Resenha - Lost Forever e Dreadnox (Teatro Odisséia, RJ, 21/08/2011)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rachel Möss, Fonte: Blog MUC
Enviar correções  |  Ver Acessos

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Construído em 1907, o casarão, localizado no epicentro cultural/musical da cidade do Rio de Janeiro, que serviu de armazém no começo do século XX, no século XI é palco para shows dos mais variados estilos, celebrando a aclamada diversidade. No domingo, 21 de agosto de 2011, ele foi tomado pelos headbangers mais uma vez.

Galeria de fotos: 13 motivos para gostar de Rock N RollCannibal Corpse: o pescoço gigante de George Fisher

As bandas DREADNOX e LOST FOREVER se apresentaram em comemoração ao lançamento dos seus novos álbuns, respectivamente "Dance of Ignorance" e "Rising". A expectativa para as apresentações eram enormes, por volta das 19h 30, o público esperava ávido na fila que ia até o final da rua. Era o 'Heave Metal' no Odisseia.

Formada em 1993 a DREADNOX, teve seu primeiro álbum, "Divine Act", lançado em 1998. Agora em 2011 a banda volta com força total no seu mais novo trabalho, produzido por Renato Tribuzy e mixado por Alex Macedo, "Dance of Ignorance".

Heavy Metal direto e empolgante. A combinação de músicos excelentes e um ótimo som no local proporcionaram um belo show, no sentido mais estrito da palavra. "Rodas" e moshs fizeram parte da festa, créditos mais que especiais para Fabio Schneider (v), Kiko Dittert (g), Dead Montana (b), Felipe Curi (d).

O M.U.C. bateu um papo rápido com Fábio Schneider; ele nos contou que o processo de produção do "Dance of Ignorance" começou em 2008, depois da volta da banda que ficou parada por um tempo, o álbum foi terminado no final de 2010 e agora eles estavam lançando oficialmente o material, que funciona muito bem ao vivo por sinal.

A banda trabalha agora na produção de um vídeo clipe para a música título do álbum e pretende fazer mais show para divulgar o novo trabalho. Fabio nos disse que já há planos para um novo CD para 2012.

Com direito a uma bela introdução, no maior estilo épico, a LOST FOREVER subiu ao palco para detonar seu Progressive/ Power Metal de primeira linha. A banda realmente impressiona por toda a sua performance ao vivo, que não deve em nada para o CD, é ainda mais empolgante. Formada em 1997 o LOST FOREVER tem seu line up composto por: James Galvão (v), Fabbio Nunes (g), Andre de Lemos (b), Andre Tavares (k), Rene Shulte (d).

O vocalista James Galvão (que também canta na banda STALKER) nos contou que a banda estava 100% focada neste show de lançamento, e o resultado não poderia ser outro, os caras arrasaram. Com o primeiro trabalho, "The End of Beginning" lançado em 2004, a banda também passou por um período de baixa atividade até que em 2009 retomaram as atividades a todo vapor para a produção do "Rising", finalizado em abril deste ano e lançado oficialmente no show de hoje.

Foi uma grande festa, o público teve a oportunidade de conferir duas ótimas bandas num ambiente agradável e com uma ótima qualidade de som. Parabéns à organização, que noites e mais noites de "Heave" Metal aconteçam lá no Odisseia, é bom ver os headbanger tomando a Lapa.

A apresentação contou com participações especiais de Nelson Magalhães, que gravou o primeiro CD com a banda (atualmente toca na banda TROVATTORE), e dos integrantes da DREADNOX Fabio e Kiko na última música. O M.U.C. apóia esse tipo de confraternização, é um sentimento que deveria existir mais na cena underground carioca.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Lost Forever"Todas as matérias sobre "Dreadnox"


Andre Matos: covers de Iron e Manowar com Dreadnox e Tribuzy em 1995Andre Matos
Covers de Iron e Manowar com Dreadnox e Tribuzy em 1995


Galeria de fotos: 13 motivos para gostar de Rock N RollGaleria de fotos
13 motivos para gostar de Rock N Roll

Cannibal Corpse: o pescoço gigante de George FisherCannibal Corpse
O pescoço gigante de George Fisher

Rock Cristão: as principais bandas nacionaisRock Cristão
As principais bandas nacionais

Galeria de fotos: 13 motivos para gostar de Rock N RollCannibal Corpse: o pescoço gigante de George FisherNightwish: Floor Jansen dá a sua receita para uma voz afinadaThe Voice: participante canta "Born To Be Wild" na pegada death metal

Sobre Rachel Möss

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.