Matérias Mais Lidas

Angra: Ex-integrantes foram convidados para turnê dos 20 anos de RebirthAngra
Ex-integrantes foram convidados para turnê dos 20 anos de "Rebirth"

AC/DC: Cliff Williams explica por que faz linhas de baixo tão simplesAC/DC
Cliff Williams explica por que faz linhas de baixo tão simples

Guns N' Roses: por que Izzy Stradlin saiu da banda, segundo Gilby ClarkeGuns N' Roses
Por que Izzy Stradlin saiu da banda, segundo Gilby Clarke

Ian Paice: Ritchie Blackmore apresentou pra ele o maior guitarrista de todos os temposIan Paice
Ritchie Blackmore apresentou pra ele o maior guitarrista de todos os tempos

Nervosa: Entrar para a banda foi a realização de um sonho, diz Diva SatanicaNervosa
"Entrar para a banda foi a realização de um sonho", diz Diva Satanica

Johnny Depp: a banda que poderia ter desbancado o GunsJohnny Depp
A banda que poderia ter desbancado o Guns

Vocalistas: 12 velhinhos que ainda mandam muito bem ao vivoVocalistas
12 "velhinhos" que ainda mandam muito bem ao vivo

Guns N' Roses: Axl entendia que as coisas mudaram, mas Slash tinha virado um personagemGuns N' Roses
Axl entendia que as coisas mudaram, mas Slash tinha virado um personagem

Steve Hackett: ele diz que compositor do século 19 inventou o heavy metalSteve Hackett
Ele diz que compositor do século 19 inventou o heavy metal

Mike Terrana: Malmsteen foi uma das piores pessoas que conheci!Mike Terrana
"Malmsteen foi uma das piores pessoas que conheci!"

Loudwire: O melhor álbum de thrash metal de cada ano desde 1983Loudwire
O melhor álbum de thrash metal de cada ano desde 1983

Doug Aldrich: explicando as diferenças entre Dio, David Coverdale e Glenn HughesDoug Aldrich
Explicando as diferenças entre Dio, David Coverdale e Glenn Hughes

Robert Fripp: como ele conheceu a esposa Toyah Wilcox, que bomba nos vídeos viraisRobert Fripp
Como ele conheceu a esposa Toyah Wilcox, que bomba nos vídeos virais

Anthrax: Charlie Benante posta foto inédita ao lado de Joey Ramone e Scott IanAnthrax
Charlie Benante posta foto inédita ao lado de Joey Ramone e Scott Ian

Jon Bon Jovi: fake news de Trump o impediu de comprar time de futebol americanoJon Bon Jovi
Fake news de Trump o impediu de comprar time de futebol americano


Matérias Recomendadas

O lado escuro do rock: você acredita em magia negra?O lado escuro do rock
Você acredita em magia negra?

Bandas Iniciantes: 17 maneiras de assassinar sua carreira musicalBandas Iniciantes
17 maneiras de assassinar sua carreira musical

Guns N' Roses: Algumas curiosidades sobre o vocalista Axl RoseGuns N' Roses
Algumas curiosidades sobre o vocalista Axl Rose

Ozzy Osbourne: Sharon conta como o Madman tentou assassiná-laOzzy Osbourne
Sharon conta como o Madman tentou assassiná-la

Slash: Só dá para exceder até certo pontoSlash
"Só dá para exceder até certo ponto"

Stamp
Tunecore

In Flames: "Clayman", a maioridade de um clássico

Resenha - Clayman - In Flames

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Mateus Ribeiro
Enviar Correções  

10

O álbum "Clayman", quinto lançamento de estúdio do IN FLAMES, completou dezoito anos no último mês de julho. O disco é considerado por muitos como o melhor da carreira da banda, enquanto outros acham que foi ali que as coisas começaram a desabar. Independente da sua opinião, não se pode negar que "Clayman" é um disco muito relevante na historia da música pesada moderna.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A banda passava por um grande momento. Após algumas mudanças, a formação parecia ter se estabilizado no maravilhoso "Colony", que foi uma espécie de continuação/progresso do não menos magnífico "Whoracle".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Desde aquela época, o padrão de qualidade do IN FLAMES era alto, e os fãs esperavam um disco com o mesmo nível dos lançamentos anteriores, no mínimo. A espera não foi em vão, já que "Clayman" manteve o alto nível de composição que sempre caracterizou o trabalho dos suecos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A fusão de melodia e peso ganhou mais traços de modernidade, que tinham aparecido de maneira mais tímida no disco anterior. As guitarras pareciam estar mais afiadas do que nunca. Björn Gelotte e Jesper Strömblad estavm infernais, e a cozinha, formada por Peter Iwers e Daniel Svensson, fez um trabalho excepcional. O vocalista Anders Fridén, que é criticado pelos fãs mais radicais, cantou como nunca, e apresenta aquele que talvez seja o melhor trabalho de toda sua carreira em "Clayman".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A clássica "Bullet Ride" inicia o disco de forma maravilhosa, e abre espaços para clássicos do calibre de "Pinball Map" e "Only For The Weak", que é o maior sucesso da banda até os dias de hoje. Uma trinca de rara felicidade, que por si só já valeria o disco. Com menos de quinze minutos de disco, temos riffs inesquecíveis, batidas marcantes, e melodias de guitarras grudentas. Tudo isso temperado com uma produção de outro mundo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O show continua com "...As The Future Repeats Today", e a balada pesada "Square Nothing", um dos momentos mais tocantes e reflexivos do disco. Particularmente, em minha opinião, divide com a faixa de abertura o título de melhor música do álbum. A canção que dá nome ao disco fecha a primeira metade da bolacha de maneira empolgante.

A segunda parte é iniciada com uma baita viagem. "Satellites and Astronauts" começa um pouco arrastada, mas depois vai evoluindo, e prepara os ouvidos para a bordoada que vem na faixa seguinte, "Brush The Dust Away". "Swim" mantém o pique lá em cima. O final é um pouco mais calmo, porém, muito pesado. "Suburban Me" (que conta com o grande Christopher Amott) e "Another Day In Quicksand" fecham o disco de maneira muito digna.

No final das contas, "Clayman" foi um divisor de águas na carreira da banda. Ao mesmo tempo em que representa o ápice da maturidade musical do IN FLAMES (até aquele momento), foi o precursor de discos tão bons quanto contestáveis: os polêmicos "Reroute To Remain" e "Soundtrack To Your Escape".

Pouco importa se você é dos fãs mais radicais, daqueles que não conseguem ouvir mais nada do que a banda fez de 2002 pra cá, ou se você é um simpatizante dessa fase mais "alternativa" da banda, de qualquer forma, "Clayman" merece respeito, e um lugar especial não só na carreira da banda, mas dentre os principais discos da era moderna do Metal.

Ano de lançamento: 2000

Faixas:

1."Bullet Ride"
2."Pinball Map"
3."Only for the Weak"
4."...As the Future Repeats Today"
5."Square Nothing"
6."Clayman"
7."Satellites and Astronauts"
8."Brush the Dust Away"
9."Swim"
10."Suburban Me"
11."Another Day in Quicksand"


Outras resenhas de Clayman - In Flames

Resenha - Clayman - In Flames

Resenha - Clayman - In Flames