Matérias Mais Lidas

imagemRockers lamentam e se enfurecem com tiroteio que resultou em 19 crianças mortas no Texas

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil

imagemVital, o ex-Paralamas que virou nome de música e depois foi pro Heavy Metal

imagemSteven Tyler dá entrada em clínica de reabilitação após sofrer recaída

imagemEncontro entre Paul Di'Anno e Steve Harris resultou em "algo que será discutido"

imagemA definição de rock n roll segundo quem melhor entende do assunto: Mick Jagger

imagemO que Adrian Smith descobriu ao retornar ao Iron Maiden

imagem"Eu não tinha ideia de quão grande o Maiden iria ficar", diz Bruce Dickinson

imagemNick Mason relembra a época que o Pink Floyd desastrosamente tentou tocar reggae

imagemO dia que os membros do Black Sabbath foram amaldiçoados por uma seita satânica

imagemTodos os discos do Nightwish, do pior para o melhor, em lista da Metal Hammer

imagemMark Tremonti, do Alter Bridge, revela que é grande fã de lendária banda de metal

imagemIrmãos Cavalera tocam "Beneath The Remains" em show nos EUA; assista vídeo

imagemJen Majura disse que sair do Evanescence não foi decisão dela e recebe apoio dos fãs

imagemAs composições de Paul McCartney nos Beatles preferidas de John Lennon


W.A.S.P: "Babylon", apocalipse, idolatria e política

Por Jorge A. Silva Junior
Fonte: UltimateGuitar.Com
Em 25/09/09

Karagiannidis Panagiotis, do site Metalpaths, recentemente conduziu uma entrevista com o frontman do W.A.S.P, Blackie Lawless. Segue abaixo um trecho da conversa.

Metalpaths: Então vamos começar com o novo álbum ("Babylon"). O que temos é mais um trabalho conceitual, certo? Gostaria de partilhar conosco algumas coisas sobre ele?

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Blackie Lawless: "Bem, não é um álbum conceitual. Tudo começou com 'Babylon's Burning', a primeira música que escrevi. Eu estava assistindo TV, há cerca de um ano, e vi alguns dos líderes da União Européia e de outros países ao redor do mundo falando sobre a crise financeira global que estamos passando, e eles diziam que talvez seja a hora de existir apenas um governo mundial, em um sistema único, como uma moeda mundial. Eu não acreditava no que estava ouvindo e pensei: 'Será que esses caras sabem o que estão falando?'. É como se eles estivessem lendo a Bíblia, porque isso se trata de uma profecia bíblica. Então comecei a ler a Bíblia, as suas revelações, e em alguns lugares está escrito sobre essa profecia. Fiquei espantado com a exatidão da previsão, falando sobre o único sistema do mundo e apenas um governo mundial. Eu ouvi recentemente um dos líderes, em Bruxelas, dizer que acredita que até o ano de 2018 poderiam ter toda a União Europeia em 'microchip'. Agora, você entende o que isso significa, certo? É muito, muito assustador, e eu pensei comigo: 'Esses caras estão falando sobre ter pessoas com microchip', e continuei pensando: 'Será que eles sabem o que estão dizendo?'. Quer dizer, o que eles estão falando é, sem dúvida, 666!. Então, realmente é daí que a idéia de 'Babylon' veio".

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Metalpaths: Então, o álbum não é baseado no apocalipse, como eu pensava?

Blackie Lawless: "Não, não é um conceito e sim uma idéia potencial sobre um governo mundial, mas isso é apenas referente a uma música no álbum. Há outras canções como 'Crazy' que, quando você a escuta, soa como um homem conversando com uma mulher, mas na realidade trata-se de um artista falando com a platéia, dizendo: 'Hey, é isso aí, admirem o que estou fazendo'. Mas se isso chegar a ser demasiado, torna-se adoração. Foi o que aconteceu com Elvis Presley, Michael Jackson e Kurt Cobain. Se você acabar, o público também acaba, e pessoas acabam morrendo por tabela. Eles se suicidaram porque tornaram-se muito 'grandes', e assim suas vidas ficaram sem sentido. E é isso que a fama faz, porque ela pode ser uma coisa muito destrutiva. Conheço um monte de gente nesse negócio, que ficaram muito 'grandes' e acabaram se destruindo. Por isso é muito, muito perigoso quando o público começa a colocar os artistas em um nível demasiadamente elevado".

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Metalpaths: E sobre a capa do álbum? Eu pensei que ela estivesse se referindo aos 'Quatro Cavaleiros' do Apocalipse.

Blackie Lawless: "Isso faz parte da idéia de 'Babylon's Burning'. Você sabe, eu escrevi sobre isso há vinte anos atrás, quando eu fiz 'Headless Children'. Há uma linha em 'Headless Children', que diz: 'Quatro cavaleiros sentam-se no alto da sela e aguardam a trilha sangrenta sem retorno'. Então, realmente, estou revisitando a idéia porque quando ouvi esses líderes da União Européia falarem, me fez pensar: 'Será que estamos mais perto do Apocalipse agora do que estávamos há vinte anos?'.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

E pelas coisas que estão dizendo, podemos estar porque o que disseram é realmente assustador. Quando os governos ficam 'grandes' demais, eles tem muito poder sobre as pessoas. Eu até entendo a União Européia, mas acho que a Grécia estava fazendo bem mantendo-se por si só. Penso que ela não precisava entrar na União, assim como a Alemanha. É como gostar da América, sendo ela os Estados Unidos. Bem, quando você olha para a nossa Constituição, a única coisa que o governo federal nunca deveria ter feito foi criar um exército e imprimir dinheiro. Isto é o que todo governo nunca deveria ter feito. Mas o problema é quando o governo federal se torna 'maior', 'maior' e 'maior', você perde a liberdade de cada dia. Isso é, realmente, muito do que eu estou tentando dizer aqui (no álbum)".

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Veteranos: 15 nomes da música pesada que passaram dos 60 anos e continuam na ativaVeteranos: 15 nomes da música pesada que passaram dos 60 anos e continuam na ativa

Campanha é criada para ajudar o ex-W.A.S.P. Chris Holmes na luta contra o câncerCampanha é criada para ajudar o ex-W.A.S.P. Chris Holmes na luta contra o câncer

Lawless, acusado por Chris Holmes, escreve ao ex-W.A.S.P. que luta contra o câncerLawless, acusado por Chris Holmes, escreve ao ex-W.A.S.P. que luta contra o câncer

Chris Holmes, ex-guitarrista do W.A.S.P., diagnosticado com câncer no pescoço e gargantaChris Holmes, ex-guitarrista do W.A.S.P., diagnosticado com câncer no pescoço e garganta

De A a Z, confira playlist com 26 bandas de rock and roll e heavy metal formadas nos EUADe A a Z, confira playlist com 26 bandas de rock and roll e heavy metal formadas nos EUA

W.A.S.P.: como Lawless foi parar no filme do Village People e deixou produtor confusoW.A.S.P.: como Lawless foi parar no filme do Village People e deixou produtor confuso

W.A.S.P.: Lawless relembra Lemmy; era mais sensível do que vocês imaginamW.A.S.P.: Lawless relembra Lemmy; "era mais sensível do que vocês imaginam"

W.A.S.P.: a lição que Blackie Lawless aprendeu com o grande Muhamad AliW.A.S.P.: a lição que Blackie Lawless aprendeu com o grande Muhamad Ali

W.A.S.P.: a condição imposta por Blackie Lawless para entrada de Aquiles PriesterW.A.S.P.: a condição imposta por Blackie Lawless para entrada de Aquiles Priester

Bandas de Rock: Três que você precisa ouvir antes de morrerBandas de Rock: Três que você precisa ouvir antes de morrer


W.A.S.P.: Lawless teve "a mesma coisa" que Michael Jackson!

W.A.S.P.: empresário "ciumento" desligou equipamento do Andreas Kisser no meio do show


Câncer na língua: entenda a doença de Bruce Dickinson


Sobre Jorge A. Silva Junior

Jorge Junior é paulistano, jornalista diplomado e colaborador do Whiplash.Net desde 2009. Tem mais de 400 matérias e notas publicadas, que somam aproximadamente um milhão e meio de acessos. Também realizou a cobertura de shows de grande porte, entre eles Ringo Starr, Eric Clapton, Deep Purple, System Of A Down, Red Hot Chili Peppers e Ozzy Osbourne. O autor pode ser seguido no Twitter: @jorgejunior85.

Mais matérias de Jorge A. Silva Junior.