Guns N' Roses e Metallica: os problemas e as festas da turnê conjunta

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Denner Maxwell, Fonte: Livro Metallica — A Biografia
Enviar correções  |  Comentários  | 

Em um trecho do sensacional livro "Metallica — A Biografia", que conta a história da maior banda de metal de todos os tempos, Mick Wall (aquele célebre jornalista que não se preocupa em "descer o pau" nos próprios ídolos), dá, com ajuda de depoimentos, uma descrição do comportamento do excêntrico Axl Rose, vocalista do Guns N' Roses.

1858 acessosAlice Cooper: Halford, Slash, Frehley e outros em show beneficente5000 acessosSlayer: cronologia de Hanneman, da picada da aranha até a morte

Tudo começa com o acidente de James Hetfield, que quando executava “Fade to black”, machucou o braço esquerdo após uma explosão pirotécnica na hora errada, lhe causando queimaduras de terceiro grau. O Metallica foi forçado a abandonar o show para que James fosse levado às pressas para o hospital.

Então, alguém telefonou para o Guns N’ Roses, pedindo para que começassem seu show mais cedo. De acordo com Slash, todos concordaram e então tiveram de esperar por Axl. Axl não quis saber de ninguém — nem do Metallica, nem do público e nem da própria banda —, e só subiu ao palco três horas depois do horário marcado para o início do show. Para terminar, Axl resolveu ir embora após cantar apenas nove músicas, dizendo que não conseguia ouvir a própria voz.

A atitude desenfreada do cantor promoveu um tumulto na saída do show, onde fãs das duas bandas acabaram feridos ao entrar em confronto com a polícia. “Foi a noite errada para ter problemas com o retorno”, disse ironicamente Lars Ulrich. James foi mais direto ao dizer que ficou "muito decepcionado com Axl". E ainda acrescentou que “Houve violência demais, desnecessária, por causa da atitude dele".

Em outro trecho do livro, ex-membros do Guns descrevem as esquisitíssimas festas que Axl promovia após os shows, querendo sempre ser os centro das atenções. “Axl queria impressionar o Metallica e todas as outras pessoas”, relembrou Slash. Matt Sorum falou mais: “Gastávamos 100 mil dólares por noite em festas [...] O tema da noite poderia ser 'Grécia', e quatro caras musculosos e besuntados em óleo apareciam carregando um porco assado. Outra festa poderia se basear na década de 1960, e era decorada com lava-lamps, luzes psicodélicas e slogans pintados com spray por todos os cantos dizendo coisas como 'Ácido é legal' e 'Mate os porcos'".

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Alice CooperAlice Cooper
Halford, Slash, Frehley e outros em show beneficente

1741 acessosCanal NB: Nirvana X Guns N' Roses - o fim da treta163 acessosKarl Golden: "Appetite For Destruction" do GNR no mandolin213 acessosEm 25/03/1966: Nasce Frank Ferrer (Guns N' Roses)0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Guns N' Roses"

SlashSlash
"Praticamente vivo e respiro guitarra"

SlashSlash
Assista cover de "Ace of Spades" em tributo a Lemmy

ScorpionsScorpions
Axl/DC, uma coisa bem estranha, diz Rudolf Schenker

0 acessosTodas as matérias da seção Curiosidades0 acessosTodas as matérias sobre "Metallica"0 acessosTodas as matérias sobre "Guns N' Roses"


SlayerSlayer
Cronologia de Jeff, da picada da aranha até a morte

Bandas extremasBandas extremas
10 álbuns que causaram surpresa

Heavy MetalHeavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados no ano de 1984

5000 acessosMetallica: a capa do "Death Magnetic" lembra uma vagina?5000 acessosSilverchair: a história por trás da capa de Freak Show5000 acessosIron Maiden: Video mostra "erros" da banda ao vivo4803 acessosIron Maiden: em versão da Comitiva para hit de Gusttavo Lima5000 acessosRoy Z: origem do nome, influências e mais em entrevista5000 acessosRob Halford: foto com Roddy Bottum acendeu onda homofóbica

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 13 de setembro de 2015
Post de 24 de setembro de 2015
Post de 24 de setembro de 2017


Sobre Denner Maxwell

Amante de rock em geral: Curto de Beatles a Carcass, passando pela filosofia do poeta Jim Morrison, viajando ao som do peso da mão direita do mestre Jimmy Page, arrepiando o último fio de cabelo às batidas dos senhores Ramones, entrando em êxtase com o Pink Floyd, andando pela chuvosa seattle, espantando as bruxas no movimento nórdico, batendo a cabeça na bay area ao som do Kill 'Em All, anarquizando a "Rainha" na Inglaterra e finalmente vivendo num clima de Paz e Amor Hippie.

Mais matérias de Denner Maxwell no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online