Metallica: Bob Rock explica como surgiu o criticado som da bateria de St. Anger

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda, Fonte: Tone Talk/MetalSucks
Enviar Correções  

O som da bateria de Lars Ulrich em "St. Anger" (2003) é um dos pontos mais críticos da carreira do Metallica. A banda foi muito criticada pelo álbum em si, que se aproximava da estética do nu metal, e a sonoridade se tornou controversa especialmente pelo instrumento tocado por Ulrich, cuja caixa soa bem aguda e estalada.

Chiclete: músicas que grudam na cabeça na primeira vez que são ouvidas - Parte 1

Sepultura: Andreas Kisser comenta os primórdios da banda

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em entrevista ao podcast Tone Talk, com transcrição do MetalSucks, o produtor e baixista de "St. Anger", Bob Rock, revelou como surgiu a ideia de utilizar aquele som de bateria no álbum. De acordo com ele, o conceito surgiu naturalmente, após serem realizados os ensaios para o disco.

"Estávamos no local onde eles ensaiam, em San Francisco, daí partimos para Oakland, onde eles tocavam com Cliff (Burton, falecido baixista). A gente se divertiu muito e Lars me contou sobre a bateria dele. Buscávamos inspiração, pois James (Hetfield, vocalista e guitarrista) não estava lá (ele estava em uma clínica de reabilitação), então, começamos a experimentar outras baterias", disse Bob, inicialmente.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Metallica: St. Anger provou que solos são necessários na banda, diz KirkMetallica
St. Anger provou que solos são necessários na banda, diz Kirk

O produtor contou que Lars Ulrich tocou em diversas baterias até chegar à que foi usada na gravação. "Ele sentou naquela bateria e disse: 'apenas me dê uma caixa'. Eu tinha acabado de comprar uma caixa Ludwig Plexi, pois queria testá-la. Daí, ele colocou, tocou e disse: 'esse é o som'. Eu falei: 'o quê?'", revelou, destacando sua reação.

Naquele mesmo dia, foi gravada uma demo com o uso de alguns microfones, de forma não muito rebuscada. "Fizemos a demo e o som era aquele. Lars não quis voltar atrás. Não o culpo. Se você conseguir entender o conceito, esse é o som de bateria de quando eles estavam ensaiando. É o mais próximo daquilo. Não importa o que as pessoas digam: foi esse momento que manteve a banda junta e os inspirou a seguir em frente. Então, estou bem com todas as críticas que recebi. É só um som de caixa de bateria, dá um tempo", afirmou.

Metallica: como o produtor Bob Rock acabou tocando baixo na bandaMetallica
Como o produtor Bob Rock acabou tocando baixo na banda

Uma das inspirações para "St. Anger" foi um álbum de uma banda que não tem nada a ver com o Metallica: "Achtung Baby" (1991), do U2. "Nesse disco, às vezes, você mal ouve a bateria. Às vezes, o baixo é a coisa mais alta. Em outras palavras: o U2 joga fora o livro de regras. Parte do 'St. Anger' também consiste em jogar fora o livro de regras e dizer: 'por que devemos fazer a bateria soar sempre do mesmo jeito só por ser o som típico do metal?'", destacou Bob Rock.

Outra influência foi "Raw Power" (1973), clássico do The Stooges. "Estava pensando muito como em 'Raw Power' e sobre a ausência dos solos, havia uma banda de San Francisco chamada The Fucking Champs que só tocavam os riffs de um jeito punk/metal, sem solos. Lars e eu conversávamos e achávamos isso legal", disse.

Confira a entrevista na íntegra (em inglês, sem legendas) no player a seguir:

Metallica: a mudança sugerida por Bob Rock que fez a banda gostar mais deleMetallica
A mudança sugerida por Bob Rock que fez a banda gostar mais dele

Metallica: Bob Rock diz que produção de And Justice For All não faz sentidoMetallica
Bob Rock diz que produção de And Justice For All não faz sentido




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Chiclete: músicas que grudam na cabeça na primeira vez que são ouvidas - Parte 1Chiclete
Músicas que grudam na cabeça na primeira vez que são ouvidas - Parte 1

Metallica: música de S&M2 estreia em décimo segundo lugar na BillboardMetallica
Música de S&M2 estreia em décimo segundo lugar na Billboard

Metallica: o que Bob Rock fez para mudar o som do baixo no Black AlbumMetallica
O que Bob Rock fez para mudar o som do baixo no Black Album

Alta Fidelidade: S&M 2, o novo disco do Metallica (vídeo)

Rodrigo Flausino: top 10 duplas da guitarra (vídeo)Rodrigo Flausino
Top 10 duplas da guitarra (vídeo)

Metallica: bateria icônica de One foi copiada de Gene Hoglan? O próprio comentaMetallica
Bateria icônica de "One" foi copiada de Gene Hoglan? O próprio comenta

Metallica: Robert Trujillo já fala da gravação de S&M 3Metallica
Robert Trujillo já fala da gravação de S&M 3

Metallica: veja show completo de 2006 com Master Of Puppets na íntegraMetallica
Veja show completo de 2006 com Master Of Puppets na íntegra

Metallica: show ao vivo em 06/06/06 mostra Master of Puppets na íntegraMetallica
Show ao vivo em 06/06/06 mostra Master of Puppets na íntegra

Metallica: One tocada apenas no baixo (e bateria)Metallica
"One" tocada apenas no baixo (e bateria)


Not Troo: João Gordo posta foto com James Hetfield na DisneyNot Troo
João Gordo posta foto com James Hetfield na Disney

Megadeth: Dave Mustaine acha que é odiado por causa do MetallicaMegadeth
Dave Mustaine acha que é odiado por causa do Metallica


Sepultura: Andreas Kisser comenta os primórdios da bandaSepultura
Andreas Kisser comenta os primórdios da banda

Bon Jovi: as fotos do vocalista com mulheres nuas em 1985Bon Jovi
As fotos do vocalista com mulheres nuas em 1985


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL Cli336x280 CliInline WhipDin