Ghost: Perdendo a identidade sonora que consagrou a banda

Resenha - Prequelle - Ghost

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Renan Soares
Enviar Correções  

5

Se há uma banda que sempre fiz questão de rasgar seda desde que conheci é o Ghost. Lembro de como fiquei fascinado pelo som deles após ter ouvido o "Opus Euponymous" pela primeira vez, sensação essa que se repetiu após ouvir o "Infestissuman" e o "Meliora", que também são dois álbuns extraordinários.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mas, desde o EP "Popestar" para cá, é perceptível uma mudança na sonoridade e na forma de se apresentar da banda. Enquanto em seus primeiros trabalhos o grupo demonstrava músicas com uma atmosfera sombria com um ritmo lento, e tocava em seus shows de um jeito que aparentava a execução de uma "missa satânica" no palco, agora eles tem investido em músicas com o ritmo mais rápido, mais "animadas" e com apresentações ao estilo "Popestar" (abrindo mão do traje de papa) por parte do vocalista Tobias Forge.

E essa mudança foi escancarada no "Prequelle", ao tocar o álbum, a impressão que tive era de estar ouvindo um ABBA em versão "obscura", ou até mesmo de estar ouvindo um musical da Broadway com músicas de rock n roll dos anos 70/80.

Admito que "Rats" e "Dance Macabre" são músicas até interessantes de se ouvir, mas essas são as únicas que consigo dar um destaque maior. Pois o resto não chegam nem perto de empolgar, sendo "Avalanche" o destaque negativo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O único momento do disco em que a banda soa como o Ghost dos primeiros trabalhos é na intro "Ashes", cuja sonoridade lembra bastante a "cantiga de roda" do Freddy Krueger, do filme "A Hora do Pesadelo" (quem já viu o filme vai me entender).

As letras ainda tentam ser obscuras, mas a sonoridade das músicas não ajudam mais a formar essa atmosfera, e inclusive, todo o visual "satânico" e "misterioso" não tem se encaixado mais com o som apresentado, principalmente depois da identidade dos primeiros integrantes terem sido escancaradas para todo o público.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Com certeza, com o "Prequelle" o Ghost adentrou em uma nova fase na carreira da banda. Sendo assim, aquele Ghost que se consagrou do "Opus Euponymous" até o "Meliora" provavelmente não retornará mais.

TRACKLIST:

1- Ashes
2- Rats
3- Faith
4- See The Light
5- Miasma
6- Dance Macabre
7- Pro Memoria
8- Witch Image
9- Helvetesfönster
10- Life Eternal
11- It's a Sin
12- Avalanche

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Outras resenhas de Prequelle - Ghost

Ghost: o metal encontra o pop em um disco perfeitoGhost
O metal encontra o pop em um disco perfeito

Ghost: Ousadia e experimentalismo elevam o patamar da bandaGhost
Ousadia e experimentalismo elevam o patamar da banda

Ghost: Papa Emeritus no papel de sua própria cópia

Ghost: a banda é como o Batman

Ghost: Quase um culto satânico aos anos 80Ghost
Quase um culto satânico aos anos 80




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Ghost: Frontman do Cradle of Filth explica seu amor por PrequelleGhost
Frontman do Cradle of Filth explica seu amor por "Prequelle"

Ghost: Novo álbum será lançado no início de 2021Ghost
Novo álbum será lançado no início de 2021

Ghost: Tobias Forge recebe prêmio do Ministério de Relações Exteriores suecoGhost
Tobias Forge recebe prêmio do Ministério de Relações Exteriores sueco

Taylander8: a história de Papa Emeritus, criador do Ghost (vídeo)Taylander8
A história de Papa Emeritus, criador do Ghost (vídeo)

Ghost: novo boneco do Papa Nihil é lançado (e está bem descolado)Ghost
Novo boneco do Papa Nihil é lançado (e está bem descolado)


Máscaras: colecionador tem todas as do Ghost, Slipknot e maisMáscaras
Colecionador tem todas as do Ghost, Slipknot e mais

Revolver Music Awards: Confira quem ganhou as premiaçõesRevolver Music Awards
Confira quem ganhou as premiações


Fotos de Infância: Janis JoplinFotos de Infância
Janis Joplin

Iron Maiden: em 1985, show secreto com Adrian no vocalIron Maiden
Em 1985, show "secreto" com Adrian no vocal


Sobre Renan Soares

Nascido em Recife no dia 03 de novembro de 1994, Renan adentrou ao mundo do rock/metal a partir dos 13 anos de idade e até hoje permanece fielmente no mesmo. Desde que se formou em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco, tem se dedicado a conseguir dar a relevância merecida ao nome do estilo.

Mais matérias de Renan Soares no Whiplash.Net.

Goo336 GooInArt Cli336 Goo336 Goo336