Led Zeppelin: Mixes alternativos de Physical Graffiti em leilão

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 28/02/14. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

2262 acessosRobert Plant: parem de viver no passado, existe muita coisa boa nova5000 acessosMetalhead: as mulheres mais sexys do Heavy Metal

Mixagens de estúdio nunca lançadas comercialmente oriundas das sessões de gravação de ‘Physical Graffiti’, álbum de 1975 do LED ZEPPELIN, serão vendidas em leilão mês que vem pela casa RR Auction.

A casa venderá as fitas – da coleção do engenheiro de áudio e produtor RON NEVISON – como parte do leilão ‘Marvels of Modern Music’, que ocorrerá dos dias 13 a 20 de março.

O Led Zeppelin gravou as trilhas de ‘Physical Graffiti’ no Ronnie Lane Mobile Studio que Nevison desenhou em um trailer.

Estruturalmente, muitas faixas não são muito diferentes – a maioria das guitarras e vocais foi refeita posteriormente, e algumas não tem voz nenhuma. Uma orquestração adicional também fora inserida, e, por muitas vezes, apenas as trilhas de bateria das gravações foram usadas no produto final.

Curiosamente, uma das fitas tem a bateria de ‘Kashmir’ [então chamada de ‘Driving To Kashmir’] e, pelo fato de o baixista e tecladista JOHN PAUL JONES ter se atrasado para a gravação, o guitarrista JIMMY PAGE usou o tempo para trabalhar no riff com JOHN BONHAM.

Nevison gravou a bateria de Bonham em um canal separado, passando os pratos através de um phaser como experimentação. A banda gostou dos resultados e o usou na música. Além da bateria, ‘Driving To Kashmir’ totalmente instrumental também traz o riff de guitarra instantaneamente reconhecível.

“As fitas de ‘Physical Graffiti’ do acervo de Nevison dão uma nova perspectiva do processo criativo por trás de um dos maiores álbuns já produzidos“, diz o Bobby Livingston da RR Auction. “Uma obra absolutamente notável da história da música moderna.”

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Robert PlantRobert Plant
Parem de viver no passado, existe muita coisa boa nova

2246 acessosVlog Rock: o significado dos símbolos do Led Zeppelin0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Led Zeppelin"

QualidadeQualidade
Governo britânico recomenda Led Zeppelin e Beatles

Led ZeppelinLed Zeppelin
Plágios, homenagens ou mera coincidência?

AC/DCAC/DC
Ouça Brian Johnson cantando clássicos do Led

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Led Zeppelin"


MetalheadMetalhead
As mulheres mais sexys do Heavy Metal

Rita LeeRita Lee
Ela participou de suruba com o Yes e furtou a cobra de Alice Cooper

Tirando a poeira do tímpanoTirando a poeira do tímpano
20 novas bandas de rock pra curtir

5000 acessosMetallica: por que 9 entre 10 fãs odeiam "Load" e "Reload"?5000 acessosHeavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 19805000 acessosBlack Sabbath: About.com elege os 5 melhores álbuns da banda5000 acessosSharon: "roubei Ozzy de sua ex-mulher e estou muito feliz"4981 acessosGhost: Tobias Forge presta tocante homenagem ao irmão falecido5000 acessosMegadeth: Pepeu Gomes comenta convite e fala sobre Kiko Loureiro

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 28 de fevereiro de 2014


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online