Rex Brown: Realmente não é um disco para os fãs de Pantera.

Resenha - Smoke On This - Rex Brown

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ivison Poleto dos Santos
Enviar correções  |  Ver Acessos

Quando recentemente Rex Brown contou que era o cara do rock'n'roll do Pantera, ele não estava brincando. Se você esperava dele um álbum do Pantera, eu sinto muitíssimo, mas isso não acontece. "Smoke On This" não está tão próximo do Pantera quanto o Brasil de ser um país desenvolvido. Porém, pelo menos ele pode parar de choramingar por aí falando que tem feito a mesma coisa por 20 anos, como também declarou recentemente. "Smoke On This" é um álbum de rock psicodélico como se tivesse sido feito nos anos 1970, porém com uma produção dos anos 1990. Sim, é um álbum retrô, e não há nenhum problema nisso.

Pantera: Phil Anselmo toparia tour tributo ao lado de Rex Brown e Zakk WyldeGuns N' Roses: a história da saída de cada integrante

Em "Smoke On This", Rex toma as rédeas como cantor, e faz isso muito bem. Ele tem uma voz suave e afinada que não compromete em nada as canções. A faixa de abertura, "Lone Rider", nos dá a nítida impressão de que estamos sós no meio deste mundinho triste e solitários. A canção é a mais pesada do álbum. Sim, a mais pesada. E já nos remete ao clima bem setentista que dá o tom de "Smoke On This". Algumas canções, como "Get Yourself Alright", trazem todo o mesmo clima psicodélico de uma álbum dos Beatles da era "Lucy In The Sky With Diamonds". Outras, como "Fault Line", são belas e suaves como uma balada dos Beatles também da mesma época. O mesmo ocorre com a música seguinte, "What Comes Around". E esta posso dizer com toda a segurança que vem direto do "White Album". Parece que o Rex é um cara mais Beatles que Stones. Só uma impressão...

Na minha humilde opinião, "Smoke On This" traz além das influências dos anos 1960 e 1970, muito do clima imperante em canções dos anos 1990. Eu diria algo bem próximo ao que o Oasis ou Smashing Pumpkins fizeram. Isso se dá por causa dos climas mais introspectivos e da produção. Rex queria fazer um álbum muito diferente do que ele fazia com o Pantera, e nisso ele atingiu plenamente o seu objetivo. E não há nenhum problema nisso. O problema que eu vejo é de produção. Falta às canções mais entusiasmo, um pouco mais de força nas músicas. E eu falo problema de produção porque as guitarras estão muito apagadas. Elas poderiam estar um pouco mais altas. Entretanto, deve ter sido esta a intenção. Daí advém o clima noventista do álbum. Isso faria uma grande diferença ao álbum. Não é que as canções sejam ruins. Elas são até bacanas, mas soam comuns, sem força, sem brilho. E ficam as perguntas: será que ele queria soar exatamente assim? Ou ele queria uma atmosfera mais setentista de rock pesado como na faixa de abertura? Ele queria parecer com o Oasis na sua recriação dos Beatles?

Isso é algo que somente ele pode responder.

Mas há uma gritante certeza: realmente não é um disco para os fãs de Pantera.

Lista de músicas:

1. Lone Rider
2. Crossing Lines
3. Buried Alive
4. Train Song
5. Get Yourself Alright
6. Fault Line
7. What Comes Around
8. Grace
9. So Into You
10. Best Of Me
11. One Of These Days

"Smoke On This" foi lançado em 28 de julho pela Steamhammer / SPV.

Assista ao vídeo oficial de "Buried Alive" aqui:




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por escolha do autor os comentários foram desativados nesta nota.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Rex Brown"


Pantera: Phil Anselmo toparia tour tributo ao lado de Rex Brown e Zakk WyldePantera
Phil Anselmo toparia tour tributo ao lado de Rex Brown e Zakk Wylde

Pantera: banda esteve próxima de se reunir, diz Rex BrownPantera
Banda esteve próxima de se reunir, diz Rex Brown

Pantera: os dez álbuns que mudaram a vida de Rex BrownPantera
Os dez álbuns que mudaram a vida de Rex Brown

Pantera: Rex Brown fala sobre possível retorno e sobre trocar baixo pela guitarraPantera
Rex Brown fala sobre possível retorno e sobre trocar baixo pela guitarra


Guns N' Roses: a história da saída de cada integranteGuns N' Roses
A história da saída de cada integrante

Notas altas: as dez mais impressionantes do Heavy MetalNotas altas
As dez mais impressionantes do Heavy Metal

Ave, Satan!: As dez melhores músicas sobre o InfernoAve, Satan!
As dez melhores músicas sobre o Inferno

Planet Rock: As músicas com os melhores solos de guitarraPlanet Rock
As músicas com os melhores solos de guitarra

Nirvana: a história por trás da música Smells Like Teen SpiritNirvana
A história por trás da música "Smells Like Teen Spirit"

Linkin Park: gravadora quis me tirar, diz Mike ShinodaLinkin Park
"gravadora quis me tirar", diz Mike Shinoda

Heavy Metal: os 10 álbuns mais importantes da históriaHeavy Metal
Os 10 álbuns mais importantes da história


Sobre Ivison Poleto dos Santos

Veterano das guerras metálicas. Pesquisador, escritor, resenhista, músico frustrado (por isso tudo o anterior). Ao contrário da opinião comum, acho que o melhor do Metal ainda está por vir e que existem grandes bandas novas por aí. Só procurar. No meu caso elas vêm até mim.

Mais matérias de Ivison Poleto dos Santos no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336