Matérias Mais Lidas

imagemO rockstar por quem Max Cavalera era fanático, mas não conheceu por causa da bebida

imagemEdu Falaschi diz que não tem vergonha de suas falas que viraram meme no DVD do "Rebirth"

imagemFlea agradece brasileiro que teve receio de pedir foto ao encontrá-lo

imagemMaiden faz homenagem a Eddie, do Stranger Things, que foi inspirado em tragédia real

imagemSem efeitos ou playback: vídeo de bastidores mostra Glenn Hughes cantando muito

imagem10 músicas dos Beatles das quais Paul McCartney não gostava

imagemA banda brasileira que está "pronta para o mercado internacional", segundo Regis Tadeu

imagemRichard Fortus diz que Axl Rose danificou as cordas vocais

imagemA prática mesquinha de bandas que Edu Falaschi considera "desrespeitoso com o fã"

imagemOs dez álbuns de Heavy Metal favoritos de Rob Halford, e os dez de qualquer gênero

imagemSlash explica porque o Guns N' Roses faz shows de 3 horas e meia

imagemQuando Dave Mustaine mostrou como tocar uma música do Metallica de forma mais pesada

imagemProdutora explica como "Master of Puppets" foi parar em "Stranger Things"

imagemO clássico dos Stones que foi escrito em um motel e não deixou Keith Richards satisfeito

imagemEm post no TikTok, Metallica pede para fãs antigos pararem de perseguir os fãs novatos


Finlandia 2022
Stamp

Qual é o nosso papel nesta história?

Por Ricardo Seelig
Em 21/06/05

publicidade

Me peguei pensando uma coisa estes dias: o que é mais importante na música, os artistas ou nós, os fãs? É claro que nada existiria sem nomes como John Lennon, Jimmy Page, Mick Jagger, Steve Harris, Bono Vox e tantos outros. Mas e quanto a nós, que consumimos música como água, que dedicamos grande parte das nossas vidas a esta paixão, qual é o nosso papel nesta história?

Os Beatles não seriam os mesmos sem a beatlemania. A loucura e o fanatismo dos fãs é peça essencial na cultura pop. Somos nós que construímos as lendas e os ícones do rock and roll. Kurt Cobain não acordou um belo dia e decidiu que iria ser a voz da juventude americana dos anos 90: foram os fãs que o transformaram em seu porta-voz.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Quem gosta de música, de rock, metal ou qualquer outro nome que queiram dar (ou todos eles juntos, como é o meu caso), não se contenta em ter apenas um ou dois discos. Não existe fã de rock sem uma coleção repleta de álbuns por trás. É só olhar para o seu caso. Pense na banda que você mais gosta. Pensou? Agora conte quantos discos destes caras você tem. Muitos, com certeza (isso se não tiver a coleção completa, com EPs, singles, promos e muito mais).

É este culto que faz o rock ser algo tão fascinante. Para os fãs, os ídolos não são pessoas normais. Eu não consigo imaginar Jimmy Page como um cara de carne e osso como o meu pai, apesar de os dois terem praticamente a mesma idade.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A mitologia faz tudo ficar maior. A suposta morte de Paul McCartney, a magia negra rondando o Led Zeppelin, o diabo ao lado de Robert Johnson, as drogas e o Aerosmith. O rock está repleto de histórias fantásticas, mágicas, inacreditáveis, que transformam pessoas normais em lendas, e que fascinam milhões de fãs ao redor do mundo.

Não existe juventude sem rock and roll. Nada é mais importante quando se tem quinze anos do que o som de guitarras distorcidas a todo volume.

Na cabeça de todo fã ele é tão importante para uma banda quanto os seus membros. Para mim, o Iron Maiden não seria o mesmo sem a minha paixão pela banda. Pô, os caras fazem parte da minha vida há vinte anos. Eu cresci vendo a banda crescer. Todas as minhas histórias, tudo o que eu vivi, tem um pouco do Maiden no meio. É claro que eu vou pensar assim.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

E não dá para explicar como rola esta identificação. Eu não gosto de Nirvana, mas milhões de pessoas gostam. Nenhum dos dois está errado. Tem gente que acha Beatles um saco, e tem gente que acha a banda genial. E é isso aí.

O rock, antes de tudo, é paixão. E isso não se explica, apenas acontece. Este é o nosso papel nisso tudo. É a nossa paixão, o nosso amor, o nosso tesão pela música que faz o bom e velho rock and roll se manter vivo e forte há mais de cinqüenta anos.

Porque de nada adiantaria John Lennon gritar a plenos pulmões se nós não estivéssemos lá para escutá-lo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ouvindo:
AC/DC, Girls Got Rhythm.


Rock Faz Bem

Rock Faz Bem

Rock Faz Bem: Qual será a mais bela canção de todos os tempos?

5 músicas para entender um headbanger

Existem canções que possuem braços

Rock'n'Roll will never die

Não confie em ninguém com menos de 500 discos

Bandas Gaúchas: Acústico com ilustres desconhecidas no resto do Brasil

Bizz: revista volta às bancas depois de ausência de cinco anos

Angra e Sepultura: Qual o futuro das duas maiores bandas de Metal do Brasil?

Radicalismo: quem disse que gosto não se discute?

Todas as matérias sobre "Rock Faz Bem"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Airbourne 2022
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Exodus: "Rick Rubin é uma verdadeira fraude", diz Gary Holt


Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.

Mais matérias de Ricardo Seelig.