Eminence: Adeus à tradicional casa de show ao som de metal

Resenha - Eminence e Madame Saatan (Lapa Multishow, Belo Horizonte, 20/05/2011)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Luiz Figueiredo
Enviar Correções  

Umas das casas de shows mais tradicionais da noite belo-horizontina, o Lapa Multishow não abrigará mais espetáculos de música. A casa foi entregue ao proprietário do terreno. As especulações giram em torno de que o Lapa dará lugar a um empreendimento imobiliário.

Roadrunner: os melhores frontmen de todos os tempos

Guitarristas: você consegue identificar todos nesta imagem?

O prédio foi construído em 1945 e é um dos poucos do estilo arquitetônico que sobrevivem até hoje. Na época, funcionava o Cinema Santa Efigênia que foi desativado, como muitos pela cidade afora e o local foi usado como sacolão, depósito, etc.


Musicalmente, no Lapa rolava de tudo. Mas os mais importantes eram os shows de metal. Existente desde 1999, o Lapa foi marcante para os headbangers da cidade e do interior do estado, pois nomes mais do que consagrados mundialmente se apresentaram lá e proporcionaram momentos inesquecíveis.

Como não poderia deixar de ser, foi aos headbangers que o Lapa deu adeus no sábado, dia 20 de maio. O Eminence subiu ao palco para apresentar o show que já rodou a Europa, Japão e outros países sulamericanos. Músicas dos seus três discos formaram o set do Eminence que soltou porrada atrás de porrada em direção ao público. Um show primoroso e com muita energia, uma banda excelente que conquista cada vez mais o mundo. O Eminence já prepara a ida para a Nova Zelãndia e Austrália em agosto.

Para abrir o espetáculo, a primeira banda a subir ao palco foi a paraense Madame Saatan. A banda de rock pesado, trouxe à noite riffs interessantes de guitarra, um baixo imponente, batera violenta e uma vocalista que esbanjou sensualidade e no, primeiro olhar, ganhou o coração dos headbangers presentes. Com uma voz nada forçada e bem potente, a vocalista Sammliz mostrou muita personalidade; interagindo muito com o público. Não se trata de uma garota bonita que usa apenas disso para ter destaque, estamos falando aqui de uma grande frontwoman.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Roadrunner: os melhores frontmen de todos os temposRoadrunner
Os melhores frontmen de todos os tempos

Guitarristas: você consegue identificar todos nesta imagem?Guitarristas
Você consegue identificar todos nesta imagem?


Sobre Luiz Figueiredo

Sem descrição cadastrada.

Mais matérias de Luiz Figueiredo no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin adWhipDin