Black Star Riders: Se consolidando em terceiro álbum

Resenha - Heavy Fire - Black Star Riders

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
ENVIAR CORREÇÕES  

Nota: 8

A sombra do THIN LIZZY sempre pairará por aqui, fato! Porém, a cada novo lançamento, o BLACK STAR RIDERS se consolida como uma das grandes bandas do cenário rocker mundial, com álbuns maduros, e que transbordam bom gosto, como esse "Heavy Fire", que acaba de ganhar sua versão nacional via Shinigami Records.

Iron Maiden: as 20 melhores músicas da "Era de Ouro"WatchMojo: os 10 guitarristas mais subestimados de todos os tempos

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Como dito acima, a semelhança com a banda do saudoso Phil Lynott não se resume apenas à continuidade do guitarrista Scott Gorham, mas a sonoridade do BSR também remete, e muito, ao antigo THIN LIZZY, seja no uso brilhante de melodias, seja na forma simples de executar um hard classudo e viciante.

Porém, a personalidade da banda também é clara, em especial graças ao vocalista/guitarrista Ricky Warwick, com suas linhas cativantes, e que aqui está no seu auge à frente da banda. Alias, o cara aqui também participou ativamente de todo o processo de composição do material, o que fez toda a diferença.

"When The Night Comes In", a mais pegajosa do álbum, com um refrão daqueles para se sair cantando junto logo na primeira audição; "Who Rides the Tiger", a mais pesada; e "Testify to say Goodby", são os destaques do material, e que mostram bem todas as qualidades do quinteto.

A versão nacional do álbum ainda traz a faixa "Fade" como bônus track.

Vale citar ainda que a produção do material é excelente, com tudo bem limpo e todos os instrumentos audíveis na medida certa. Já o destaque negativo fica para a bizarríssima capa do álbum, que não tem como não rir ao observá-la.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

E faltou também um hit instantâneo, como tivemos em "All Hell Breaks Loose", com "Bound for Glory", e em "The Killer Instinct", com "Finest Hour", faixas que remetem aos bons tempos de hinos como "Jailbrake" e afins...

Porém, trata-se de mais um grande disco, mostrando a solidez do BSR, que tem tudo para se tornar referência da música pesada contemporânea.

Heavy Fire – Black Star Riders
(2017 – Shinigami Records)

1. Heavy Fire
2. When the Night Comes In
3. Dancing with the Wrong Girl
4. Who Rides the Tiger
5. Cold War Love
6. Testify or Say Goodbye
7. Thinking About You Could Get Me Killed
8. True Blue Kid
9. Ticket to Rise
10. Letting Go of Me
Bonus Track:
11. Fade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Guitar World: 10 Álbuns clássicos essenciais do MetalGuitar World
10 Álbuns clássicos essenciais do Metal

Iron Maiden: versões pesadas para clássicos do RockIron Maiden
Versões pesadas para clássicos do Rock


Iron Maiden: as 20 melhores músicas da Era de OuroIron Maiden
As 20 melhores músicas da "Era de Ouro"

WatchMojo: os 10 guitarristas mais subestimados de todos os temposWatchMojo
Os 10 guitarristas mais subestimados de todos os tempos


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280