Dimmu Borgir: Um pouco menos sinfônico e mais ríspido

Resenha - In Sorte Diaboli - Dimmu Borgir

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Vitor Sobreira
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Em abril de 2007, foi lançado via Nuclear Blast, o sétimo álbum dos noruegueses do Dimmu Borgir, que trouxe como novidades, o lendário baterista Hellhammer (Mayhem e muitas outras bandas), e uma musicalidade mais uma vez surpreendente, mas com algumas doses de Death Metal e uma discreta enxugada nos teclados e orquestrações.

1461 acessosBlack Metal: em vídeo, dez riffs icônicos do gênero5000 acessosTarja Turunen: vocalista reprova cover do Children Of Bodom no The Voice

A capa, a mais “polêmica” de todas na discografia, em alguns países foi censurada, e precisou ser alterada com o logo da banda cobrindo razoavelmente os fartos seios de um Baphomet bem infernal. Além desse pormenor, é fato, que em 2007, mantinham o status de um dos grupos de Metal com maior reconhecimento mundial, e por isso, muitos aguardaram ansiosamente pela liberação deste “In Sorte Diaboli” – até porque, o antecessor oficial e inédito, havia sido o aclamado “Death Cult Armageddon”, de 2003.

O resultado final não decepciona em momento algum, pois se tratando de Dimmu Borgir, a qualidade pode ser sempre aguardada, mas imagino que uma parcela dos ouvintes e fãs estranharam um pouco a já citada pequena redução nos pomposos arranjos sinfônico-orquestrais e pelo fato do trabalho soar consideravelmente mais direto, o que inclusive acabou refletindo na duração total, com cerca de 42 minutos! Curiosamente, algum tempo após este trabalho, em 2009, foi anunciada a saída do tecladista Mustis e do baixista e vocalista ICS Vortes, que estavam na banda há aproximadamente 10 anos…

A temática, que pela primeira vez foi conceitual, é ambientada na Europa medieval e relata sobre um assistente de padre que passa a desanimar e duvidar do cristianismo e percebe novas habilidades e possibilidades em sua existência e então opta pelo lado obscuro da fé – o que contribuiu para o clima sombrio e agressivo da obra toda.

A sonoridade, sempre bem cuidada e deixada nas mãos de quem entende do assunto, aqui ficou a cargo de Fredrik Nordström, bem como de Patrik J. Sten e Russ Russell, que fizeram um ótimo trabalho em todos os quesitos!

Destaques individuais? Claro que não, pois todas as músicas possuem seus próprios atrativos e variedades e são dignas de uma boa apreciação, mas pessoalmente, “The Sacrilegious Scorn” é umas das minhas favoritas em toda a carreira e que chegou a ganhar um vídeo clipe, que ficou bem fiel à proposta em geral.

Se por algum motivo, ainda não conhece ou nunca teve interesse em Dimmu Borgir, pode ouvir este aqui mesmo, sem receios!

Formação:
Shagrath (vocais e teclados);
Silenoz (guitarra);
Galder (guitarra solo);
ICS Vortex (baixo e vocal limpo nas faixas 1, 5 e 10);
Mustis (teclados);
Hellhammer (bateria).

Faixas:
01 – The Serpentine Offering
02 – The Chosen Legacy
03 – The Conspiracy Unfolds
04 – The Sacrilegious Scorn
05 – The Fallen Arises (instrumental)
06 – The Sinister Awakening
07 – The Fundamental Alienation
08 – The Invaluable Darkness
09 – The Foreshadowing Furnace

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de In Sorte Diaboli - Dimmu Borgir

5000 acessosDimmu Borgir: temática profana e típica da banda


1461 acessosBlack Metal: em vídeo, dez riffs icônicos do gênero550 acessosDimmu Borgir: DVD com orquestra também lançado no Mercado nacional121 acessosDimmu Borgir: DVD com orquestra também lançado no Mercado nacional0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Dimmu Borgir"

NoisecreepNoisecreep
Os 10 clipes mais assustadores do Heavy Metal

SlayerSlayer
Conheça outras capas do brasileiro Marcelo Vasco

NatalNatal
As impressões de Nergal, Dani Filth e Shagrath

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Dimmu Borgir"


Tarja TurunenTarja Turunen
Vocalista reprova cover do COB no The Voice

Demonstrações de afetoDemonstrações de afeto
Fotos de rockstars que já se beijaram

Viking MetalViking Metal
Com um machado na mão, o que você quiser, você pode!

5000 acessosSlipknot: Corey Taylor abandona os palcos se o Guns se reunir5000 acessosSimone Simons: a nudez na capa de Divine Conspiracy5000 acessosTatuagens: rabiscos horríveis com temática roqueira parte 15000 acessosHard & Metal: dez músicas que soam melhor ao vivo5000 acessosOzzy Osbourne: seis vezes mais propenso ao alcoolismo5000 acessosSepultura: assista entrevista de Andreas para o... Cocoricó

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.


Sobre Vitor Sobreira

Moro no interior de Minas Gerais e curto de tudo um pouco dentro do maravilhoso mundo da música pesada, além de não dispensar também uma boa leitura, filmes e algumas séries. Mesmo não sendo um profissional da escrita, tenho como objetivos produzir textos simples e honestos, principalmente na forma de resenhas, apresentando e relembrando aos ouvintes, bandas e discos de várias ramificações do Metal/Heavy Rock, muitos dos quais, esquecidos e obscuros.

Mais matérias de Vitor Sobreira no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online