Nightwish: A terceira Era com "Endless Forms Most Beautiful"

Resenha - Endless Forms Most Beautiful - Nightwish

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Junior Pontes
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


... O álbum começa com a frase "O consolo profundo reside na compreensão, esta antiga corrente invisível, um tremor diante do belo"... na sequência, começa a apoteose, "Shudder Before the Beautiful"... nos moldes de Storytime e Dark Chest of Wonders, uma típica música de abertura com a cara do NIGHTWISH, mas na minha modesta opinião é superior a essas músicas que citei, logo de cara a orquestra de Pip Willians (O senhor dos Anéis) já se faz presente, a música tem uma bela letra, lembrando que o álbum não é de todo conceitual, mas boa parte dele, é baseado na teoria evolucionista, cito ainda o belo solo de guitarra nesta faixa, e o coro depois da metade da música, começou com o pé direito.

4 acessosEm 14/01/1966: Nasce Marco Hietala (Nightwish)5000 acessosMotorhead: Segundo Lemmy Kilmister, "Rap não é música"

Na sequência vem "Weak Fantasy" com sua levada forte de bateria, belos vocais de Floor e um refrão pesado, com a voz de Marco ao fundo, voz essa que retorna na parte final da música, uma música diferente do usual feito pela banda, mas um ótimo trabalho. Fechando a trinca inicial, temos "Élan" o primeiro single, a grande controvérsia por parte dos fãs, música com uma bela melodia e vocais sublimes da Floor, já é o "single" mais bem sucedido da banda, será uma música grandiosa nos show, e certamente logo cairá nas graças dos fãs, nessa música é a primeira aparição de Troy com mais evidencia no álbum, destaque também para a bela letra.

"Yours is an Empty Hope" começa com a orquestra a mil, talvez a música mais pesada do álbum, grandiosos Riffs de Emppu, esta lembra pouco mais a Dark Chest of Wonders, convém destacar a participação de Kai Hahto que gravou a bateria deste álbum, devido aos problemas de saúde do Baterista original Jukka Nevalainem, Kai deverá assumir as baquetas nos shows, mas esperamos que em breve tenhamos o retorno do "bandana".

Para acalmar os animos na sequência temos a tranquila e melodiosa "Our Decades in the Sun" mais uma vez o destaque vai para a bela voz de Floor Jansen. "My Walden" começa estranhamente, mas cresce com o instrumental de Troy e a voz de Floor, é a música mais "folk" do álbum, levando em conta que Troy foi oficializado na banda, esperava mais coisas folk no som da banda, no entanto acho que a banda soube dosar. A faixa título "Endless Forms Most Beautiful" é uma bela música, como tem uma voz incrível essa Floor, Tuomas soube aproveitar da capacidade dela, fazendo com que ela saísse do usual, que era o lírico ou cantar de forma mais agressiva, o resultado não poderia sair melhor.

Em "Edema Ruh" temos linhas de teclado que lembram Century Child ou até mesmo Oceanborn, bateria cadenciada e um ótimo refrão, é a música mais completa do álbum, onde mostra a sincronia da banda toda. E segue o som, na sequência temos "Alpenglow" certamente a melhor música do álbum, como disse outrora, Élan é ótima, mas talvez a banda acertasse em cheio o alvo se lançasse Alpenglow como single deste trabalho. Após temos a instrumental "The Eyes of Sharbat Gula", curiosos devem pesquisar sobre Sharbat Gula, inicialmente tuomas pretendia escrever uma letra para a música, mas preferiu deixar como esta, melancolica, cheia de atmosfera, é possível visualizar a música mesmo sem uma letra por trás dela.

Para finalizar temos "The Greatest Show on Earth", com esse nome sugestivo, não poderia ser diferente a música é apoteótica, grandiosa, mostra o NIGHTWISH na melhor forma, mostra toda a genialidade de Tuomas Holopainem, a música é sobre a vida e evolução por seleção natural, a canção começa calma e vai crescendo, quando finalmente chega no Big Bang, toda a sensibilidade do poeta foi colocada nesta faixa, temos ainda o polêmico Biólogo Richard Dawkins contribuindo com sua voz "narrativa" nesta faixa, "Nós vamos morrer e isso faz de nós os mais sortudos. A maioria das pessoas jamais morrerá, pois jamais nascerão (...) Como ousamos lamentar nosso inevitável retorno àquele estado anterior do qual a vasta maioria de nós jamais saiu?" um trecho de uma das falas de Dawkins...temos 24 minutos de uma obra de arte.

Minhas considerações finais sobre esse "ENDLESS FORMS MOST BEAUTIFUL" é que por mais que a maioria dos fãs estejam decepcionados ou esperavam "mais" deste álbum, eu analiso não como fã ortodoxo, mas ouvindo as músicas sem pré-conceito, defino esse trabalho como um dos melhores da banda, e certamente com o tempo passará a ser favorito de muitos fãs, se tem algo de negativo é que eu também gostaria de ouvir os líricos da Floor, no entanto ela foi perfeita nesse álbum, as letras são grandiosas, o poeta nunca morrerá, no geral grande trabalho da banda, que venha a turnê.... pois "The Greatest Show on Earth" deve continuar.

Endless Forms Most Beautiful - NIGHTWISH
(Nuclear Blast, 2015)

1. Shudder Before the Beautiful
2. Weak Fantasy
3. Élan
4. Yours is an Empty Hope
5. Our Decades in the Sun
6. My Walden
7. Endless Forms Most Beautiful
8. Edema Ruh
9. Alpenglow
10. The Eyes of Sharbat Gula
11. The Greatest Show on Earth

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Endless Forms Most Beautiful - Nightwish

2016 acessosNightwish: Uma banda com infinitas qualidades!2598 acessosNightwish: estreia de Floor Jansen em um dos seus melhores discos3582 acessosNightwish: Controverso, porém bom5000 acessosNightwish: Uma banda totalmente revigorada4585 acessosNightwish: Problemas pontuais não comprometem qualidade geral5000 acessosNightwish: Sem dúvida, este é o álbum mais alegre da banda4621 acessosNightwish: "Endless" mantem a forte integridade musical da banda


TarjaTarja
"From Spirits And Ghosts" sai em novembro; ouça prévia

4 acessosEm 14/01/1966: Nasce Marco Hietala (Nightwish)39 acessosEm 30/11/2011: Nightwish lança o álbum Imaginaerum1128 acessosAnette: vocalista retorna com novo projeto, "The Dark Element"3012 acessosMulheres que cantam Metal: estúdio/ao vivo, expectativa e realidade79 acessosEm 26/09/2007: Nightwish lança o álbum Dark Passion Play0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Nightwish"

Tarja TurunenTarja Turunen
A agressão de um fã durante show no México em 2000

NightwishNightwish
Tarja fala de relação com Anette Olzon e Floor Jansen

HumorHumor
E se uma brasileira assumisse o vocal do Nightwish?

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Nightwish"


MotorheadMotorhead
Segundo Lemmy Kilmister, "Rap não é música"

HumorHumor
As primeira fotos de Horgh, do Immortal, no Brasil

AngraAngra
Rafael Bittencourt solta desabafo sobre apresentação no Carnaval

5000 acessosRefrãos: alguns dos mais marcantes do Rock/Metal5000 acessosMetallica: ouça "Nothing Else Matters" em escala maior5000 acessosA morte das grandes bandas: vá a todo show grande que puder5000 acessosRock, Revolução e Satanismo5000 acessosGuitarra: os dez piores solos já realizados3457 acessosKiss: a relação de Gene Simmons com o Van Halen

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 25 de março de 2015


Sobre Junior Pontes

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online