Dave Grohl: por que ele raramente fala dos estranhos últimos dias de Kurt Cobain

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda
Enviar Correções  

Dave Grohl, antigo baterista do Nirvana e hoje líder do Foo Fighters, não é do tipo que fica falando muito sobre o passado - especialmente se o tema é o frontman Kurt Cobain. Grohl evita, de forma específica, fazer qualquer comentário sobre os últimos dias do músico, que cometeu suicídio em abril de 1994.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O site CheatSheet resgatou algumas raras entrevistas onde Dave Grohl abriu o coração sobre esse assunto. Em suas declarações, Grohl conta que sofre de verdade quando precisa abordar tais memórias, por isso não fala nesse tema, e revela que, apesar de ninguém ter previsto que Kurt Cobain se mataria, os dias finais do líder do Nirvana foram "estranhos".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O sucesso imediato e de enormes proporções do Nirvana após lançar o álbum "Nevermind" (1991) foi o primeiro fator de atenção em meio à relação pessoal entre os músicos. "Infelizmente, o Nirvana ficou grande demais rapidamente. Bandas são como famílias que passam por dores de crescimento desconfortáveis - e, se acontecer de uma vez, é demais para se lidar", afirmou Dave, em entrevista ao canal Off Camera, transcrita pelo Diffuser.

https://diffuser.fm/dave-grohl-kurt-cobain-off-camera/

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A pressão exercida após o sucesso causou impacto em Kurt Cobain, que era descrito como um amigo fácil de se lidar antes da fama, apesar de seu histórico familiar complicado. O músico ficou viciado em heroína e passou a ter um comportamento volátil - mesma característica de seu casamento com Courtney Love.

Tudo isso, inclusive o relacionamento com a musicista do Hole, causou tensão na banda, conforme apontado por Grohl em bate-papo publicado pela Society of Rock. Os tempos finais de vida de Kurt trazem memórias negativas para o baterista, já que os conflitos eram frequentes, além, é claro, de remeterem ao suicídio.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Até mesmo a opção de Dave Grohl por não usar drogas, algo que ele decidiu ainda na adolescência, causava tensões internas, conforme ele próprio revelou à iHeart. Uma bola de neve se formou até que Grohl definiu os períodos finais de Kurt Cobain como "estranhos". "As coisas ficaram estranhas no final", declarou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O último mês de Kurt Cobain

O Nirvana fez seu último show em 1° de março de 1994, em Munique, na Alemanha, cerca de um mês antes de Kurt Cobain cometer suicídio, em 5 de abril. Pouco tempo após a apresentação, Kurt foi internado em uma clínica de reabilitação, em meio a uma intervenção feita por Courtney Love e apoiada por amigos dele.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Depressivo, Kurt já havia tentado cometer suicídio no passado. Entretanto, em março de 1994, ninguém conseguia perceber que ele estava contemplando a ideia - ele apenas havia intensificado seu vício em drogas.

A internação em uma clínica de reabilitação, em Los Angeles, ocorreu em 30 de março de 1994, mas ele fugiu do local no dia seguinte e pegou um voo para Seattle - onde, curiosamente, sentou-se próximo a Duff McKagan, do Guns N' Roses, que também era de Seattle. Entre os dias 2 e 3 de abril, Kurt foi visto em vários locais da cidade, enquanto Courtney contratou um detetive para localizá-lo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Cobain tirou a própria vida no dia 5 daquele mês, mas seu corpo foi descoberto apenas três dias depois, em sua antiga casa, por um eletricista que foi ao local para instalar um sistema de segurança.

Dave Grohl quase desistiu da música após a morte do amigo. Ele gravou sozinho o novo álbum do Foo Fighters, já em 1995, como uma forma de "exorcizar os próprios demônios" em meio a uma depressão que enfrentou naquele período.

No Brasil, o Centro de Valorização da Vida (CVV), associação civil sem fins lucrativos, oferece apoio emocional e prevenção do suicídio, gratuitamente, 24 horas por dia. Qualquer pessoa que queira e precise conversar, pode entrar em contato com o CVV, de forma sigilosa, pelo telefone 188, além de e-mail, chat e Skype, disponíveis no site www.cvv.org.br.

Nirvana: Dave Grohl explica por que não contribuía nas composiçõesNirvana
Dave Grohl explica por que não contribuía nas composições

Foo Fighters: Dave Grohl não voltou à bateria graças a Kurt CobainFoo Fighters
Dave Grohl não voltou à bateria graças a Kurt Cobain

Foo Fighters: a única música que Dave Grohl compôs sobre Kurt CobainFoo Fighters
A única música que Dave Grohl compôs sobre Kurt Cobain




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Mastodon: Brent Hinds diz que Dream Theater é uma banda Gay!Mastodon
Brent Hinds diz que "Dream Theater é uma banda Gay!"

Marcelo Maiden: Uma impressionante coleção de ítens do Iron MaidenMarcelo Maiden
Uma impressionante coleção de ítens do Iron Maiden


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

Goo336 Goo336 Cli336 Goo336 Goo336 Cli336 Goo336 Goo728