Matérias Mais Lidas

Kiss: SBT libera vídeo oficial e completo da banda no Programa Livre em 1994Kiss
SBT libera vídeo oficial e completo da banda no Programa Livre em 1994

Motörhead: Mikkey Dee relembra o último (e triste) encontro com LemmyMotörhead
Mikkey Dee relembra o último (e triste) encontro com Lemmy

Noruega: 15 grandes bandas formadas no país do black metalNoruega
15 grandes bandas formadas no país do black metal

Loudwire: A melhor música de metal por ano desde 1970Loudwire
A melhor música de metal por ano desde 1970

Capas de Discos: A beleza da arte blasfemaCapas de Discos
A beleza da arte blasfema

Noisecreep: os 10 clipes mais assustadores do heavy metalNoisecreep
Os 10 clipes mais assustadores do heavy metal

Suécia: 15 grandes bandas de rock surgidas no país escandinavoSuécia
15 grandes bandas de rock surgidas no país escandinavo

Simone Simons: a nudez na capa de Divine ConspiracySimone Simons
A nudez na capa de Divine Conspiracy

Metal Raiz: 26 músicas com pelo menos três segundos de introdução no baixoMetal Raiz
26 músicas com pelo menos três segundos de introdução no baixo

Resenha - Battle at Garden's Gate - Greta Van Fleet
Resenha - Battle at Garden's Gate - Greta Van Fleet

Guns N' Roses: cantora de apoio revela como era fazer turnê com a banda nos anos 90Guns N' Roses
Cantora de apoio revela como era fazer turnê com a banda nos anos 90

Dire Straits: Luiz Caldas faz ótima versão acústica para Sultans of Swing e viralizaDire Straits
Luiz Caldas faz ótima versão acústica para "Sultans of Swing" e viraliza

João Gordo: divulgando panfleto do que seria, segundo ele, o 1° show punk do BrasilJoão Gordo
Divulgando panfleto do que seria, segundo ele, o 1° show punk do Brasil

Suécia: 25 grandes bandas de metal que surgiram no país escandinavoSuécia
25 grandes bandas de metal que surgiram no país escandinavo

Bob Dylan: Quem são os seus 20 maiores heróis na música?Bob Dylan
Quem são os seus 20 maiores heróis na música?


Arte Musical
Firewing

Sepultura: sofisticado, "Machine..." é um dos melhores da banda

Resenha - Machine Messiah - Sepultura

Por Igor Miranda
Em 14/01/17

Nota: 8

O thrash metal é um gênero peculiar. Boa parte de suas grandes bandas tiveram mudanças consideráveis em suas sonoridades ao longo dos anos. Metallica, Megadeth, Anthrax, Slayer, Testament, Annihilator... todos esses grupos se apresentam diferentes ou mudaram algo em algum momento de suas discografias. Ainda assim, somente os grandes expoentes costumam ser alvos de crítica.

É o caso do Sepultura, que não é tão grande como um Slayer em termos de popularidade a nível mundial, mas, no Brasil, é a referência. Trata-se da banda de metal mais conhecida do país. Há 20 anos, passou por uma mudança de formação que até hoje gera polêmica - a saída de Max Cavalera para a entrada de Derrick Green.

Poucos se lembram que o Sepultura já era criticado, mesmo que por uma minoria nada barulhenta, a partir de 'Chaos A.D.' (1993). Diziam que a banda havia se 'vendido' e estava se 'adequando' aos padrões da época, ao acrescentar elementos do groove metal em sua sonoridade. Basta procurar por textos de veículos especializados da época - no Brasil, claro, pois o grupo era aclamado no exterior. Tais críticas ganharam força após a saída de Max Cavalera, pois um novo vocalista abre brechas para comentários mais fortes. Mas isso não é novidade na trajetória dos caras.

É fato que, nos últimos 20 anos, o Sepultura não lançou só discos marcantes. Há alguns trabalhos mais fracos a partir de 'Against'. Contudo, é na base do 'não ouvi e não gostei' que muitas críticas aos discos lançados pelo Sepultura com Derrick Grenen nos vocais se concretizam.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

'Machine Messiah' é mais uma oportunidade para que os detratores prestem atenção no que o Sepultura é capaz de fazer. E, é claro, também é um presente musical dos bons para aqueles que admiram as formações mais recentes.

Em comparação a seu antecessor, 'The Mediator Between Head and Hands Must Be the Heart', 'Machine Messiah' tem uma pegada musical mais orientada ao groove do que ao death metal, que foi a maior surpresa do disco lançado em 2013. Além disso, há ares de sofisticação, seja pelas letras, pelos vocais menos gritados de Derrick Green ou até por tímidos momentos guiados por violinos.

'Machine Messiah' não representa, de forma alguma, qualquer dissociação com o trabalho que o Sepultura tem apresentado, especialmente, na última década. É uma continuação natural de discos que já apresentavam boa parte de tais características. Entretanto, o ar levemente experimental e a própria batuta do bom produtor sueco Jens Bogren fizeram com que o grupo soasse renovado.

A faixa título, que abre a tracklist, já adianta um pouco como será o disco. Em seus quase seis minutos de duração, a música passa por momentos arrastados, trechos cantados em vozes clean e partes que destacam as guitarras de Andreas Kisser. Canção incrível, diga-se de passagem. O quase hardcore 'I Am The Enemy', na sequência, é a antítese: batida rápida, vocais berrados e riffs pesados. Eloy Casagrande, monstruoso, se destaca aqui.


'Phantom Self' começa em uma pegada quase nordestina, mas logo descamba para um som pesado e repleto de groove. Há passagens com violinos em alguns momentos. Um pouco mais arrastada, 'Alethea' é toda guiada pelos movimentos da bateria. Há poucos momentos de voz na faixa.

Anunciada como um resgate à música nordestina, a instrumental 'Iceberg Dances' é boa, mas poderia impressionar mais, especialmente no quesito inventividade. A passagem com órgão hammond é o momento mais inesperado. 'Sworn Oath', com seu pano de fundo orquestrado, é um dos grandes destaques do disco. A sofisticação dessa faixa é algo fora de série.

'Resistant Parasites', na sequência, mistura um pouco da pegada sofisticada desse disco com a ideia de metal extremo presente no antecessor, 'The Mediator...'. Os vocais de Derrick Green transpiram desespero. 'Silent Violence', um thrash à Sepultura, coloca o pé no acelerador com êxito, com uma quebra de ritmo e boas passagens de guitarra em seu miolo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

'Vandals Nest' preserva a velocidade rítmica, mas com trechos em que Green canta de forma limpa. 'Cyber God' fecha a tracklist original na mesma pegada da faixa que dá nome ao álbum: vocais clean e gritados em alternância aliados a um instrumental trabalhado, bem arranjado e também com mudanças 'climáticas'. A pesada 'Chosen Skin' e o inusitado cover para 'Ultraseven No Uta', faixa de abertura do tokusatsu japonês Ultraseven, são as bônus.

O Sepultura, mais uma vez, surpreendeu. 'Machine Messiah' é um disco de alto patamar, sem fillers e coeso ao que se propõe. O conceito é bem trabalhado e, musicalmente, vai muito além do lugar-comum. A fome de superação de Andreas Kisser, a vontade de Derrick Green em se reinventar e o sangue novo injetado por Eloy Casagrande deram, a este álbum, a qualidade que ele tem.

'Machine Messiah' é, para mim, um dos melhores trabalhos do Sepultura. Não só dos últimos 20 anos, mas na discografia da banda como um todo.

01. Machine Messiah
02. I Am The Enemy
03. Phantom Self
04. Alethea
05. Iceberg Dances
06. Sworn Oath
07. Resistant Parasites
08. Silent Violence
09. Vandals Nest
10. Cyber God

Derrick Green (vocal)
Andreas Kisser (guitarra)
Paulo Jr. (baixo)
Eloy Casagrande (bateria)

Veja também:

Sepultura: 10 curiosidades sobre o novo disco, Machine MessiahSepultura
10 curiosidades sobre o novo disco, "Machine Messiah"

Comente: Um dos melhores trabalhos da banda de todos os tempos?


Outras resenhas de Machine Messiah - Sepultura

Sepultura: Após três anos, qual é a impressão que fica?Sepultura
Após três anos, qual é a impressão que fica?

Sepultura: Um trampo de vanguarda na história da banda

Sepultura: completamente diferente, sem medo de arriscar!

Sepultura: "Machine Messiah" é uma bela obra do gênero

Sepultura: Que impacto Machine Messiah terá no metal?

Sepultura: Reunião? Machine Messiah diz não!Sepultura
Reunião? "Machine Messiah" diz "não!"

Sepultura: Em plena forma e com mais um disco brilhanteSepultura
Em plena forma e com mais um disco brilhante

Sepultura: Apenas mais um na discografia da bandaSepultura
Apenas mais um na discografia da banda

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
Pentral
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Cavalera Conspiracy: Max confessa que mentiu a Iggor sobre primeiro álbum da parceriaCavalera Conspiracy
Max confessa que mentiu a Iggor sobre primeiro álbum da parceria

Max Cavalera: como ele desistiu de detonar o Sepultura em Eye for an Eye, do SoulflyMax Cavalera
Como ele desistiu de detonar o Sepultura em "Eye for an Eye", do Soulfly

Sepultura: Max Cavalera admite que copiou Black Sabbath em Roots Bloody RootsSepultura
Max Cavalera admite que copiou Black Sabbath em "Roots Bloody Roots"

Sepultura: ideia de Refuse/Resist surgiu de uma jaqueta, conta Max CavaleraSepultura
Ideia de "Refuse/Resist" surgiu de uma jaqueta, conta Max Cavalera

Max Cavalera: a carreira do ícone do metal mundial em 10 músicasMax Cavalera
A carreira do ícone do metal mundial em 10 músicas

Eloy Casagrande: vídeo de bateria de Resistant ParasitesEloy Casagrande
Vídeo de bateria de "Resistant Parasites"

Rock Till You Drop: O melhor de Sepultura, Rush e Genesis (vídeo)

Eloy Casagrande: o meio metal perdeu espaço por anos e hoje respira por aparelhosEloy Casagrande
"o meio metal perdeu espaço por anos e hoje respira por aparelhos"

Mauricio Weimar: o que eu penso sobre o Eloy Casagrande?Mauricio Weimar
"o que eu penso sobre o Eloy Casagrande?"

Sepultura: Iggor explica como criou bateria de Refuse/Resist, unindo metal e sambaSepultura
Iggor explica como criou bateria de "Refuse/Resist", unindo metal e samba

Iggor Cavalera: Refuse/Resist é uma forte afirmação contra o fascismoIggor Cavalera
"Refuse/Resist" é "uma forte afirmação contra o fascismo"

Sepultura: os detalhes na criação de Quadra que o fizeram soar tão elaboradoSepultura
Os detalhes na criação de "Quadra" que o fizeram soar tão elaborado

Serginho Groisman: chateado pela falta de reconhecimento do punk e metal no BrasilSerginho Groisman
Chateado pela falta de reconhecimento do punk e metal no Brasil

Sepultura: discussão mais séria deles, que quase encerrou banda, foi sobre Rogério CeniSepultura
Discussão mais séria deles, que quase encerrou banda, foi sobre Rogério Ceni

Download Festival: Megadeth e mais de 70 bandas confirmadas como atrações em 2022Download Festival
Megadeth e mais de 70 bandas confirmadas como atrações em 2022


Sepultura: como foi feito Arise, o álbum da banda que Max Cavalera mais gostaSepultura
Como foi feito Arise, o álbum da banda que Max Cavalera mais gosta

Sepultura: Eles fariam um cover de Bieber por 1 milhão?Sepultura
Eles fariam um cover de Bieber por 1 milhão?

Importando Metal: músicos gringos que atuam ou já atuaram em bandas brasileirasImportando Metal
Músicos gringos que atuam ou já atuaram em bandas brasileiras


Slipknot: como são os membros da banda sem as máscaras?Slipknot
Como são os membros da banda sem as máscaras?

Steven Tyler: primeira vez aos 7 anos, com duas gêmeasSteven Tyler
Primeira vez aos 7 anos, com duas gêmeas


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

 
 
 
 

[an error occurred while processing this directive][an error occurred while processing this directive][an error occurred while processing this directive]