Livro: crítica de "Luz e Sombra; Conversas com Jimmy Page"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Ricardo Seelig, Fonte: Collectors Room
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nunca haverá uma banda como o Led Zeppelin, assim como nunca teremos outro guitarrista como Jimmy Page. É com essa frase que começa o texto de orelha de "Luz e Sombra: Conversas com Jimmy Page", lançado recentemente no Brasil pela Globo Livros. A obra é um relato íntimo e extremamente pessoal de Page, um dos maiores músicos da história do rock, colhido através de dezenas de entrevistas dadas a Brad Tolinsky, editor da revista norte-americana Guitar World há mais de duas décadas.

4587 acessosBlend Guitar: os dez álbuns de Rock mais vendidos nos EUA5000 acessosHeavy Metal: as 10 introduções mais matadoras do estilo

O livro é totalmente baseado na transcrição das conversas entre Jimmy e o Tolinski. Dessa maneira, temos um dos músicos mais influentes da história contanto a sua vida em primeira pessoa. Das primeiras experiências com a guitarra até os tempos atuais, Page não se furta e nem se esquiva de praticamente nada, desnudando-se quase por completo. E é justamente essa amplitude de assuntos que torna a obra tão interessante e profunda. Seja relembrando antigas memórias e aventuras ou falando de sua técnica como instrumentista e produtor, Jimmy mostra-se sem pudores, em uma conversa que é um papo quase íntimo com o leitor. Poucas vezes um músico se revelou tão próximo dos fãs quanto aqui.

É impressionante perceber como Jimmy Page sempre esteve entre nós. Seu impacto na maneira como ouvimos rock é quase onipresente, apesar de nem tanto documentado. Para você ter uma ideia, estima-se que aproximadamente 60% dos discos gravados na Inglaterra durante a década de 1960 tenham a guitarra de Page, na época um dos músicos de estúdio mais requisitados da Grã-Bretanha. Jimmy tocou em canções dos Rolling Stones, The Who, Kinks e literalmente centenas de outras bandas. E foi justamente essa variedade de experiências e o contato com os mais diferentes gêneros e formas de se fazer música que o tornou um instrumentista único.

Há um grande foco de luz sobre o período em que Jimmy passou nos Yardbirds, onde moldou o seu estilo e o refinou para o vôo definitivo ao topo com o Led Zeppelin. E, como não poderia deixar de ser, o Led Zeppelin é o destaque do livro, com Page detalhando aspectos da gravação e produção de todos os discos do grupo. A condução de Brad Tolinski, que leva as conversas até os mais extremos assuntos, torna a leitura extremamente recompensadora.

"Luz e Sombra: Conversas com Jimmy Page" é o livro mais revelador já publicado sobre James Patrick Page. Um retrato pessoal e extremamente próximo de um dos artistas mais influentes da história do rock, responsável direto por fazer o estilo soar como soa há várias décadas.

É uma leitura obrigatória, assim como é um dos melhores livros sobre música que já li na vida.

Não dá pra deixar passar, compre já!

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 11 de março de 2013

Blend GuitarBlend Guitar
Os dez álbuns de Rock mais vendidos nos EUA

1452 acessosJohn Frusciante: Carta manuscrita para Jimmy Page colocada à venda1686 acessosRobert Plant: ouça "Bones of Saints", do álbum "Carry Fire"751 acessosLed Zeppelin: em vídeo, análise vocal de Robert Plant815 acessosYardbirds: álbum de 1968 produzido por Jimmy Page sai em novembro928 acessosRobert Plant: referência a "Stairway To Heaven" em novo single?0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Led Zeppelin"

Hard RockHard Rock
As 25 melhores músicas acústicas do gênero

LágrimasLágrimas
25 músicas para chorar

Rock and RollRock and Roll
Brigas internas que serviram como inspiração para clássicos

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Livros0 acessosTodas as matérias sobre "Led Zeppelin"

Heavy MetalHeavy Metal
As 10 introduções mais matadoras do estilo

Raul SeixasRaul Seixas
Por trás da letra de "Carimbador Maluco"

Dave MustaineDave Mustaine
A bizarra semelhança com um Cocker Spaniel

5000 acessosMusical Box: Os 20 discos seminais do Hard Rock5000 acessosDedo x Palheta: Jason Newsted joga gasolina na fogueira do debate5000 acessosHeavy Metal: Os 11 melhores álbuns dos anos 2000 segundo o Loudwire5000 acessosSlayer: o pedido de autógrafo mais maluco que Kerry King recebeu4768 acessosPearl Jam: Jeff Ament quase optou por ser jogador de basquete5000 acessosMegadeth: temas de filmes e desenhos que talvez você não conheça

Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.

Mais matérias de Ricardo Seelig no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online