Matérias Mais Lidas

Nightwish: As 10 músicas que mudaram a vida de Floor JansenNightwish
As 10 músicas que mudaram a vida de Floor Jansen

Brian May: por que ele prefere tocar com moeda ao invés de palhetaBrian May
Por que ele prefere tocar com moeda ao invés de palheta

Pink Floyd: os incríveis desenhos de uma inteligência artificial para músicas da bandaPink Floyd
Os incríveis desenhos de uma inteligência artificial para músicas da banda

Max Cavalera: Devemos usar nossa música como armaMax Cavalera
"Devemos usar nossa música como arma"

Megadeth: Max Norman diz que Mustaine roubou seus créditos de produção em álbum famosoMegadeth
Max Norman diz que Mustaine roubou seus créditos de produção em álbum famoso

Kurt Cobain: por que ele se sentia ofendido por bandas como Pearl Jam e Alice in ChainsKurt Cobain
Por que ele se sentia ofendido por bandas como Pearl Jam e Alice in Chains

Helloween: Michael Kiske realmente não gosta de heavy metal? Vocalista respondeHelloween
Michael Kiske realmente não gosta de heavy metal? Vocalista responde

Lista: 15 músicas para quem vai passar o Dia dos Namorados sem companhia (mais uma vez)Lista
15 músicas para quem vai passar o Dia dos Namorados sem companhia (mais uma vez)

Alcione: Peguei Axl Rose logo pela cintura, ele me abraçou, me chamou de 'amazing'Alcione
"Peguei Axl Rose logo pela cintura, ele me abraçou, me chamou de 'amazing'"

Motorhead: 10 das frases mais marcantes de Lemmy KilmisterMotorhead
10 das frases mais marcantes de Lemmy Kilmister

Metaleiro também ama: músicas escritas por bandas de metal que falam de amorMetaleiro também ama
Músicas escritas por bandas de metal que falam de amor

Alissa White-Gluz: ela fez Powerwolf tirar strippers de clipe para evitar objetificaçãoAlissa White-Gluz
Ela fez Powerwolf tirar strippers de clipe para evitar objetificação

Dream Theater: James LaBrie grava Kickstart My Heart com banda do filhoDream Theater
James LaBrie grava "Kickstart My Heart" com banda do filho

Crypta: ouça Echoes of the Soul, álbum da nova banda de Fernanda Lira e Luana DamettoCrypta
Ouça "Echoes of the Soul", álbum da nova banda de Fernanda Lira e Luana Dametto

Bruce Dickinson: Use Your Illusions? Aquele formato é uma bosta!Bruce Dickinson
Use Your Illusions? Aquele formato é uma bosta!


Stamp
Pentral

Titãs: De volta às raízes com "Nheengatu"

Resenha - Nheengatu - Titãs

Por Wilker Medeiros
Fonte: Ideias Instáveis
Em 07/06/14

É fato que o Titãs é uma das bandas mais importantes da história do rock brasileiro, não só pela sua incrível formação original reunir os figurões Arnaldo Antunes, Nando Reis e Paulo Miklos, ou colecionar hits como Marvin, Sonífera Ilha e Enquanto Houver Sol, mas por fazer um som totalmente pulsante, com letras fortes, sempre carregadas de críticas sociais. Na primeira fase, o grupo concebeu um dos álbuns mais cultuados do gênero, Cabeça Dinossauro (1986), que trazia petardos como Bichos Escrotos, Polícia e a própria faixa título. Com muito peso e personalidade, os Titãs conquistaram a todos.

De lá pra cá muita coisa mudou, tanto em relação a integrantes importantes que saíram – Antunes, Reis e, recentemente, o baterista Charles Gavin -, quanto no que se refere a estilo e foco temático. Não que discos como o premiado, Sacos Plásticos (2009), ou o jovem clássico, A Melhor Banda de Todos os Tempos da Última Semana (2001), sejam ruins, mas desde Titanomaquia (1993) os paulistas roqueiros não faziam algo que tocasse realmente na ferida da problemática cotidiana.

Em 2012, comemorando trinta anos de carreira, os Titãs decidiram fazer uma turnê especial, tocando, na integra, o line-up de Cabeça Dinossauro. Isso, provavelmente, deve ter resgatado o ímpeto de outrora e levado os membros restantes a fazer algo mais cáustico. Assim é Nheengatu (2014): pesado, instigante e recheado de composições criticamente interessantes.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Agora em quarteto – pois o baterista Mario Fabre aparece como membro convidado – formado por Branco Mello, Paulo Miklos, Sérgio Britto e Tony Bellotto, a banda surpreende ao abrir Nheengatu (o título se refere à língua criada pelos jesuítas para a comunicação dos índios brasileiros e os colonizadores de Portugal) com a pesadíssima, Fardado. Sendo composta e interpretada por Britto – que aqui ganha destaque por escrever e cantar seis das quatorze faixas -, o single é uma espécie de continuação de Polícia, e ao mesmo tempo se atualiza por fazer um paralelo com o comportamento dos militares nos protestos do ano passado, pedindo que se coloquem no lugar dos manifestantes. Acompanhada pela poética, Mensageiro da Desgraça, que narra e denuncia as mazelas infernais dos moradores de rua.

Republica dos Bananas expõe as muitas futilidades humanas, de forma universal, bem como Fala, Renata – dona de um dos riffs mais marcantes e pegajosos de Bellotto – ressalta os discursos vazios destes tantos nomes expostos. Cadáver Sobre Cadáver tem uma pegada seca e constante na bateira, e cita que, no fim das contas, todos acabam morrendo, literalmente ou não. O cover de Walter Franco, Canalha, é uma passagem cadenciada e dolorida. Chegada ao Brasil (Terra à Vista) é basicamente a música-tema, sendo cínica por contar a descoberta do país, com elementos que foram e estão sendo aproveitados, no mau sentido da palavra.

O ska Eu Me Sinto Bem é simplório, mas fala sobre a inércia popular, que mesmo sem nada ter estão confortáveis com a situação. Outra dobradinha que chama atenção é Pedofilia (uma vítima de abuso infantil que faz uma confissão) e Flores Para Ela (a irônica e doentia visão da violência contra a mulher). Ainda sobra espaço para Baião de Dois (mesmo não saindo do clima, é musicalmente nordestina) e Quem São os Animais? (que discorre sobre o preconceito e a importância do direito de escolha).

Que este Nheengatu seja então um recomeço, e não recordação de momento, pois, mesmo não tendo o grande apelo radiofônico dos álbuns anteriores, é extremamente eficiente, do ponto de vista de artístico musical. Além de somar, fortemente, na cena do rock brasileiro contemporâneo, serve de inspiração, não só para os mais jovens, como pode despertar esse mesmo sentimento em bandas antigas, que também se encontram estagnadas no recente passado do Titãs.


Outras resenhas de Nheengatu - Titãs

Titãs: Nheengatu e a volta dos cinquentões da pesada

Titãs: Primeiro passo para a recuperação de sua relevância

Titãs: Novo álbum traz protesto de mentirinhaTitãs
Novo álbum traz protesto de mentirinha

Titãs: Por que Nheengatu pode ser considerado a volta às raízes?Titãs
Por que Nheengatu pode ser considerado a volta às raízes?

Titãs: Um disco de rock inquieto e surpreendenteTitãs
Um disco de rock inquieto e surpreendente

Titãs: Disco sério demais mesmo quando quer parecer debochado

Titãs: Trabalho digno e excepcional de uma banda das antigasTitãs
Trabalho digno e excepcional de uma banda das antigas

Titãs: Novo disco sofre influência do Cabeça DinossauroTitãs
Novo disco sofre influência do "Cabeça Dinossauro"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Arte Musical
Blind Guardian
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Inesquecíveis: 20 músicas que marcaram o rock brasileiro nos anos 1990Inesquecíveis
20 músicas que marcaram o rock brasileiro nos anos 1990


Pra discutir: os 100 melhores discos do rock brasileiroPra discutir
Os 100 melhores discos do rock brasileiro

Covers: blog elege os melhores da MPB em versão RockCovers
Blog elege os melhores da MPB em versão Rock

Capas Gêmeas: as infelizes coincidências nas artes dos álbunsCapas Gêmeas
As infelizes coincidências nas artes dos álbuns


Metallica: por que 9 entre 10 fãs odeiam Load e Reload?Metallica
Por que 9 entre 10 fãs odeiam "Load" e "Reload"?

Out: os 100 álbuns mais gays de todos os tempos segundo a revistaOut
Os 100 álbuns mais gays de todos os tempos segundo a revista