RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemA atitude ousada da Legião Urbana ao peitar Globo e Faustão no meio de uma grande crise

imagemO Raul Seixas não era nada daquilo que ele falava, diz ex-parceiro musical

imagemA razão que levou Humberto Gessinger a decidir não usar mais nome "Engenheiros do Hawaii"

imagemPor que Gisele Bündchen e Ivete Sangalo deturparam "Imagine", segundo André Barcinski

imagemDiva Satânica explica qual foi a razão que a fez deixar a banda Nervosa

imagemO último show de Bon Scott com o AC/DC, três semanas antes de sua morte

imagemA hilária reação de Keith Richards ao encontrar músicos do Maneskin

imagemDavid Coverdale relembra parceria com Jimmy Page, e fala sobre relançamento

imagemAs duas razões que levaram RPM a passar por segunda separação em 2003

imagemEm entrevista, Tony Iommi contou como aprendeu a tocar guitarra

imagemAlém do Moonspell, São Paulo Metal Fest anuncia Beyond Creation em seu cast

imagemAngra parabeniza a aniversariante Sandy nas redes sociais

imagemJimmy Page sobre o "Presence": "Não se faz músicas como aquelas caindo de bêbado"

imagemGuitarrista do Offspring continuou em seu emprego normal mesmo depois da fama

imagemPrika explica por que nova vocalista da Nervosa não é brasileira e promete single em março


Summer Breeze

Blackberry Smoke: Banda se supera em mais um ótimo álbum

Resenha - Like An Arrow - Blackberry Smoke

Por Cláudio Glebson
Fonte: filmesseriesrock.com.br
Postado em 25 de outubro de 2016

Nota: 9

Clichê, mas ainda funcional, a expressão "mais difícil do que chegar ao topo é manter-se lá." exemplifica perfeitamente o que passou o Blackberry Smoke após o álbum The Whippoorwill (2012), que certamente é um dos melhores do gênero nos últimos 20 anos. O trabalho seguinte, Holding All The Roses (2015) não caiu nas graças dos fãs, nem tanto por conta do álbum em si, mas também pela expectativa altíssima que o trabalho anterior estabeleceu. E apenas um ano depois, o quinteto de Atlanta retorna com Like An Arrow, dispostos a retomar de vez o padrão de qualidade e aceitação que já tiverem outrora.

De cara, a pesada abertura com Waiting For The Thunder já consagra-se com uma das melhores músicas do grupo, possui uma boa letra e refrão fortíssimo e ainda mostra o quão bom vocalista é o Charlie Starr. A dinâmica Let It Burn mantém a temperatura no alto, com um bom trabalho de guitarra e mostrando a influência de Lynyrd Skynyrd que a banda sempre carregou. Running Through Time é mais climática e leve, muito parecida com algumas músicas do Black Crowes, como The Wiser Time e Girl From a Pawnshop, só que mais acessível.

Se no disco anterior, o Blackberry Smoke dava sinais que aos poucos poderia abandonar o southern rock mais raiz e adentrar mais no hard rock, aqui eles fazem o caminho contrário e não escondem suas influências, como na faixa Sunrise In Texas, uma semi-balada bem característica da banda, como One Horse Town do The Whippoorwill (2012). A acústica e bucólica Ain't gonna Wait For Me também é destaque pela suavidade e belas linhas vocais, fazendo qualquer um que começou a ouvir southern rock com Allman Brothers e Lynyrd Skynyrd encher o coração de amor.

Like An Arrow mostra-se um trabalho menos denso e seco do que seu antecessor. Claramente os músicos estão se divertindo muito tocando essas músicas, como na dançante Believe You Me, que traz até algumas inesperadas pitadas de funk. Também é notável como há espaço para todos os integrantes mostrarem suas qualidades, e não apenas Charlie, já que em algumas músicas de The Whippoorwill parecia tratar-se de sua carreira solo.

Com toda certeza Like An Arrow é um grande acerto da banda, que como citei no início da resenha, consegue sim resgatar a alegria e alta qualidade de seus trabalhos anteriores. Ela ainda é uma das poucas bandas recentes que consegue agradar públicos de todas as idades.

Tracklist:
1. Waiting For The Thunder
2. Let It Burn
3. The Good Life
4. What Comes Naturally
5. Running Through Time
6. Like An Arrow
7. Ought To Know
8. Sunrise In Texas
9. Ain't Gonna Wait
10. Workin' For A Workin' Man
11. Believe You Me
12. Free On The Wing

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp

Slayer: a trágica e não revelada história do fim de Jeff Hanneman


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal