertou sobre flertes com Satanás

Massacration
Luiz Fernando Guimarães ou Língua de Trapo?

Solos: Alguns dos mais bonitos do Heavy MetalGuns N' Roses: Axl mandou expulsar Steven Adler de showThe Voice: candidato faz power metal cantado em portuguêsScream Blog Gore: Copa do Brasil - E se os times fossem bandas?Metallica: banda toca "Enter Sandman" com instrumentos de brinquedoVan Halen: intestinos de Eddie literalmente explodiram em 2012

Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online