Lost Forever e Dreadnox: Heavy Metal direto e empolgante

Resenha - Lost Forever e Dreadnox (Teatro Odisséia, RJ, 21/08/2011)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Rachel Möss, Fonte: Blog MUC
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Construído em 1907, o casarão, localizado no epicentro cultural/musical da cidade do Rio de Janeiro, que serviu de armazém no começo do século XX, no século XI é palco para shows dos mais variados estilos, celebrando a aclamada diversidade. No domingo, 21 de agosto de 2011, ele foi tomado pelos headbangers mais uma vez.

5000 acessosGuns N' Roses: mãe de Steven Adler comenta a emoção do filho5000 acessosTrujillo sobre Zakk Wylde: "ele é uma máquina de beber"

As bandas DREADNOX e LOST FOREVER se apresentaram em comemoração ao lançamento dos seus novos álbuns, respectivamente “Dance of Ignorance” e “Rising”. A expectativa para as apresentações eram enormes, por volta das 19h 30, o público esperava ávido na fila que ia até o final da rua. Era o 'Heave Metal' no Odisseia.

Formada em 1993 a DREADNOX, teve seu primeiro álbum, “Divine Act”, lançado em 1998. Agora em 2011 a banda volta com força total no seu mais novo trabalho, produzido por Renato Tribuzy e mixado por Alex Macedo, “Dance of Ignorance”.

Heavy Metal direto e empolgante. A combinação de músicos excelentes e um ótimo som no local proporcionaram um belo show, no sentido mais estrito da palavra. “Rodas” e moshs fizeram parte da festa, créditos mais que especiais para Fabio Schneider (v), Kiko Dittert (g), Dead Montana (b), Felipe Curi (d).

O M.U.C. bateu um papo rápido com Fábio Schneider; ele nos contou que o processo de produção do “Dance of Ignorance” começou em 2008, depois da volta da banda que ficou parada por um tempo, o álbum foi terminado no final de 2010 e agora eles estavam lançando oficialmente o material, que funciona muito bem ao vivo por sinal.

A banda trabalha agora na produção de um vídeo clipe para a música título do álbum e pretende fazer mais show para divulgar o novo trabalho. Fabio nos disse que já há planos para um novo CD para 2012.

Com direito a uma bela introdução, no maior estilo épico, a LOST FOREVER subiu ao palco para detonar seu Progressive/ Power Metal de primeira linha. A banda realmente impressiona por toda a sua performance ao vivo, que não deve em nada para o CD, é ainda mais empolgante. Formada em 1997 o LOST FOREVER tem seu line up composto por: James Galvão (v), Fabbio Nunes (g), Andre de Lemos (b), Andre Tavares (k), Rene Shulte (d).

O vocalista James Galvão (que também canta na banda STALKER) nos contou que a banda estava 100% focada neste show de lançamento, e o resultado não poderia ser outro, os caras arrasaram. Com o primeiro trabalho, “The End of Beginning” lançado em 2004, a banda também passou por um período de baixa atividade até que em 2009 retomaram as atividades a todo vapor para a produção do “Rising”, finalizado em abril deste ano e lançado oficialmente no show de hoje.

Foi uma grande festa, o público teve a oportunidade de conferir duas ótimas bandas num ambiente agradável e com uma ótima qualidade de som. Parabéns à organização, que noites e mais noites de “Heave” Metal aconteçam lá no Odisseia, é bom ver os headbanger tomando a Lapa.

A apresentação contou com participações especiais de Nelson Magalhães, que gravou o primeiro CD com a banda (atualmente toca na banda TROVATTORE), e dos integrantes da DREADNOX Fabio e Kiko na última música. O M.U.C. apóia esse tipo de confraternização, é um sentimento que deveria existir mais na cena underground carioca.

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Dreadnox"

Andre MatosAndre Matos
Covers de Iron e Manowar com Dreadnox e Tribuzy em 95

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Shows0 acessosTodas as matérias sobre "Lost Forever"0 acessosTodas as matérias sobre "Dreadnox"

Guns N RosesGuns N' Roses
Mãe de Steven Adler comenta a emoção do filho

Rob TrujilloRob Trujillo
Sobre Zakk Wylde: "Ele é uma máquina de beber!"

FalênciaFalência
Sete Rock Stars que foram à bancarrota

5000 acessosIron Maiden: As 5 músicas mais fracas da carreira da banda5000 acessosMetallica: lista de exigências deles e de outras bandas para o Lollapalooza Brasil5000 acessosAC/DC: Axl foi mal no ensaio, mas banda teve paciência5000 acessosSobre Joelhos, Metallica e o 1º Princípio da Filosofia5000 acessosGuns N' Roses: a história do videoclipe "Since I Don't Have You"5000 acessosSkid Row: Análise vocal de Sebastian Bach

Sobre Rachel Möss

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online