Matérias Mais Lidas

imagemKiko Loureiro explica por que acha uma merda seu solo de guitarra em "Rebirth"

imagemLes Claypool, do Primus, explica por que não se tornou baixista do Metallica

imagemAdrian Smith e a volta ao Maiden: "queriam o Bruce e já tinham dois guitarristas"

imagemQuando Angus Young, do AC/DC, detonou o Led Zeppelin e os Rolling Stones

imagemMetallica divulga vídeo de "Whiskey In The Jar" ao vivo em Curitiba

imagemQuando Pete Townshend faltou a um show do The Who pra ir assistir o Pink Floyd

imagemPhil Campbell conta como era fácil "comprar" Lemmy pra fazer qualquer coisa

imagemRob Halford explica como surgiu ideia de entrar no palco em cima de uma moto

imagemOzzy achou que integrantes do Metallica estavam tirando uma com sua cara durante turnê

imagemClassic Rock lista 15 músicas do saudoso Chris Cornell que você precisa conhecer

imagemBill Hudson diz que tatuagem pode ter sido entrave para entrar no Megadeth

imagemA surpreendente maneira que Nando Reis ficou sabendo da morte de Marcelo Fromer

imagemKiko Loureiro diz que é mais fácil compor "música louca" de 20 min do que de 4 min

imagemRage Against The Machine vem ao Brasil em dezembro, diz José Noberto Flesch

imagemA curiosa opinião de Ozzy sobre cover do Metallica para "Sabbra Cadabra"


PRB

Dio: ele se chateou após Vivian Campbell pedir para fazer backing vocals

Por Igor Miranda
Fonte: Planet Rock / Ultimate Guitar
Em 19/12/19

O guitarrista Vivian Campbell relembrou seu período ao lado de Ronnie James Dio e sua banda, Dio, em entrevista ao Planet Rock Live transcrita pelo Ultimate Guitar. Além de recontar a história de sua saída, o músico destacou uma situação curiosa em que o cantor ficou chateado.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Campbell contou que sempre quis trabalhar seus backing vocals, o que não era aprovado por Dio. "Sempre quis cantar um pouco, sabe? Nunca quis ser um cantor de fato, mas eu queria desenvolver minha voz. E lembro que quando estava no Dio, perguntei a Ronnie se poderia fazer backing vocals. Ele se chateou, enfiou o dedo na minha cara e disse: 'Não! Ritchie Blackmore nunca canta, Tony Iommi nunca canta. Guitarristas não cantam, eles tocam guitarra!'", relatou.

A reação inicial de Vivian foi lembrar-se de outros guitarristas que cantam. "Daí, eu penso... uou... Rory Gallagher, outros tantos guitarristas que cantam e me influenciaram. Talvez não sejam grandes cantores, mas tinham personalidade", afirmou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Logo após deixar o Dio, em 1986, Vivian Campbell integrou o Whitesnake. Embora tenha ficado para apenas uma turnê, o músico aprendeu muito sobre vocais ao lado de David Coverdale.

"Em contraste, David sempre apoiou muito. Ele curtia soul music, costumávamos cantar nos chuveiros antes dos shows... chuveiros separados (risos). Tinham aqueles vestiários, tocando em arenas na América, então, nem dava para ver um ao outro. Ele estava em outro chuveiro, porém, cantávamos harmonias de músicas de Sam Cooke e outras", comentou.

Campbell reforçou que, em sua visão, Coverdale não é exatamente um vocalista de som pesado. "Esses cantores de soul influenciaram a mim e a David. Acho que David é mais um cantor de blues/soul do que metal/rock, sabe? Ele tem um timbre muito rico em sua voz", afirmou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O rompimento com Dio

Vivian Campbell deixou de integrar o Dio em 1986. Três anos depois, saíram o baixista Jimmy Bain e o baterista Vinny Appice. O guitarrista definiu essa situação como o rompimento completo da formação original.

"Ronnie nos fez uma promessa quando começamos. Trabalhamos a troco de quase nada, não ganhamos pelas vendas de discos, merchandising ou ingressos. E a banda fazia sucesso. O acordo de Ronnie era: 'não posso pagar muito, quero que a gente se apresente como banda'. Chamava Dio por causa do nome dele, mas compúnhamos e nos apresentávamos como banda. E havia uma química, magia nos primeiros discos", afirmou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A promessa, segundo Vivian, era que a situação ficaria mais igualitária a partir do terceiro álbum, que foi "Sacred Heart" (1985). "O álbum chegou e eu era o que cobrava. Na época, Ronnie estava em um momento obscuro, foi quando ele e Wendy (Dio, esposa e empresária dele) se separaram. Ele não estava feliz. A gente se divertiu com os dois primeiros álbuns, mas no terceiro, ninguém queria mais estar no estúdio", disse.

Ao mesmo tempo, Campbell pressionava para que suas exigências fossem atendidas, já que, entre todos, ele era o músico mais jovem e de carreira menos consolidada no passado. "Fiz a primeira parte da turnê americana, voltei para visitar minha família porque estávamos para seguir para o Reino Unido, e recebi uma correspondência dizendo que eu seria demitido se eu não assinasse um contrato, em que eu deveria trabalhar a troco de nada. Foi ruim quando isso aconteceu. Ronnie e eu acabamos tomando a decisão errada de trocar farpas pela imprensa", afirmou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Somente após o falecimento de Ronnie James Dio, em 2010, Vivian Campbell perdoou a situação. "Deixei para trás e, como resultado, pude voltar e ouvir aqueles discos, tendo uma apreciação diferente e o celebrando. O melhor é que tudo isso foi um legado tanto de Jimmy Bain, Vinnie e meu quanto de Ronnie. Era uma banda, por isso, fico feliz de tocar essas músicas (com a banda Last In Line)", concluiu.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp




Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda.