Viper: Uma histórica noite de Metal em São Paulo

Resenha - Viper (Via Marquês, São Paulo, 01/07/2012)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Otávio Augusto Juliano
Enviar Correções  

Uma noite para ficar na história do Heavy Metal brasileiro. Essa era a expectativa de todos os presentes, afinal chegava o dia de matar a saudade da banda VIPER com seu vocalista original, André Matos, além de Pit Passarell no baixo, Felipe Machado na guitarra e Guilherme Martin na bateria, integrantes que fizeram parte dos primórdios da banda.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Fotos por Leandro Anhelli (www.anhelli.com.br)

Para celebrar esse retorno o público não mediu esforços para comparecer ao primeiro show anunciado pela banda, na Via Marquês, em São Paulo. Casa completamente lotada e com ingressos esgotados.

Com tanto público, realmente a Via Marquês ficou pequena para a quantidade de fãs presentes, que acabaram por disputar espaço para conseguir assistir o show – a pista da casa não tem muita profundidade e o público acabou tendo que se espalhar para os lados do palco, ficando com a visão prejudicada, sem contar as inúmeras colunas e todo o aparato utilizado para a gravação do DVD.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O consolo para aqueles que ficaram sem conseguir ver os músicos ficou por conta dos oito telões existentes, que acabaram por ajudar (e muito) os fãs a acompanhar a apresentação.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mesmo com todas essas dificuldades, às 21hs, uma hora após o horário anunciado para o show, o VIPER apareceu para empolgação geral e o público respondeu com uma calorosa recepção aos músicos.

Certamente muitos esperavam por esse dia, afinal os dois primeiros álbuns do VIPER são verdadeiros clássicos do Metal nacional e marcaram geração.

Como prometido, os dois discos foram tocados na íntegra, com apenas algumas pequenas alterações na ordem das músicas. "Knights Of Destruction" e "Nightmares" abriram o show e dali para frente a primeira hora foi toda ela dedicada ao álbum "Soldiers Of Sunrise".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Às 22hs um pequeno vídeo de pouco mais de 10 minutos começou a ser transmitido nos telões, trazendo engraçadas histórias e entrevistas com os músicos, que lembraram momentos marcantes como o show que resultou num incêndio no teatro do Colégio Rio Branco.

publicidade

Com a volta dos músicos ao palco, era hora de relembrar outro álbum: "Theatre Of Fate", de 1989. Nova recepção calorosa por parte do público e vibração geral para curtir clássicos como "To Live Again", música que dá nome a essa turnê de reunião.
Antes da execução da canção "Living For The Night", talvez o maior sucesso do VIPER, como inclusive lembrou Andre Matos, o vocalista aproveitou para chamar um convidado mais do que especial: Yves Passarell, guitarrista co-fundador da banda e irmão do baixista Pit.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Yves apareceu no palco para tocar justamente esse maior sucesso do VIPER, ao lado dos demais músicos e de Hugo Mariutti, que é o guitarrista da formação atual. Andre Matos ainda falou que Yves estava realmente com saudade de tocar Metal, brincando com o fato de que hoje ele é guitarrista do CAPITAL INICIAL, não podendo fazer parte da reunião do VIPER (apenas faz participações especiais quando é possível conciliar agendas).

Pit aproveitou a execução dessa canção para apresentar a banda, sendo saudado pelos gritos de "ole, ole, ole, ole, VIPER, VIPER", coro que se repetiu muitas vezes ao longo da noite.

Com as alterações na ordem das músicas do álbum "Theatre Of Fate", a excelente música "Prelude To Oblivion" acabou ficando para o final e foi a responsável por fechar o show às 23hs.

É claro que o "bis" não ficou de fora e a banda voltou para mais quatro músicas, dentre elas "Rebel Maniac", sucesso do álbum "Evolution", novamente com a participação Yves na guitarra, e "We Will Rock You", cover do QUEEN.

Mesmo com a Via Marquês completamente lotada, a ponto de ficar quase impossível se movimentar na pista, e com o fato de que o som acabou ficando por vezes embolado e com o vocal de Andre muito baixo, o saldo foi muito positivo e, como previsto, foi uma histórica noite de Metal em São Paulo. Noite de pura nostalgia.

Os mais saudosistas do Metal brasileiro podem respirar mais aliviados, afinal o VIPER, um dos principais representantes desse gênero musical no Brasil, está de volta e com músicos felizes em tocar juntos, com uma energia incrível, como se viu em São Paulo neste domingo.

Tomara que essa reunião dure ainda muito tempo e traga o VIPER de volta ao topo do Metal nacional, mantendo o estilo em alta no país. Ao menos se tomarmos por base essa apresentação na Via Marquês, fica fácil concluir que a banda ficará por um bom tempo na ativa, pois músicos e público mostraram que estão em perfeita sintonia e ávidos por Heavy Metal de qualidade.

Agradecimentos a Fernanda Balbino (Wikimetal.com.br) pela atenção e credenciamento.

Banda:

Andre Matos - vocal, teclado
Pit Passarell - baixo
Felipe Machado - guitarra
Hugo Mariutti - guitarra
Guilherme Martin - bateria
Participação especial: Yves Passarell - guitarra

Set List

Primeira parte:

1. "Knights Of Destruction"
2. " Nightmares"
3. "The Whipper"
4. "Wings Of The Evil"
5. "Signs Of The Night"
6. "Killera (Princess Of Hell)"
7. "Soldiers Of Sunrise"
8. "Law Of The Sword"
9. "H.R."

Segunda parte:

10. "Illusions"
11. "At Least a Chance"
12. "To Live Again"
13. "A Cry From the Edge"
14. "Living for the Night"
15. "Theatre of Fate"
16. "Moonlight"
17. "Prelude to Oblivion"

Bis

18. "Crime"
19. "The Spreading Soul"
20. "Rebel Maniac"
21. "We Will Rock You" (QUEEN)

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Andre Matos: Garoto propaganda de livros da Disney aos 7 anosAndre Matos
Garoto propaganda de livros da Disney aos 7 anos

Andre Matos: Revelado índice de capítulos da biografia oficialAndre Matos
Revelado índice de capítulos da biografia oficial

Andre Matos: Aquiles Priester foi convidado para tocar na banda soloAndre Matos
Aquiles Priester foi convidado para tocar na banda solo

Andre Matos: Assista live com produtores do documentárioAndre Matos
Assista live com produtores do documentário

Andre Matos: Livro oficial terá prefácio escrito por Tobias SammetAndre Matos
Livro oficial terá prefácio escrito por Tobias Sammet

Nevermore: vocalista Leandro Caçoilo divulga cover acústico de "Believe In Nothing"

Manaus: prefeitura homenageia Andre Matos e sanciona o dia do heavy metalManaus
Prefeitura homenageia Andre Matos e sanciona o dia do heavy metal

Viper: assista vídeo oficial da clássica Living for the Night ao vivoViper
Assista vídeo oficial da clássica "Living for the Night" ao vivo

Andre Matos: live trouxe gravações do cantor com banda solo tocando ao vivo; assistaAndre Matos
Live trouxe gravações do cantor com banda solo tocando ao vivo; assista

Andre Matos: 1º capítulo do livro oficial é disponibilizadoAndre Matos
1º capítulo do livro oficial é disponibilizado


Andre Matos: um perfil do maestro do power metal brasileiroAndre Matos
Um perfil do maestro do "power metal" brasileiro

Andre Matos: Blaze Bayley é uma lição de humildade que serve a todos nós!Andre Matos
"Blaze Bayley é uma lição de humildade que serve a todos nós!"


Guns e Sabbath: semelhança entre Zero the Hero e Paradise CityGuns e Sabbath
Semelhança entre "Zero the Hero" e "Paradise City"

Batom, laquê...: Como formar uma banda de Hard Rock em 69 liçõesBatom, laquê...
Como formar uma banda de Hard Rock em 69 lições


Sobre Otávio Augusto Juliano

Otávio é paulistano, tem 29 anos e faz algo nada a ver com o Rock: é advogado. Por gostar muito de música e não possuir talento algum para tocar instrumentos musicais, tornou-se um comprador compulsivo de cds. Sempre interessado em leitura ligada ao Rock e Metal, começou a enviar algumas pequenas colaborações para a Whiplash e hoje contribui principalmente com textos relacionados ao Hard Rock, estilo musical de sua preferência. De qualquer forma, é eclético e não dispensa álbuns de todas as demais vertentes do Metal, sendo fã incondicional de W.A.S.P., Mötley Crüe e dos trabalhos do guitarrista Steve Stevens.

Mais matérias de Otávio Augusto Juliano no Whiplash.Net.

Cli336 Cli336 Cli336 CliIL Cli336 WhiFin Cli336 Cli336