Matérias Mais Lidas

imagemA melhor música de heavy metal lançada a cada ano desde 1970, em lista do Loudwire

imagemA música do Raul Seixas com erro gramatical que parece um plágio mas é uma homenagem

imagemFrank Zappa surpreende ao eleger seus dez álbuns favoritos

imagemAntes do Led Zeppelin, Robert Plant tentou entrar em outra banda famosa

imagemPantera tocará no festival Knotfest Brasil, segundo jornalista

imagemO arrependimento que David Bowie carregava em relação a Elvis Presley

imagemLed Zeppelin: O motivo pelo qual Jimmy Page não gosta de "All My Love"

imagemA reação do pai de Neil Peart quando ele se juntou ao Rush

imagemRolling Stones: Keith Richards compara tocar com Brian Jones, Mick Taylor e Ron Wood

imagemMustaine diz que tentou criar ambiente agradável para gravação de novo álbum do Megadeth

imagemO motivo pelo qual Frank Zappa não gostava de Jim Morrison e o The Doors

imagemMetallica e as músicas fantásticas que sempre ficam escondidas nas playlists

imagemTitãs: como surgiu o título do hit "Bichos Escrotos", segundo Nando Reis

imagemSteve Grimmett não estava doente antes de morrer, diz esposa

imagemA reação de Stevie Ray Vaughan ao ouvir Jimi Hendrix pela primeira vez


2022/07/09
2022/08/18

Siege of Hate: apresentação incandescente em Fortaleza

Resenha - Siege of Hate (Shopping Bom Mix, Fortaleza, 14/07/2013)

Por Leonardo M. Brauna
Em 19/07/13

Os headbangers cearenses presenciaram no último dia 14 de julho uma apresentação incandescente da banda SIEGE OF HATE que literalmente fez tremer a estrutura do pátio ‘Bom Mix’, Fortaleza (CE). O grupo foi convidado a participar da primeira noite de shows do ‘Forcaos 2013’ realizado pela ACR (Associação cultural Cearense do Rock) que contou ainda com suas conterrâneas, Coldness, Agressive, Nafandus, In NoSense, Darkside e Oráculo. S.O.H. foi o quinto nome a subir no palco e pra mim foi quase uma surpresa o que eles levaram para o público.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

FOTOS: Maria Sousa

No momento em que cheguei ao local tive a oportunidade de trocar algumas palavras com GEORGE FRIZZO (baixista) que me presenteou com o último lançamento da banda, o CD "Animalism (2013)" já comentado por todo o Brasil. Na ocasião percebi que o músico estava acompanhado de outra personalidade do underground cearense, o guitarrista/vocalista da banda Clamus, LUCAS GURGEL. Ele se apresentará com o seu pessoal no próximo dia 20 na segunda etapa do festival, porém Lucas como convidado assumiu provisoriamente a segunda guitarra do S.O.H. e ainda viajará com a banda em turnê pela Europa.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

O repertório da banda teve uma alteração devido um incidente no fornecimento de energia que gerou atraso no evento, mesmo assim as quinze canções executadas foram o bastante para tornar a galera insana com o seu típico death/grind que já se tornou referência mundial. O ‘set’ começa com a faixa de abertura de "Animalism", "Grinding Ages". É impressionante o poder do som extraído dos PAs com toda aquela fúria emergindo do palco. Lucas já mostra porque foi convidado para substituir Fábio Morcego, pois a sua interação com a banda e público é afinadíssima e não deixa de maneira alguma a qualidade de suas partes cair. E a destruição segue com "Turmoil", outra do terceiro disco. A todo o momento pessoas se aproximam mais da pista para acompanhar de perto a aula de som pesado promovida pelos quatro rapazes. O tempo nublado que ainda ameaçou com uma breve chuva felizmente resolveu não incomodar, o que proporcionou uma queima de caloria coletiva entre os presentes. O vocalista/guitarrista BRUNO GABAY vocifera então a próxima aniquilação, "Steamroll Democracy", a primeira tirada do álbum "Deathmocracy (2009)" que contribuiu mais ainda para a agitação dos bangers e ainda do mesmo CD foram executadas "Breeding Chaos" e "God Killing God". Do álbum "Subversive by Nature (2003)" foram escolhidas "Forthcoming Holocaust", "Say Your Prayers", "Obscene Truth" e "Siege of Hate". A demo "Return to Ashes (1998)" também teve destaque com a música "Ridiculous Dignity". As demais "Hypochrist", "Catharsis", "The World I Never Knew", "Waiting for What?" e "Beware What You Wish" completaram a relação tirada do novo trabalho.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Faz muito tempo que eu não via um público tão participativo quanto o dessa noite, não houve uma música se quer onde as pessoas não formassem rodas ou polgassem das maneiras mais espontâneas ao peso ‘crustcore’ da banda. Os músicos pareciam viver um de seus maiores momentos compartilhando muito ‘feeling’ e mandando profissionalismo em cada música anunciada. George segurando as quatro cordas e arremessando graves parecia invocar trovões com o som distorcido do seu baixo, mais atrás SAULO OLIVEIRA castigando de forma imponente o seu kit deixava a todos com queixo caído pela sua técnica de cadência e ‘blast beat’. Mais próximo da multidão Bruno reafirmava a sua condição de ótimo ‘frontman’ interagindo sempre com o público e com os seus companheiros, e com a adição de Lucas percebemos a grande parceria que se formou. Realmente assim como no seu último trabalho de estúdio a banda conseguiu surpreender e se superar também no palco. Parabéns Siege of Hate!

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Set List:

01. Grinding Ages
02. Turmoil
03. Steamroll Democracy
04. Forthcoming Holocaust
05. Hypochrist
06. Catharsis
07. The World I Never Knew
08. Waiting for What?
09. Breeding Chaos
10. Beware What You Wish
11. Say Your Prayers
12. God Killing God
13. Obscene Truth
14. Ridiculous Dignity
15. Siege of Hate

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Van Halen: o constrangedor encontro de Eddie com o Nirvana

A importância da revista Playboy na vida de alguns rockstars


Sobre Leonardo M. Brauna

Leonardo M. Brauna é cearense de Maracanaú e desde adolescente vive a cultura do Rock/Metal. Além do Whiplash, o redator escreve para a revista Roadie Crew e é assessor de imprensa da Roadie Metal. A sua dedicação se define na busca constante por boas novidades e tesouros ainda obscuros.

Mais matérias de Leonardo M. Brauna.