RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemA música de Raul Seixas que salvou a carreira de Chitãozinho e Xororó

imagemPor que Lemmy odiava tocar "Ace of Spades" nos shows do Motörhead

imagemA atitude punk da Legião Urbana que causou irritação e deu trabalho na gravação

imagemOmelete diz que heavy metal pertence agora à nova geração e não ao tiozão headbanger

imagemO conselho realista de John Petrucci para bandas que estão começando agora

imagemQuatro músicas de artistas brasileiros que citam Os Paralamas do Sucesso

imagemO hit dos Beatles que talvez seja sobre drogas e que "Jesus" acompanhou gravação

imagem"Quem não gosta de Beatles bom sujeito não é", diz João Gordo

imagemO brasileiro com a voz parecida com a de Axl Rose que viralizou no TikTok

imagemDeep Purple: David Coverdale revela quem quis como substituto de Ritchie Blackmore

imagem5 motivos para assistir ao novo RockGol 2023 que estreia em fevereiro

imagemProdutor da turnê de Paul Di'Anno explica problemas no primeiro show

imagemAndi Deris tem problemas de saúde e shows do Helloween são adiados

imagemClipe de "From The Ashes" ultrapassa 1 milhão de views e Fernanda Lira celebra

imagemO Raul Seixas não era nada daquilo que ele falava, diz ex-parceiro musical


Stamp

Muriqui Rock Fest: primeiro show de metal da região

Resenha - Muriqui Rock Fest (Float, Muriqui, RJ, 23/03/2014)

Por Sigried Neutzling Buchweitz
Postado em 04 de abril de 2014

Poucas coisas desanimam tanto a gente a sair de casa como uma chuva daquelas que caiu no domingo: tão esperada, pois há muito não chovia; aquele tempo fresco e o barulho suave do lado de fora convidava a ficar em casa, vendo TV. Mas já estava com saudades de ir a um show também, e a oportunidade era aquela. Então, sacudi a preguiça e rumei pra Muriqui, mais precisamente para o Float, uma casa que pela primeira vez abriu as portas para um evento de rock/metal na cidade.

Quando cheguei ao local do evento, minha primeira impressão foi boa: a Float é de frente pro mar, com um varandão, um primeiro ambiente com mesas largas e cuidadosamente cobertas com toalhas. Uma mesa de sinuca novinha também estava ali à disposição.

E o banheiro... De onde surgiu aquilo?! Ele era grande, limpo e... Cheiroso! Em todos os lugares de show underground, jamais tinha visto um como aquele. Tanto que as bandas e eu fizemos questão de registrar o mais belo banheiro do underground fluminense.

O salão onde ocorreriam os shows era bastante amplo, com palco e uma área elevada cheia de confortáveis sofás, que serviu para as bandas colocarem seus materiais.

Durante a passagem de som, que por si já é uma coisa pouco frequente em eventos underground, deu pra ver que o som da casa era acima da média. O palco, apesar de não ser tão profundo, conseguiu receber bem todos os equipamentos das duas primeiras bandas, que não eram poucos.

Por uma questão de logística, houve uma inversão na ordem das bandas a se apresentarem: a primeira a subir ao palco foi a Forkill, seguida pela Unmasked Brains. Quem acompanha esse blog sabe que o talento de ambas dispensa mais comentários, pois vários já foram os posts mencionando seus predicados.

Assim, ficou com a Forkill a missão de quebrar a inércia, chamando o público que estava no primeiro ambiente para o local onde seria o "culto ao rock" conforme o produtor do evento, Alex Voorhees. E assim se fez. A "missa" foi cheia de energia, com a banda detonando as composições do seu recente álbum, o Breathing Hate, além de uma cover de Slayer e pelo menos uma composição que será do novo álbum.

[an error occurred while processing this directive]

Em seguida veio Unmasked Brains, com a missão de manter a animação do público, totalmente cumprida. As fotos não me deixam mentir. Com um repertório totalmente autoral, apresentaram as músicas do seu vindouro álbum, Machina.

[an error occurred while processing this directive]

[an error occurred while processing this directive]

Para fechar a noite, subiu ao palco uma banda ainda desconhecida pra mim, a Alt+F7. Banda de Hardcore, apresentou um repertório que entremeava composições autorais e covers. Gostei, os rapazes têm muita energia e sabem transmití-la ao público.

[an error occurred while processing this directive]

[an error occurred while processing this directive]

Antes de voltar pra casa, uma breve conversa com os donos da casa me deixou bem alegre: nessa primeira vez que fizeram um evento de rock, gostaram do resultado, mesmo considerando que a chuva afastou uma parcela do provável público. Além do mais, eles encaram a empreitada de manter uma casa dessas com muita seriedade, o que é um ponto muito positivo.

Desejo que essa oferta de shows de rock na região dê muitos frutos. Pelo que vi, se depender da produção e dos donos da casa, o sucesso é certo!

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps




publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Sigried Neutzling Buchweitz

Sou arquiteta e urbanista, blogueira nas horas vagas, apaixonada por novidades sonoras. Por isso edito o blog Rio de Metal, pra ajudar a divulgar eventos e bandas (autorais) independentes de rock pesado que acontecem no estado do Rio de Janeiro. De vez em quando, falo de outros assuntos ligados a esse som poderoso que é o Metal, tipo arquitetura, decoração, humor... Gosto muito quando os leitores participam com comentários!
Mais matérias de Sigried Neutzling Buchweitz.