Titãs: Ana Cañas diz que Multishow a censurou durante show no Rock in Rio

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda, Fonte: Instagram
Enviar correções  |  Ver Acessos

A cantora Ana Cañas afirmou, nas redes sociais, que o canal Multishow a censurou na transmissão de sua participação no festival Rock in Rio 2019. Ela se apresentou como convidada do Titãs, que tocou no Palco Sunset no sábado (28) e também chamou Edi Rock e Erika Martins para algumas músicas.

Jack Black: veja os melhores momentos dele no Rio de Janeiro (vídeo)Beatles: Perguntas e respostas e curiosidades diversas

A artista iniciou o texto nas redes dizendo que a atitude da emissora foi resultado da "hipocrisia patriarcal" e destacou que emissora evitou filmá-la após o body que ela usava ter arrebentado - algo que já havia sido relatado em post anterior em sua página no Instagram.

Titãs: Ana Cañas teve problema com figurino ousado no Rock in RioTitãs
Ana Cañas teve problema com figurino ousado no Rock in Rio

Divulgação Rock In Rio - Helena Yoshioka
Divulgação Rock In Rio - Helena Yoshioka

"Momento desabafo: não tá sendo fácil lidar com a hipocrisia patriarcal. Fiquei sabendo que na transmissão do show ao vivo pela TV, depois que o body arrebentou, eles focaram mais no rosto - dando closes, ou nas costas (essa foto do post foi a única imagem que encontrei do meu corpo inteiro). Eu queria saber porque o corpo de uma mulher INCOMODA tanto?", disse.

Em seguida, ela afirmou que, durante o Carnaval, "filmam mulheres nuas o tempo todo". "Mas a verdade é que essa nudez objetificada só é aceita quando é conveniente e lucrativa.

Na hora que o body arrebentou, em cima do palco, eu já sabia que teria que lidar com as críticas de uma sociedade hipócrita e machista estruturalmente. Eu sabia que muitos apontariam o dedo pra mim e diriam todo tipo de atrocidade. Porque esse é o patriarcado. é assim", pontuou.

Ana Cañas comentou que o Brasil é o país "que mais consome pornografia no mundo" e possui "um dos mais altos números de feminicídios e estupros do mundo". "Mas uma mulher com os peitos de fora (ainda que com os mamilos cobertos) é uma afronta à sociedade. Hipocrisia pura. Eu sei que a nudez feminina não altera as estruturas de decisão e poder na sociedade, ainda mais a de um corpo branco e magro (privilegiado) como o meu. Mesmo assim, somos cerceadas e tolhidas em todos os espaços. Não temos o direito sequer de decidir sobre nossos próprios corpos. É bizarro", afirmou.

Depois, a artista direcionou seu comentário às pessoas que falaram que ela cantou mal. "Bom, agora para os que dizem que cantei mal... Branco Mello (baixista e cantor maravilhoso da banda) passou por um cirurgia recentemente por conta de um problema de saúde e eu escolhi cantar no tom que ficasse confortável pra ele, por total empatia e amizade. Não era o tom ideal pra mim mas encarei com imensa alegria a oportunidade de dividir o palco com uma banda que tanto amo e admiro. Também convido essas pessoas uó a ouvirem meu último disco - 'Todxs', que foi indicado ao maior prêmio da música mundial, o GRAMMY, na semana passada (beaj)", disse.

Por fim, Ana Cañas deixou claro que o texto é um "desabafo mesmo". "Tô dividindo com vocês tudo aquilo que acontece dentro do meu coração. Aos que enviam mensagens de amor e apoio, todo o meu carinho. Muito obrigada migles. É duro lidar com tanta hipocrisia e agressividade. Mas sigo forte no intuito de fortalecer e somar. Com amor sempre", concluiu.

Confira, a seguir, um vídeo em que Ana Cañas canta a música "Sonífera Ilha" com o Titãs.

Anteriormente, pelas redes, Ana Cañas já havia revelado que teve problemas com seu figurino. Ela se apresentou com os seios cobertos apenas por adesivos brilhantes. Ela também utilizava um blazer preto, que foi dispensado após alguns minutos, e um body que arrebentou logo quando ela entrou no palco.

"Na hora que entrei no palco, o body simplesmente arrebentou - primeiro nas laterais, depois no meio. Arranquei o resto e segui cantando. Todo mundo achou que aquilo foi programado, só que não", afirmou.

A cantora disse, ainda, que estava "nervosa de dividir o palco com uma das bandas que mais admiro (o primeiro show que vi na vida foi dos Titãs) e naquele palco incrível do Rock in Rio". "Então o bagulho foi louco mesmo", completou.

Na mesma postagem, ela destacou que viu "muitos comentários reacionários da sociedade brasileira patriarcal chocada com mamilos cobertos por corações de cristal". "Eu só queria que essa mesma sociedade também se chocasse com o número de feminicídios (que esse ano aumentou 50%), com os assédios e abusos diários, com a cultura do estupro, com o genocídio do povo negro periférico ou a população LGBTQIA+. Só que não", afirmou.

Por fim, declarou: "Tô cansada desse controle de merda e da objetificação dos corpos. Segue o rolê e fogo nos hipócritas machistas reacionários".

Veja a publicação:




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Rock In Rio"Todas as matérias sobre "Titãs"


Jack Black: veja os melhores momentos dele no Rio de Janeiro (vídeo)

Helloween: veja vídeo divulgado pela banda que recapitula o Rock in Rio 2019Helloween
Veja vídeo divulgado pela banda que recapitula o Rock in Rio 2019

Rock in Rio 2021: Marília Mendonça brinca após enquete do G1 com possíveis atraçõesRock in Rio 2019: Regis Tadeu analisa a segunda semana do festival

O Surto: Fora Queen, só nós fizemos 250 mil cantarem no Rock in RioO Surto
"Fora Queen, só nós fizemos 250 mil cantarem no Rock in Rio"

Scorpions: eleito o melhor show de todo o Rock in Rio 2019 em enquete do G1Scorpions
Eleito o melhor show de todo o Rock in Rio 2019 em enquete do G1

Iron Maiden: reproduções no Spotify aumentam 119% graças ao Rock in RioIron Maiden
Reproduções no Spotify aumentam 119% graças ao Rock in Rio

Júnior Bass Groovador: mais detalhes sobre leilão de baixo usado no Rock in RioJúnior Bass Groovador
Mais detalhes sobre leilão de baixo usado no Rock in Rio

Scorpions: eleitos pelo G1 a melhor banda do Dia do Metal no Rock in Rio 2019Rodz Online: O Dia do Metal do Rock in Rio 2019Alta Fidelidade: o que rolou na segunda semana de Rock in Rio 2019

Rock in Rio: a cobertura estereotipada do Multishow no Dia do Metal (vídeo)Rock in Rio
A cobertura estereotipada do Multishow no Dia do Metal (vídeo)

Nickelback: show no Rock in Rio teve cover de Metallica, camisa do Slayer e hitsNickelback
Show no Rock in Rio teve cover de Metallica, camisa do Slayer e hits

Rock in Rio: Iron Maiden pediu água vulcânica no camarim, mas sem exigências bizarrasRock in Rio
Iron Maiden pediu água vulcânica no camarim, mas sem exigências bizarras

Anthrax: após realizar sonho no Rock in Rio, banda recria foto do AC/DC em 1985Anthrax
Após realizar sonho no Rock in Rio, banda recria foto do AC/DC em 1985

Carlinhos Brown: Aceitei as garrafas, foi meu momento mais roqueiroCarlinhos Brown
"Aceitei as garrafas, foi meu momento mais roqueiro"

Angra: show no Rock In Rio 2011 é Triste de lembrarAngra
Show no Rock In Rio 2011 é "Triste de lembrar"

Rock In Rio Lisboa 2014: O balanço final oficial do eventoRock In Rio Lisboa 2014
O balanço final oficial do evento


Beatles: Perguntas e respostas e curiosidades diversasBeatles
Perguntas e respostas e curiosidades diversas

Classic Rock: os 50 maiores álbuns de rock progressivoClassic Rock
Os 50 maiores álbuns de rock progressivo

Cornos do Rock: a dor e o peso do chifre em três belas cançõesCornos do Rock
A dor e o peso do chifre em três belas canções

Demonstrações de afeto: fotos de rockstars que já se beijaramDemonstrações de afeto
Fotos de rockstars que já se beijaram

Freedom of Expression: o tema do Globo RepórterFreedom of Expression
O tema do Globo Repórter

Tom Morello: fã de Mötley e AC/DC, apesar de letras misóginas e demoníacasTom Morello
Fã de Mötley e AC/DC, apesar de letras misóginas e demoníacas

Iron Maiden: se as bandas de metal mandassem no mundo...Iron Maiden
"se as bandas de metal mandassem no mundo..."


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e apaixonado por rock há mais de uma década. Começou a escrever sobre música em 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Atualmente, é redator-chefe da área editorial do site Cifras e mantém um site próprio (www.IgorMiranda.com.br). Também co-fundou o site Van do Halen, para o qual trabalhou até 2013.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336