Resenha - Heavy & Fun (Fofinho Rock Club, São Paulo, 24/08/2002)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Patricia Spinelo e Ana Therezo
Enviar correções  |  Ver Acessos

A despeito do que possam dizer alguns críticos, a música underground sempre existiu no Brasil e, se depender dos constantes esforços dos músicos atuais, não precisaremos mais, ter saudades dos anos oitenta - berço das inovações do Metal Nacional. E como prova disto, várias bandas se reuniram em São Paulo, mais precisamente no Fofinho Rock Club em 24 de agosto, para o evento intitulado "Heavy and Fun".

Tirando a poeira do tímpano: 20 novas bandas de rock pra curtirBlack Sabbath: mais uma do Tony Iommi pra cima do pobre Bill Ward

Superando as expectativas, um grande número de pessoas compareceu ao evento para conferir as bandas: Thalion, Évora, Anima, Wizards e Karma. Aliás, o atraso também decidiu "comparecer" e o primeiro show - que estava marcado para às 21hs, começou mais de uma hora depois.

A primeira banda a subir ao palco foi o Thalion, que contagiou o público com a empolgante e progressiva "Solitary World" (War & Peace) e na sequência, "Through My Words" e "Fatal Tragedy", ambas do Dream Theater. Introdução excelente, alguns clássicos, público em ebulição, ou seja, ótimo momento para apresentar trabalhos próprios, sendo as escolhidas: "Searching For The Answers" e "Life is a Poetry" (ambas disponíveis para download aqui). Finalizando, um cover de "Sacrament Of Wilderness" do Nightwish e "Nothing to Say" do Angra. Destaque para a vocalista Alexandra Liambos - que se mostrou mais do que um belo rosto, com seu vocal consistente e versátil; sem contar os guitarristas Rodrigo Vinhas e Fábio Russo - que não se intimidaram diante dos persistentes problemas técnicos.

Evora
Evora

Com uma tragetória de quase 10 anos e constantes alterações em sua formação original, entram em cena os paulistanos do Évora e seus convidados: Camila Oliveira (teclado) e Anderson Kratch (vocal), para promover o EP "Mystical Science" com as músicas: "Locomotive", "Dance of Eternity" e "E-Gypsy", além da recente "Dead Man Walkin" (todas disponíveis para download aqui). Momento para os 'covers', a banda mandou "Peruvian Skies" - que será lançada no tributo brasileiro ao Dream Theater, seguida por "Epic" (Faith No More) e "Mouth For War" (Pantera), sendo que a última música ressaltou bem as presenças de palco do guitarrista Luís Felipe Campos e do baixista Anderson Bellini.

Os problemas com o som continuaram, então, Thiago Bianchi (vocalista do Karma) foi obrigado a intervir e tudo foi resolvido a contento. Aliás, grande oportunidade para o Anima, que com melhor qualidade de som, executou com tranquilidade suas composições próprias "The Box", "Save Your Life" e "Arise In My Dreams" (disponíveis para download aqui), assim como "Metrópolis" e "Carolina IV", do Dream Theater e Angra, respectivamente. O tecladista Kadu Byngton deu um show a parte, sampleando as canções de forma profissional, nitidamente entrosado com o resto da banda.

Karma
Karma

Os próximos a pisarem no palco, foram os veteranos do Wizards - que já tiveram o nome estampado no oitavo lugar da maior revista de Rock do Japão, a Burnn. Apesar de uma apresentação curta, baseada em seu último álbum "The Kingdom", os rapazes não deixaram a desejar, tocando as músicas: "I'll Believe", "Freedom", "Arabian Caravan", "Fallen Angels" e para concluir, a clássica "Mr.Crowley" do mestre Ozzy Osbourne, com as participações do vocalista Cristian Passos e do baterista Rodrigo Mello, ambos do Symbols.

Quando o relógio acusava mais de 4 horas da manhã, a banda Karma - grande atração da noite, sobe ao palco para o deleite dos "resistentes" amantes do Heavy Metal. Mas valeu a pena, pois foi o melhor show da noite. Eles tocaram a conhecida "In The Name of God", a maravilhosa "The Snow of Sunset", e a pesada balada "The Speech" - acompanhada em uníssono pelo público. Também fizeram parte do setlist a "recém chegada" "You" (disponível para download aqui), as músicas das outras bandas que participaram do evento (exceto o Thalion), um cover de "Cowboys from Hell" do Pantera e outro de "Harvest Of Sorrow" do Metallica.

Palmas ao Karma e principalmente aos que participaram, colaboraram, apoiaram e acreditaram na iniciativa. Afinal, nada melhor do que "Heavy Metal e Diversão".




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Karma"Todas as matérias sobre "Evora"


Edu Falaschi: os dez vocalistas brasileiros preferidos deleEdu Falaschi
Os dez vocalistas brasileiros preferidos dele


Tirando a poeira do tímpano: 20 novas bandas de rock pra curtirTirando a poeira do tímpano
20 novas bandas de rock pra curtir

Black Sabbath: mais uma do Tony Iommi pra cima do pobre Bill WardBlack Sabbath
Mais uma do Tony Iommi pra cima do pobre Bill Ward

Fotos de Infância: Gene Simmons, do KissFotos de Infância
Gene Simmons, do Kiss

Iron Maiden: o pior momento de Bruce Dickinson no palcoIron Maiden
O pior momento de Bruce Dickinson no palco

Ave, Satan!: As dez melhores músicas sobre o InfernoAve, Satan!
As dez melhores músicas sobre o Inferno

Jess Greenberg: mais vídeos de covers em voz e violãoJess Greenberg
Mais vídeos de covers em voz e violão

Blaze Bayley: um pouco parecido fisicamente com Bruce Dickinson, mas a voz...Blaze Bayley
Um pouco parecido fisicamente com Bruce Dickinson, mas a voz...


Sobre Patricia Spinelo e Ana Therezo

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adClio336|adClio336