Deep Purple: gênios musicais com bom gosto único pra compor e tocar

Resenha - Deep Purple (Allianz Parque, 13/12/2017)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rogerio Hamam
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Antes de tudo, vale gastar algumas linhas com o óbvio, para lembrar que estamos falando de meninos na faixa dos 70 anos, com praticamente meio século de estrada e que ainda conseguem gravar novos álbuns com incrível competência e qualidade, lotando arenas e estádios como se estivessem no auge da carreira. Talvez seja a banda que define com mais precisão o conceito de classic rock, verdadeiros lordes, gênios musicais com bom gosto único pra compor e tocar. Agora sim, podemos falar do show de "despedida" . . .

Deep Purple: queriam Glenn Hughes na banda antes de Roger Glover sairJim Carrey: batendo cabeça ao som de Cannibal Corpse

Foi a sexta oportunidade que tive para assistir a um show do Deep Purple, mas pela primeira vez em uma arena para dezenas de milhares de pessoas. Até por já ter ouvido algumas vezes seus principais clássicos ao vivo, ficou uma pontinha de decepção a decisão da banda de não incluir no setlist algumas das excelentes músicas do último álbum, como "Time For Bedlam" e "All I Got Is You".

Mas essa pequena frustração foi embora de imediato, logo nos primeiros acordes de "Highway Star". Como é incrível ver Gillan, Glover e Paice tocando o clássico que abre o marcante álbum de 1972, que é praticamente uma aula de rock, hard rock e heavy metal, ao mesmo tempo! Seria uma imensa covardia esperar que Gillan repetisse os mesmos agudos de 45 anos atrás, mas impressiona como ele usa seus atuais recursos vocais para cantar e encantar. Também parece redundante mencionar o acerto na escolha de Airey e Morse como substitutos da formação clássica, hoje parece até que são eles os músicos originais.

Com "Pictures Of Home", mais um pouco de "Machine Head", que foi executado praticamente na íntegra. Foi a vez de "Bloodsucker", que exigiu muito de Gillan, e, embora não seja inédita em nossas terras, não é uma música habitual em seu setlist de shows. Como não pular e cantar junto "Strange Kind Of Woman"? Ao vivo é ainda mais empolgante! Momento de homenagem a Jon Lord, com "Uncommon Man", do penúltimo álbum. Pode parecer piegas, mas achei que faltou alguma imagem projetada no telão desse célebre tecladista. Depois de uma longa e bonita introdução instrumental, foi a vez de "Lazy" que antecedeu a única música de "Infinite" que fez parte do setlist, a bela "Birds Of Prey".

A partir daí, ficou a torcida para que o show não acabasse nunca, enquanto tocavam "Knocking At Your Back Door", "Perfect Strangers" e "Space Truckin'". Preciso mesmo comentar do efeito de "Smoke On The Water" na plateia? Então vou falar dos músicos que já devem ter tocada esse hino milhares e milhares de vezes e ainda assim, parecem principiantes ao perceber a energia do público. Momento mágico!

Chegou a hora do bis, e a empolgação permaneceu a mesma com "Hush" e com "Black Night" que encerrou a apresentação de forma brilhante. Ian Paice? Dos maiores bateristas de todos os tempos! Roger Glover? Parece o centro de tudo e quem conduz a banda como um maestro. Steve Morse? Faltam palavras, um monstro! Don Airey? Só tinha ele o mundo para ocupar o lugar de Jon Lord. Ian Gillan? Parece aquele jogador velocista que com mais de 30 resolve recuar ao meio campo para ajudar o time, sem perder sua categoria e ainda mantendo-se um craque.

Sinceramente ficarei feliz se tiver sido "enganado" por um golpe de marketing e que a tour de despedida, seja mais uma daquelas que os músicos se arrependem e retomam normalmente a carreira. A sensação que ficou é que mesmo se assistir a um show deles em 2030, muito pouco seria alterado no texto acima.

Setlist:

Highway Star
Pictures Of Home
Bloodsucker
Strange Kind Of Woman
Uncommon Man
Lazy
Birds Of Prey
Knocking At Your Back Door
Perfect Strangers
Space Truckin'
Smoke On The Water

Encore:
Hush
Black Night

Comente: Esteve no show? Como foi?




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Deep Purple"


Deep Purple: queriam Glenn Hughes na banda antes de Roger Glover sairDeep Purple
Queriam Glenn Hughes na banda antes de Roger Glover sair

Solos de guitarra estendidos: os melhores feitos em shows ao vivoSolos de guitarra estendidos
Os melhores feitos em shows ao vivo

Glenn Hughes: produtora de Porto Alegre se pronuncia sobre show canceladoGlenn Hughes
Produtora de Porto Alegre se pronuncia sobre show cancelado

Glenn Hughes: produtora do show no Rio se manifesta sobre show canceladoGlenn Hughes
Produtora do show no Rio se manifesta sobre show cancelado

Glenn Hughes: turnê inteira pelo Brasil, com 9 shows, é canceladaGlenn Hughes
Turnê inteira pelo Brasil, com 9 shows, é cancelada

Em 19/08/1945: nascia a lenda Ian Gillan, do Deep PurpleEm 19/08/1945
Nascia a lenda Ian Gillan, do Deep Purple

Deep Purple: vídeo oficial de "Smoke on the Water" ao vivo em 1988Em 01/08/1951: nasce o talentoso Tommy Bolin

Deep Purple: em trilha sonora de filme do TarantinoDeep Purple
Em trilha sonora de filme do Tarantino

Ian Gillan: veja vídeo de "Hang Me Out To Dry"

Slash: ensinando namorada a tocar Smoke on the Water, do Deep PurpleSlash
Ensinando namorada a tocar "Smoke on the Water", do Deep Purple

Debandados: saíram de uma banda e formaram outras de igual pra melhorDebandados
Saíram de uma banda e formaram outras de igual pra melhor

Ritchie Blackmore: Fender homenageia o ícone com uma StratocasterRitchie Blackmore
Fender homenageia o ícone com uma Stratocaster

Deep Purple: Blackmore elogia sucessores Satriani e Morse, mas com ressalvasDeep Purple
Blackmore elogia sucessores Satriani e Morse, mas com ressalvas


Jim Carrey: batendo cabeça ao som de Cannibal CorpseJim Carrey
Batendo cabeça ao som de Cannibal Corpse

Restart: Trecho de Enter Sandman do Metallica no VMB 2010Restart
Trecho de "Enter Sandman" do Metallica no VMB 2010

Mustaine: Aos 15 entrei na magia e conheci o lado negro!Mustaine
"Aos 15 entrei na magia e conheci o lado negro!"

Metalhead: as mulheres mais sexys do Heavy MetalMetalhead
As mulheres mais sexys do Heavy Metal

Kiss: Rock and roll é um trabalho para otários!Kiss
"Rock and roll é um trabalho para otários!"

Solos: Alguns dos mais bonitos do Heavy MetalSolos
Alguns dos mais bonitos do Heavy Metal

Heavy Metal: O homem tem que ser na vida o que prega no palco?Heavy Metal
O homem tem que ser na vida o que prega no palco?


Sobre Rogerio Hamam

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adGoo336|adClio336