Twisted Sister: resenha da autobiografia de Dee Snider

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Ivan Jones, Fonte: Great Southern Brainfart, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Lançada em Maio de 2012, a autobiografia "Shut Up and Give Me the Mic" (Cale a Boca e Me Dê o Microfone) mostra um Dee Snider arrogante, pretensioso, cheio de si mesmo e com um ego que pode fazer Gene Simmons correr para seu dinheiro. Dee nunca nega qualquer uma dessas coisas e vai ser o primeiro a descrevê-lo como sendo tudo isso. Mas após ler algumas palavras podemos descrever Dee Snider como focado, humilhado, dedicado, leal e honrado. O homem começou do nada, teve tudo, acabou com nada, e depois teve tudo de novo tendo descoberto uma nova habilidade para os negócios e um apreço pela vida.

1359 acessosPhil Campbell: solo terá Dee Snider e Matt Sorum, além de Halford5000 acessosSlayer: Gary Holt é realmente um cara mal-agradecido


"Shut Up and Give Me the Mic" leva o leitor profundamente aos primórdios do Twisted Sister, o que é um verdadeiro prazer. É difícil acreditar que esses caras ficaram por aí por quase sete anos antes de experimentarem algum tipo de sucesso em todo o mundo. Por pura determinação, trabalho duro, dedicação e inúmeras mudanças de formação, o Twisted Sister se tornou uma potência. Dee também aborda o fato de que era muito difícil para a banda serem vistos como "fofinhos" e "caricatos", quando na realidade eram uma poderosa banda de heavy metal. Ele também fala sobre como sua aparição diante do Congresso norte-americano para o julgamento "PMRC versus Rock N' Roll" na verdade virou um tiro pela culatra em cima dele e da banda. O PMRC foi um comitê americano formado em 1985 com o objetivo inicial de aumentar o controle dos pais sobre o acesso das crianças à música considerada violenta, o uso de drogas ou a conotação sexual através da rotulagem com o selo 'Parental Advisory'.

O livro também relata o declínio do Twisted Sister começando com o fracassado álbum/turnê 'Come Out and Play', o álbum/turnê 'Love Is For Suckers' e das bandas de Dee Snider pós-Twisted Sister 'Desperado' e 'Widowmaker'.

"Shut Up And Give Me The Mic" é uma leitura obrigatória tanto para o fanático quanto para o simples fã do Twisted Sister. É uma grande história e muito parecida com a autobiografia de David Lee Roth 'Crazy From The Heat'. Pode-se ouvir a voz de Dee em cada palavra lida. Esta é uma história muito divertida, bem escrita e até mesmo inspirada de um homem que seguiu seus sonhos e nunca desistiu, não importando quão difíceis as coisas foram. Pegue o seu exemplar e leia. Temos a certeza de que você se tornará um fã. E se você já é um fã, este livro irá torna-lo um fã ainda maior.

Capa alternativa
Capa alternativa

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Twisted SisterTwisted Sister
Processando promotor por recebimento de cachê

1359 acessosPhil Campbell: solo terá Dee Snider e Matt Sorum, além de Halford1317 acessosDee Snider: em vídeo profissional, tributo a Chris Cornell0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Twisted Sister"

Dee SniderDee Snider
Reunião do GNR "quando o dinheiro de Axl se esgotar"

Twisted SisterTwisted Sister
Bandas famosas pelos abusos eram grandes babacas

Dee SniderDee Snider
Eddie Van Halen está completamente abilolado

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Livros0 acessosTodas as matérias sobre "Twisted Sister"

SlayerSlayer
Gary Holt é realmente um cara mal-agradecido

Cristina ScabbiaCristina Scabbia
Cantora fala sobre seus seios e Playboy

Fascínio pelo terrorFascínio pelo terror
Cinco bandas que dão medo

5000 acessosMetal Alemão: as 10 melhores bandas segundo o About.com5000 acessosOzzy Osbourne: os conselhos do Madman sobre masturbação5000 acessosSteve Vai: O dia em que ele foi humilhado por Chimbinha5000 acessosGuns N' Roses: Como Slash explica a separação em sua biografia?5000 acessosO Rock Morreu: mas a boa notícia é que ele está embalsamado3818 acessosÁlbuns Homônimos: algumas pérolas que levam o mesmo nome da banda

Sobre Ivan Jones

42 anos, curto ROCK desde 1980 e possuo uma coleção de mais de 3500 cds e cerca de 600 lps (fora as fitas cassetes, VHS, DVDs e Blu-Rays). Toco violão e guitarra e estou começando a dedilhar um teclado.

Mais matérias de Ivan Jones no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online