Matérias Mais Lidas

João Gordo: ele comenta treta com Digão do Raimundos, que o chamou de pela sacoJoão Gordo
Ele comenta treta com Digão do Raimundos, que o chamou de "pela saco"

Rodox: quando baterista estragou show da banda após João Gordo vê-lo rezandoRodox
Quando baterista estragou show da banda após João Gordo vê-lo rezando

Cavalera Conspiracy: Max confessa que mentiu a Iggor sobre primeiro álbum da parceriaCavalera Conspiracy
Max confessa que mentiu a Iggor sobre primeiro álbum da parceria

Resenha - Vera Cruz - Edu Falaschi
Resenha - Vera Cruz - Edu Falaschi

Guns N' Roses: as diferenças entre Steven Adler e Matt Sorum, segundo Gilby ClarkeGuns N' Roses
As diferenças entre Steven Adler e Matt Sorum, segundo Gilby Clarke

Raimundos: Digão revela que recebeu proposta astronômica para reunião com RodolfoRaimundos
Digão revela que recebeu proposta "astronômica" para reunião com Rodolfo

Max Cavalera: como ele desistiu de detonar o Sepultura em Eye for an Eye, do SoulflyMax Cavalera
Como ele desistiu de detonar o Sepultura em "Eye for an Eye", do Soulfly

Iron Maiden: a reação de Steve Harris ao ouvir clássico de Bruce DickinsonIron Maiden
A reação de Steve Harris ao ouvir clássico de Bruce Dickinson

Sebastian Bach: quando o pai do Bon Jovi ameaçou matá-loSebastian Bach
Quando o pai do Bon Jovi ameaçou matá-lo

Sepultura: Max Cavalera admite que copiou Black Sabbath em Roots Bloody RootsSepultura
Max Cavalera admite que copiou Black Sabbath em "Roots Bloody Roots"

Edu Falaschi: em exclusiva, ele conta tudo sobre Vera Cruz, seu 1º álbum soloEdu Falaschi
Em exclusiva, ele conta tudo sobre "Vera Cruz", seu 1º álbum solo

Nirvana: por que, até hoje, Dave Grohl não canta músicas da bandaNirvana
Por que, até hoje, Dave Grohl não canta músicas da banda

Kiss: Vinnie Vincent está vendendo suas letras manuscritas por 50 mil dólaresKiss
Vinnie Vincent está vendendo suas letras manuscritas por 50 mil dólares

Mamonas Assassinas: a história das fotos dos músicos mortos, feitas para tabloideMamonas Assassinas
A história das fotos dos músicos mortos, feitas para tabloide

Iron Maiden: banda não será incluída no Rock And Roll Hall Of Fame em 2021Iron Maiden
Banda não será incluída no Rock And Roll Hall Of Fame em 2021


Arte Musical
Stamp

Terrordome e Chaos Synopsis: apresentando a sonoridade

Resenha - Intoxicunts - Terrordome e Chaos Synopsis

Por Victor Freire
Fonte: Rock'N'Prosa
Em 21/04/16

Nota: 7

Recebi direto da Island Press o split Intoxicunts (2016) dos poloneses do Terrordome junto com os brasileiros do Chaos Synopsis. Confesso que é o primeiro split que escuto, mas, pelo título já coloquei o CD para rolar esperando muita agressividade.

Assim é como o Terrordome abre o trabalho ao som da instrumental Reflux e de Polidics. A sonoridade mistura o hardcore com o thrash metal (estilo também conhecido como crossover), sendo que a veia HC é mais presente nessa primeira faixa. O lado "thrash", por assim dizer, fica mais presente em Nothing Else Fuckers. Não só o nome lembrou a faixa do Metallica — Nothing Else Matters –, mas também um dos riffs executado na música é muito semelhante à Master of Puppets. Vendo a letra constatei que nada disso foi coincidência, a música é uma mensagem direta aos Four Horsemen, uma crítica ao som da banda, que perdeu o espírito da Bay Area dos três primeiros álbuns. E respondendo ao meu comentário, a letra diz: "Hey Leader, chief — see? We do it faster. We even stole a riff from Puppet’s Master". Muito boa a crítica (ou brincadeira — como queiram chamar).

The ‘Hood, cover do Evildead, continua com a mesma proposta, agora apresentando um som mais "Slayer". As variações rítmicas são um destaque dessa música, mas a predominância do ritmo rápido e pesado dão toda a característica da música. A também pesada Beerbong Party encerra a participação do Terrordome em Intoxicunts (2016), música essa cantada por membros bandas polonesas como o Tester Gier, The No-Mads e Ragehammer (já incluí na lista para conferir).

O Chaos Synopsis já abre seus trabalhos no split com a pesada Serpent of the Nile. Assim como o Terrordome, não conhecia o trabalho deles. O death metal — lembrando um pouco o Krisiun — é de muita qualidade. Os vocais conseguem se destacar em meio às melodias pesadas, destaque para a habilidade dos instrumentistas. A temática que remete ao Egito antigo e à Mesopotâmia também está presente em Fire on Babylon. Ambas as músicas trazem a mesma característica da banda: riffs fortes e pesados em um ritmo acelerado. Apesar de não ser muito fã do gênero, gostei da sonoridade do Chaos Synopsis. Para encerrar, o Chaos também faz um cover, a escolhida foi Damage Inc., do Metallica (homenagem à Nothing Else Fuckers?).

Assim como foi para mim o primeiro contato com essas bandas, creio que a função do Intoxicunts (2016) é apresentar a sonoridade do Terrordome e do Chaos Synopsis, principalmente. Esse papel foi cumprido.

1.Reflux
2.Polidics
3.Nothing Else Fuckers
4.The ‘Hood (Evildead cover)
5.Beerbong Party
6.Serpent of the Nile
7.Fire on Babylon
8.Damage Inc. (Metallica cover)


Outras resenhas de Intoxicunts - Terrordome e Chaos Synopsis

Chaos Synopsis: novo split com banda polonesa Terrordome

Chaos Synopsis & Terrordome: happy thrasher for you all, mfckers!

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Edu Falaschi - Vera Cruz
Pentral
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Death Metal: as 10 melhores bandas de acordo com a AOLDeath Metal
As 10 melhores bandas de acordo com a AOL

Lista: clássicos do rock e do metal que ninguém aguenta mais ouvir - Parte 1Lista
Clássicos do rock e do metal que ninguém aguenta mais ouvir - Parte 1


Sobre Victor Freire

Professor universitário e mestre em Engenharia Mecânica pela UFRN. Nascido no deserto de Mossoró/RN. É fã e colecionador de itens relacionados ao rock'n'roll. Editor-chefe do blog Rock'N'Prosa e guitarrista do Godhound. Acessa o Whiplash! desde a infância e colabora com o site sempre que possível.

Mais matérias de Victor Freire no Whiplash.Net.