Aprovada nova lei de Internet: P2P fica fora

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ivan Carlos, Fonte: Senado.gov.br
Enviar correções  |  Ver Acessos

Saiu no site do Senado Federal: "aprovada na última quarta-feira, pelo plenário do Senado, a proposta substitutiva ao Projeto de Lei da Câmara 89/2003 conceitua juridicamente crimes cometidos no universo da informática, seja em redes privadas ou na Internet. Segundo o senador Aloizio Mercadante (PT-SP), com a proposta, o Brasil 'busca incluir-se entre as modernas nações onde legislação específica trata de delitos cibernéticos, que incluem, entre outros, a pedofilia, o estelionato eletrônico e a difusão de vírus'.

Edu Falaschi: os dez vocalistas brasileiros preferidos deleMetallica: prejudicando as finanças da Igreja Universal

A lei agora será enviada à Câmara dos Deputados, onde passará pelas comissões de Ciência e Tecnologia, Educação e Constituição, Cidadania e Justiça. Só depois será levada para votação no Plenário.

Um dos pontos que mais tem gerado polêmica é a suposta proibição ao uso de redes P2P (peer to peer), aquelas usadas para troca de arquivos. Mas de acordo com Mercadante, não é bem assim que vai funcionar: "A redação deixa claro que o crime não é cometido quando duas ou mais pessoas trocam dados (sejam eles quais forem, como filmes, músicas MP3, jogos, etc) pois nesse caso os titulares (ou donos) das redes que estão trocando as informações estão de acordo. Havia dúvida se o crime seria cometido por quem troca arquivos 'piratas' (protegidos por direito autoral), mas a redação é explícita em dizer que não. Se os dados trocados violam direito autoral de outras pessoas, isso é assunto não tratado por essa lei", afirma o senador.

A lei versa ainda sobre a difusão de vírus, segurança de redes, crimes de racismo e pedofilia na rede e vários outros pontos. O texto integral, com comentários de Mercadante, pode ser obtido no link abaixo.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Notícias

Edu Falaschi: os dez vocalistas brasileiros preferidos deleEdu Falaschi
Os dez vocalistas brasileiros preferidos dele

Metallica: prejudicando as finanças da Igreja UniversalMetallica
Prejudicando as finanças da Igreja Universal

Cultura inútil: Em quantas músicas Coverdale utilizou love (1)Cultura inútil
Em quantas músicas Coverdale utilizou "love" (1)

Iron Maiden: Steve Harris pensou em acabar com a banda em 1993Iron Maiden
Steve Harris pensou em acabar com a banda em 1993

Slayer: cronologia de Hanneman, da picada da aranha até a morteSlayer
Cronologia de Hanneman, da picada da aranha até a morte

Motorhead: Lemmy manda a real sobre os terroristas de ParisMotorhead
Lemmy manda a real sobre os terroristas de Paris

Megadeth: Dave Mustaine conta como dividiu baseado com DioMegadeth
Dave Mustaine conta como dividiu baseado com Dio


Sobre Ivan Carlos

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adGooILQ