Der Wahnsinn: curiosa banda paulistana de Metal Industrial

Resenha - Die Industrielle Revolution Geht Weiter - Der Wahnsinn

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 7

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
Depois de colher ótimos frutos com o lançamento do EP "Industrielle Revolution" em 2008, o Der Wahnsinn resolveu disponibilizar seu primeiro DVD, “Die Industrielle Revolution Geht Weiter...”, produção independente que mostra um pouquinho mais desta curiosa banda paulistana de Heavy Metal Industrial.
Iron Maiden: os fãs mais insuportáveis em lista da MTVMetallica: Jason Newsted afirma que salvou a banda duas vezes

E o pessoal mostra ambição em atingir o público além de nossas fronteiras ao disponibilizar legendas para as línguas inglesa, alemã e portuguesa. Com um sistema de navegação simples e eficiente, o DVD é dividido em cinco partes, apresentando detalhes da gravação de seu premiado EP, a inspiração que move suas letras cantadas em alemão e algumas das típicas brincadeiras dos envolvidos na produção de todo o material.

Mas a seção mais interessante fica por conta dos 45 minutos de apresentação da banda no Blackmore Rock Bar em 2008. Os músicos são jovens e não se preocupam somente com o impacto de sua pesadíssima música, há um cuidado todo especial envolvendo a produção visual, seja nas vestimentas, palco ou iluminação. A atuação sobre os palcos convence, em especial a do performático e provocador vocalista Christian Hoffmann, dono de uma ótima voz para o estilo.

Com imagens coloridas e em preto e branco, o show foi filmado com cinco câmeras, garantindo os mais diversos ângulos. Mas, mesmo com muita vontade de apresentar o melhor produto possível, as compreensíveis limitações de orçamento permitiram que alguns eventuais e naturais problemas técnicos ou de edição surgissem, o que não impede que a qualidade do vídeo, ainda assim, se mantenha acima da média se comparado com outras produções independentes que se vê por aí.

Outro atrativo para a aquisição deste produto é a inclusão do próprio EP "Industrielle Revolution", onde, além das cinco canções originais, há a presença de “Der Gott Des Krieges”, “Mein Sieg” e “Energie”, três bônus ao vivo muito bons. Assim sendo, “Die Industrielle Revolution Geht Weiter...” se transforma em um pacote ainda mais atraente ao púbico que aprecia o gênero.

Ainda que tudo tenha aquela peculiar característica do ‘faça você mesmo’, tão importante em se tratando de underground, não dá para negar que “Die Industrielle Revolution Geht Weiter...” cumpre muito bem sua função de divulgar uma banda iniciante com muita vontade de vencer. E, para tal, o Der Wahnsinn vem trabalhando pesado – e conseguindo reconhecimento pelo seu esforço. É isso aí!

Formação:
Christian Hoffmann - voz
Eloi Aldrovandi - guitarra e sampler
Fernando Mazzaro - guitarra
Leandro Mazzaro - baixo
Denis Roosevelt - bateria

Der Wahnsinn - Die Industrielle Revolution Geht Weiter...
(2009 – DVD / CD independente – nacional)

DVD:
- Gravação do EP
- Making Of
- Temática das letras
- Vida Der Wahnsinn
- Blackmore Rock Bar 2008 Concert
01. Industrielle Revolution
02. Neuen Anfang
03. Der Gott des Krieges
04. Frankenstein
05. Mein Sieg
06. Der Wahnsinn
07. Energie
08. Feueraugen

EP:
01. Industrielle Revolution
02. Neuen Anfang
03. Frankenstein
04. Der Wahnsinn
05. Feueraugen
Bônus ao vivo
06. Der Gott Des Krieges
07. Mein Sieg
08. Energie

Contato: www.der-wahnsinn.com

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Todas as matérias e notícias sobre "Der Wahnsinn"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Der Wahnsinn"

Iron Maiden
Os fãs mais insuportáveis em lista da MTV Brasil

Metallica
Jason Newsted afirma que salvou a banda duas vezes

Tradução
O clássico Kill 'em All, do Metallica

Avenged Sevenfold: bêbados, os caras resolvem tocar em bar na FinlândiaMetallica: porque nunca devem tocar no intervalo do Super BowlGrana pra torrar: Os componentes de som mais caros do mundoJudas Priest: Análise vocal de Rob HalfordIron Maiden: vídeo dos bastidores da remasterização dos 15 álbunsNX Zero: "É bom para o rock estar longe da TV aberta"

Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online