Matérias Mais Lidas

Rodolfo Abrantes: O sonho da minha mãe era eu voltar aos RaimundosRodolfo Abrantes
"O sonho da minha mãe era eu voltar aos Raimundos"

Metallica: TikToker que calou haters na guitarra agora tem patrocínio da Sully GuitarsMetallica
TikToker que calou haters na guitarra agora tem patrocínio da Sully Guitars

Snowy Shaw: ex-King Diamond se oferece para substituir Marko Hietala no NightwishSnowy Shaw
Ex-King Diamond se oferece para substituir Marko Hietala no Nightwish

Soul Station: projeto de Paul Stanley com guitarrista brasileiro lança músicaSoul Station
Projeto de Paul Stanley com guitarrista brasileiro lança música

Carlinhos Brown: ele diz que provocou garrafadas no Rock in Rio 2001 e explica razãoCarlinhos Brown
Ele diz que provocou garrafadas no Rock in Rio 2001 e explica razão

Guns N' Roses: Bumblefoot revela quais músicas mais gostava de tocar ao vivoGuns N' Roses
Bumblefoot revela quais músicas mais gostava de tocar ao vivo

Nirvana: Kurt Cobain cuspiu no piano de Elton John pensando ser de Axl Rose.Nirvana
Kurt Cobain cuspiu no piano de Elton John pensando ser de Axl Rose.

AC/DC: Axl Rose sempre sugeria músicas esquecidas para shows (mas em cima da hora)AC/DC
Axl Rose sempre sugeria músicas esquecidas para shows (mas em cima da hora)

Kurt Cobain: ele não curtia Led Zeppelin e Aerosmith devido às letras machistasKurt Cobain
Ele não curtia Led Zeppelin e Aerosmith devido às letras machistas

Yngwie Malmsteen: aos 10 anos ele fazia solos de Blackmore e enganava os amigosYngwie Malmsteen
Aos 10 anos ele fazia solos de Blackmore e enganava os amigos

Max Cavalera: O único presidente bom do Brasil foi mortoMax Cavalera
"O único presidente bom do Brasil foi morto"

Megadeth: Mustaine se tornou vocalista por acaso e por causa de um delineadorMegadeth
Mustaine se tornou vocalista por acaso e por causa de um delineador

Saxon: banda divulga cover para a clássica Speed King, do Deep PurpleSaxon
Banda divulga cover para a clássica "Speed King", do Deep Purple

Jon Schaffer: Todd La Torre se diz chocado, mas não surpreso com atos do guitarristaJon Schaffer
Todd La Torre se diz chocado, mas não surpreso com atos do guitarrista

Eddie Van Halen: ele chorou quando Wolfgang mostrou música que fala sobre perdaEddie Van Halen
Ele chorou quando Wolfgang mostrou música que fala sobre perda


Matérias Recomendadas

LGBT: confira alguns músicos que não são heterossexuaisLGBT
Confira alguns músicos que não são heterossexuais

Bruce Dickinson: O Iron Maiden é melhor que o MetallicaBruce Dickinson
"O Iron Maiden é melhor que o Metallica"

Metallica: Perguntas, respostas e curiosidades diversasMetallica
Perguntas, respostas e curiosidades diversas

Lemmy Kilmister: Estou pronto para morrer. Minha vida foi boaLemmy Kilmister
"Estou pronto para morrer. Minha vida foi boa"

Fotos de Infância: Cradle Of FilthFotos de Infância
Cradle Of Filth

Stamp
Tunecore

The Atlas Moth: Em mundos de luz e trevas ao mesmo tempo

Resenha - Old Believer - Atlas Moth

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Marcus Spinelli
Enviar Correções  


O sucesso de The Atlas Moth veio sempre de composições convincentes. Embora eles começaram com um sludge formidável, o velho molde da banda de Chicago tinha se quebrado no momento em que gravou o seu segundo álbum de 2011 An Ache for the Distance, que virou um tormento Black Metal em esplendor Psicodélico, marchas mid-tempo em alternados momentos suaves do universo do Rock Alternativo.

O pessoal da banda confirmou essas tendências poliglotas; o urrador Stavros Giannopoulos e cantor David Kush negociam guturais e grandes refrões, evocando uma tensão incrível através de variedade e imprevisibilidade. Em An Ache for the Distance , você podia ouvir o The Atlas Moth trilharem através de algumas dezenas de paixões e ouvia toques, em cada canção, do Deftones e My Bloody Valentine ao Allman Brothers Band e Neurosis. A qualquer momento, o próximo passo era sempre um ponto de interrogação.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

The Old Believer teve nos seus primeiros três anos muita turbulência pessoal e profissional, que abrange muitas dessas canções do álbum. Mais do que nunca, o The Atlas Moth depende da dinâmica entre Giannopoulos e Kush; eles alternadamente tomam versos separados, mas trocam de uma linha voz para outra com desenvoltura e, durante os momentos mais dramáticos do álbum, eles cantam juntos.

Desde An Ache for the Distance, Giannopoulos perdeu sua mãe e sua namorada; Kush seu avô; então eles exploram a auto-dúvida e dilemas existenciais, perguntando sobre a vida após a morte e buscam de uma fuga nas músicas. Perto do fim da faixa mais emblemática do álbum, "The Sea Beyond", Giannopoulos e Kush giram em torno um do outro, lamentando a perda de Giannopoulos com Kush repetindo "I know you’re always with me" ("Eu sei que você está sempre comigo"), como uma máxima de autoconfiança. Giannopoulos eventualmente se junta a ele, num embate de desespero e esperança cantando perfeitamente e de forma inesperada de equilíbrio.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mas, em geral, a variedade do Atlas Moth parece que gerou a sua própria hegemonia. É surpreendente que o que une tudo é a trama central da melodia que efetivamente funciona na totalidade do álbum. Riffs reinando no estilo Stoner Metal, mas não sem se aprofundar em tons de Sludge e Doom. Em essência, isto não é uma forma imediatamente atraente na primeira impressão. É o tipo de metal que vai trabalhar o seu caminho em seguidas apreciações do ouvinte, tomando seu tempo para fazer a marca a que se destina, distintamente original.

Os comprimentos das faixas parece perfeitamente adequado para a tarefa em mãos, não tão longo quanto o Doom, ou tão curto quanto um Rock. A música tem uma variedade de estilos; vai dos efeitos atmosféricos individualizados de cada música, para as suas estruturas melódicas fundamentais contínuas, trazendo inquietantes arranjos vocais e salientes paredões de riffs. Esta vibração específica e bem definida é única.

The Atlas Moth chega a ser pesado e celestial, agressivo e acessível, existindo em mundos de luz e trevas ao mesmo tempo.


Stamp
Receba novidades de Rock e Heavy Metal por Whats App


Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Ozzy Osbourne: dando chega mais em Mônica Apor na coletivaOzzy Osbourne
Dando "chega mais" em Mônica Apor na coletiva

Metallica: Lars é um bom baterista? Mike Portnoy explicaMetallica
Lars é um bom baterista? Mike Portnoy explica


Sobre Marcus Spinelli

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.