RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemQuando Roberto Carlos foi alfinetado por Raul Seixas, mas o Rei gostou do que ouviu

imagemQuando o Lynyrd Skynyrd irritou Mick Jagger ao abrir o show dos Rolling Stones

imagemApós dez anos, Jason Newsted procura guitarristas para montar um projeto de metal

imagemMax Cavalera escolhe seus álbuns "não metal" preferidos

imagemA única música tocada no Festival de Woodstock que atingiu o primeiro lugar nas paradas

imagemAs queixas que colegas do Paralamas mais fazem sobre Herbert Vianna, segundo o próprio

imagemSlash acha que os rockstars dos 60s e 70s eram mais inteligentes e educados que os dos 80s

imagemO hit da Legião Urbana antiviolência cantado sob perspectiva de jovem da periferia

imagemO grande amor de Renato Russo que durou pouco mas marcou sua vida para sempre

imagem"A vida é curta", afirma Floor Jansen, vocalista do Nightwish

imagemJohn Lennon queria regravar todas as músicas dos Beatles, segundo produtor George Martin

imagemA bizarra lembrança que Kerry King tem do último show do Slayer

imagemA icônica reportagem de Glória Maria em que Raul Seixas disse que foi atropelado por onda

imagemA reação de Jairo Guedz quando houve o racha do Sepultura no auge do sucesso

imagemA vingança de Joana Prado (ex-Feiticeira) contra filhos briguentos que envolve RPM


Stamp

AirTrain: resenha sobre novo álbum direto do Chile

Resenha - AirTrain - AirTrain

Por Caio Siriani
Fonte: Site Oficial AirTrain
Postado em 02 de abril de 2015

Fora de sua boa cena de metal, honestamente tenho que reconhecer que o hard rock brasileiro não é um estilo do qual pude escutar muito no passado. Fazendo um esforço, me lembro de uma banda chamada Tempestt, banda bem reconhecida no Brasil e muito competente com um tempero ‘oitentista’ que em 2005 chegou em minhas mãos com um interessante trabalho que deve estar guardado em algum lugar da minha coleção. Depois disso, quase nada… até agora que chega o álbum da Air Train, banda independente que se lança na aventura de conquistar o público com esta obra prima homônima e que mostra a todos uma produção de nível bem profissional.

Entretenimento, para dizer o mínimo, é o que estes brasileiros nos podem oferecer neste trabalho, com composições nas quais o clima de festa e os ritmos contagiantes predominam. Com guitarras pronunciadas, com algumas passadas em coisas clichê ao estilo de som de bandas como Strypper, Motley Crue, também pitadas de heavy metal americano de bandas como Dokken e Twisted Tower Dire e mais algumas lembranças de Maiden. Apesar de sua sólida base hard, não se limitam a isso, pois souberam incorporar um toque de heavy metal que geralmente faz bem àqueles grupos que decidem explorar do que o ideário das velhas glórias daquela época.

Um bom vocalista, apesar de não ser tão acrobático, é Caio Siriani, que vem ladeado de uma formação muito boa. Dois guitarristas criativos como são Julio Machia e Arthur Santos (solos simples e com muito feeling, como se aprecia), mais o baixista Guilherme Delmolin e o baterista Ivan Rehder.

"Living for a love" é um excelente tema que facilmente poderia ter sido um ‘hit’ da década de 1980. Pesada e com ‘licks’ que grudam, aí há um toque de Accept. "Back to war" é mais pesada, mas sempre mantendo o rumo ‘heavy’ e melódico no qual estes brasileiros caminham muito bem. "Road to the Sky" é uma bela balada que traz uma introdução de cordas e que consegue ser comovente, o que se espera de uma música deste tipo.

A segunda metade do álbum contém outros temas que se ouve com o punho cerra ao alto. Um destes tema, "Shark Attack" com uma lufada mais germânica (como Accept ou os mais recentes Alpha Tiger), com um Siriani se valendo de recursos vocais que deixa claro que consegue se sair bem nas notas mais altas e exigentes. O toque americano a lá Dokken é ressaltado em "Julianne", composição mais ‘glamorosa’ e com intepretação excelente por parte de Siriani.

Situação que se mantém com o clássico "Rock the bones", que para mim destila algo do tradicional Rainbow (ainda que com coros mais influenciados pela cena germânica). Boa variedade e bom gosto é o que esta banda de São Paulo conseguiu imprimir em seu álbum de estreia. Com uma cena tão grande como sua geografia, era de se esperar que em algum momento este país sul americano seria capaz também de exportar material de qualidade, uma vez que não só de Angra e Sepultura se vive na terra do samba.

Nota: 8,5/10

Texto original disponível em:

http://mundorockheavy.blogspot.com.br/2015/03/air-train-air-train.html?m=1


Outras resenhas de AirTrain - AirTrain

Resenha - AirTrain - AirTrain

Resenha - AirTrain - AirTrain

Resenha - AirTrain - AirTrain

Resenha - AirTrain - AirTrain

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Def Leppard Motley Crue 2


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal