Leandro Moreira: projeto acústico, com voz e o violão

Resenha - Leandro Moreira (Hamburgueria Moreira, Caxias do Sul, 29/11/2018)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Geraldo Andrade
Enviar correções  |  Ver Acessos

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Quem conhece um pouco da história do heavy metal no Brasil, e principalmente no Rio Grande do Sul, vai comemorar a volta de um dos melhores vocalistas do Power metal nacional: LEANDRO MOREIRA.

Slipknot: 12 histórias que retratam o quão insana a banda éRefrãos: alguns dos mais marcantes do Rock/Metal

O vocalista fez história na banda BURNING IN HELL, de Caxias do Sul/RS, junto com seu irmão MARCELO MOREIRA (Ex-Almah), fizeram álbuns fantásticos, shows insanos e reúnem até hoje uma legião enormes de fãs, em todo o mundo.

Para muitos a banda não teve o reconhecimento devido, pelo seu trabalho, mas para a maioria dos fãs, suas vidas foram marcadas pela BURNING IN HELL.

E muitos desses fãs pedem a volta da banda, seria um sonho para eles, ver novamente ao vivo um dos maiores nomes do Power metal nacional, ao vivo.

Enquanto esse sonho não se realiza, fomos pegos de surpresa, e alegria é claro, com a notícia da volta do vocal da BURNING IN HELL, dessa vez num projeto acústico, com voz e o violão, tocando e cantando clássicos do rock and roll mundial.

A volta de LEANDRO MOREIRA, aconteceu na Hamburgueria Moreira, que por sinal LEANDRO é proprietário, um dos locais mais bacanas e rock and roll do Rio Grande do Sul, em Caxias do Sul.

Uma quinta-feira perfeita para essa volta, um clima muito agradável na cidade, tudo ajudava para essa noite, que certamente se tornou histórica.

O show acústico de LEANDRO, estava marcado para começar as 20h, e com um pequeno atraso de 30 minutos, começa a volta de um dos melhores vocalistas do Brasil.

O cara já se apresentou para milhares de pessoas, em grandes palcos, mas se via um certo nervosismo em LEANDRO, aquele frio na barriga, em "estreantes" (risos).

LEANDRO sempre me disse, que se um dia voltasse, teria que ser no mesmo nível em que parou 12 anos atrás, uma forma de respeitar os fãs e não simplesmente largar qualquer coisa para o público, isso se chama profissionalismo e amor ao que se faz.

O show foi repleto de clássicos do rock mundial, de feras como BEATLES, OZZY OSBOURNE, BON JOVI, entre outros.

Foi só iniciar o show, que o nervosismo passou e LEANDRO tomou conta do palco, um lugar de onde ele nunca deveria ter saído, o palco e LEANDRO, se completam.

Era só fechar os olhos em certos momentos, que você fazia uma viagem no tempo e "caia" dentro de um show da BURNING IN HELL.

O vocalista mostrou que, quem sabe, nunca esquece e proporcionou para todos ali presentes, uma noite inesquecível e nostálgica.

Depois desse acústico, não sei o que vai acontecer, só espero que tenham muitos mais, não só para a "velha" geração do metal matar as saudades, mas para a nova geração, poder conhecer e ver ao vivo, uma das maiores vozes do Power metal brasileiro.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Leandro Moreira"Todas as matérias sobre "Burning In Hell"


Slipknot: 12 histórias que retratam o quão insana a banda éSlipknot
12 histórias que retratam o quão insana a banda é

Refrãos: alguns dos mais marcantes do Rock/MetalRefrãos
Alguns dos mais marcantes do Rock/Metal

Sílvio Santos: The Number Of The Beast em ritmo de festaSílvio Santos
"The Number Of The Beast" em ritmo de festa

Iron Maiden: "pequena falha" em outdoor na Russia em 2011David Bowie: conheça 60 fatos da vida do camaleãoDeep Purple: Ian Gillan não tem interesse em ouvir RockMotorhead: a causa da morte de Lemmy

Sobre Geraldo Andrade

Geraldo "Gegê" Andrade é blogueiro e colaborador no Blog Heavynroll, de Caxias do Sul/RS. Iniciou sua paixão pelo rock n roll, principalmente o heavy metal, nos anos 80, quando pela primeira vez, ouviu um álbum da banda KISS. Tem um currículo com mais de 150 shows, de bandas nacionais e internacionais. Já participou como jurado em festivais de rock na cidade de Caxias do Sul. Está se tornando um especialista em entrevistas, já tendo entrevistado vários músicos nacionais e internacionais. Apoia muitas bandas do underground, pelo Brasil inteiro. Estudante de Comunicação Social - Jornalismo, na Universidade de Caxias do Sul/RS.

Mais matérias de Geraldo Andrade no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336