Siege of Hate: apresentação incandescente em Fortaleza

Resenha - Siege of Hate (Shopping Bom Mix, Fortaleza, 14/07/2013)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Leonardo M. Brauna
Enviar correções  |  Ver Acessos

Os headbangers cearenses presenciaram no último dia 14 de julho uma apresentação incandescente da banda SIEGE OF HATE que literalmente fez tremer a estrutura do pátio 'Bom Mix', Fortaleza (CE). O grupo foi convidado a participar da primeira noite de shows do 'Forcaos 2013' realizado pela ACR (Associação cultural Cearense do Rock) que contou ainda com suas conterrâneas, Coldness, Agressive, Nafandus, In NoSense, Darkside e Oráculo. S.O.H. foi o quinto nome a subir no palco e pra mim foi quase uma surpresa o que eles levaram para o público.

Stephanie Seymour: ex de Axl Rose mostra ótima forma aos 44Slayer: Kerry King acha que Black Metal norueguês é uma merda

FOTOS: Maria Sousa

No momento em que cheguei ao local tive a oportunidade de trocar algumas palavras com GEORGE FRIZZO (baixista) que me presenteou com o último lançamento da banda, o CD "Animalism (2013)" já comentado por todo o Brasil. Na ocasião percebi que o músico estava acompanhado de outra personalidade do underground cearense, o guitarrista/vocalista da banda Clamus, LUCAS GURGEL. Ele se apresentará com o seu pessoal no próximo dia 20 na segunda etapa do festival, porém Lucas como convidado assumiu provisoriamente a segunda guitarra do S.O.H. e ainda viajará com a banda em turnê pela Europa.

Bruno Gabai
Bruno Gabai

O repertório da banda teve uma alteração devido um incidente no fornecimento de energia que gerou atraso no evento, mesmo assim as quinze canções executadas foram o bastante para tornar a galera insana com o seu típico death/grind que já se tornou referência mundial. O 'set' começa com a faixa de abertura de "Animalism", "Grinding Ages". É impressionante o poder do som extraído dos PAs com toda aquela fúria emergindo do palco. Lucas já mostra porque foi convidado para substituir Fábio Morcego, pois a sua interação com a banda e público é afinadíssima e não deixa de maneira alguma a qualidade de suas partes cair. E a destruição segue com "Turmoil", outra do terceiro disco. A todo o momento pessoas se aproximam mais da pista para acompanhar de perto a aula de som pesado promovida pelos quatro rapazes. O tempo nublado que ainda ameaçou com uma breve chuva felizmente resolveu não incomodar, o que proporcionou uma queima de caloria coletiva entre os presentes. O vocalista/guitarrista BRUNO GABAY vocifera então a próxima aniquilação, "Steamroll Democracy", a primeira tirada do álbum "Deathmocracy (2009)" que contribuiu mais ainda para a agitação dos bangers e ainda do mesmo CD foram executadas "Breeding Chaos" e "God Killing God". Do álbum "Subversive by Nature (2003)" foram escolhidas "Forthcoming Holocaust", "Say Your Prayers", "Obscene Truth" e "Siege of Hate". A demo "Return to Ashes (1998)" também teve destaque com a música "Ridiculous Dignity". As demais "Hypochrist", "Catharsis", "The World I Never Knew", "Waiting for What?" e "Beware What You Wish" completaram a relação tirada do novo trabalho.

Lucas Gurgel
Lucas Gurgel

Faz muito tempo que eu não via um público tão participativo quanto o dessa noite, não houve uma música se quer onde as pessoas não formassem rodas ou polgassem das maneiras mais espontâneas ao peso 'crustcore' da banda. Os músicos pareciam viver um de seus maiores momentos compartilhando muito 'feeling' e mandando profissionalismo em cada música anunciada. George segurando as quatro cordas e arremessando graves parecia invocar trovões com o som distorcido do seu baixo, mais atrás SAULO OLIVEIRA castigando de forma imponente o seu kit deixava a todos com queixo caído pela sua técnica de cadência e 'blast beat'. Mais próximo da multidão Bruno reafirmava a sua condição de ótimo 'frontman' interagindo sempre com o público e com os seus companheiros, e com a adição de Lucas percebemos a grande parceria que se formou. Realmente assim como no seu último trabalho de estúdio a banda conseguiu surpreender e se superar também no palco. Parabéns Siege of Hate!

Set List:

01. Grinding Ages
02. Turmoil
03. Steamroll Democracy
04. Forthcoming Holocaust
05. Hypochrist
06. Catharsis
07. The World I Never Knew
08. Waiting for What?
09. Breeding Chaos
10. Beware What You Wish
11. Say Your Prayers
12. God Killing God
13. Obscene Truth
14. Ridiculous Dignity
15. Siege of Hate

Bruno Gabai e Lucas Gurgel
Bruno Gabai e Lucas Gurgel



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Siege Of Hate"


Stephanie Seymour: ex de Axl Rose mostra ótima forma aos 44Stephanie Seymour
Ex de Axl Rose mostra ótima forma aos 44

Slayer: Kerry King acha que Black Metal norueguês é uma merdaSlayer
Kerry King acha que Black Metal norueguês é uma merda


Sobre Leonardo M. Brauna

Leonardo M. Brauna é cearense de Maracanaú e desde adolescente vive a cultura do Rock/Metal. Além do Whiplash, o redator escreve para a revista Roadie Crew e é assessor de imprensa da Roadie Metal. A sua dedicação se define na busca constante por boas novidades e tesouros ainda obscuros.

Mais matérias de Leonardo M. Brauna no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336