[an error occurred while processing this directive]

Matérias Mais Lidas


Stamp

Titãs: De volta às raízes com "Nheengatu"

Resenha - Nheengatu - Titãs

Por Wilker Medeiros
Fonte: Ideias Instáveis
Postado em 07 de junho de 2014

É fato que o Titãs é uma das bandas mais importantes da história do rock brasileiro, não só pela sua incrível formação original reunir os figurões Arnaldo Antunes, Nando Reis e Paulo Miklos, ou colecionar hits como Marvin, Sonífera Ilha e Enquanto Houver Sol, mas por fazer um som totalmente pulsante, com letras fortes, sempre carregadas de críticas sociais. Na primeira fase, o grupo concebeu um dos álbuns mais cultuados do gênero, Cabeça Dinossauro (1986), que trazia petardos como Bichos Escrotos, Polícia e a própria faixa título. Com muito peso e personalidade, os Titãs conquistaram a todos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

De lá pra cá muita coisa mudou, tanto em relação a integrantes importantes que saíram – Antunes, Reis e, recentemente, o baterista Charles Gavin -, quanto no que se refere a estilo e foco temático. Não que discos como o premiado, Sacos Plásticos (2009), ou o jovem clássico, A Melhor Banda de Todos os Tempos da Última Semana (2001), sejam ruins, mas desde Titanomaquia (1993) os paulistas roqueiros não faziam algo que tocasse realmente na ferida da problemática cotidiana.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em 2012, comemorando trinta anos de carreira, os Titãs decidiram fazer uma turnê especial, tocando, na integra, o line-up de Cabeça Dinossauro. Isso, provavelmente, deve ter resgatado o ímpeto de outrora e levado os membros restantes a fazer algo mais cáustico. Assim é Nheengatu (2014): pesado, instigante e recheado de composições criticamente interessantes.

Agora em quarteto – pois o baterista Mario Fabre aparece como membro convidado – formado por Branco Mello, Paulo Miklos, Sérgio Britto e Tony Bellotto, a banda surpreende ao abrir Nheengatu (o título se refere à língua criada pelos jesuítas para a comunicação dos índios brasileiros e os colonizadores de Portugal) com a pesadíssima, Fardado. Sendo composta e interpretada por Britto – que aqui ganha destaque por escrever e cantar seis das quatorze faixas -, o single é uma espécie de continuação de Polícia, e ao mesmo tempo se atualiza por fazer um paralelo com o comportamento dos militares nos protestos do ano passado, pedindo que se coloquem no lugar dos manifestantes. Acompanhada pela poética, Mensageiro da Desgraça, que narra e denuncia as mazelas infernais dos moradores de rua.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - DEN
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Republica dos Bananas expõe as muitas futilidades humanas, de forma universal, bem como Fala, Renata – dona de um dos riffs mais marcantes e pegajosos de Bellotto – ressalta os discursos vazios destes tantos nomes expostos. Cadáver Sobre Cadáver tem uma pegada seca e constante na bateira, e cita que, no fim das contas, todos acabam morrendo, literalmente ou não. O cover de Walter Franco, Canalha, é uma passagem cadenciada e dolorida. Chegada ao Brasil (Terra à Vista) é basicamente a música-tema, sendo cínica por contar a descoberta do país, com elementos que foram e estão sendo aproveitados, no mau sentido da palavra.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O ska Eu Me Sinto Bem é simplório, mas fala sobre a inércia popular, que mesmo sem nada ter estão confortáveis com a situação. Outra dobradinha que chama atenção é Pedofilia (uma vítima de abuso infantil que faz uma confissão) e Flores Para Ela (a irônica e doentia visão da violência contra a mulher). Ainda sobra espaço para Baião de Dois (mesmo não saindo do clima, é musicalmente nordestina) e Quem São os Animais? (que discorre sobre o preconceito e a importância do direito de escolha).

Que este Nheengatu seja então um recomeço, e não recordação de momento, pois, mesmo não tendo o grande apelo radiofônico dos álbuns anteriores, é extremamente eficiente, do ponto de vista de artístico musical. Além de somar, fortemente, na cena do rock brasileiro contemporâneo, serve de inspiração, não só para os mais jovens, como pode despertar esse mesmo sentimento em bandas antigas, que também se encontram estagnadas no recente passado do Titãs.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Outras resenhas de Nheengatu - Titãs

Titãs: Novo disco sofre influência do "Cabeça Dinossauro"

Titãs: Trabalho digno e excepcional de uma banda das antigas

Titãs: Disco sério demais mesmo quando quer parecer debochado

Titãs: Um disco de rock inquieto e surpreendente

Titãs: Por que Nheengatu pode ser considerado a volta às raízes?

Titãs: Novo álbum traz protesto de mentirinha

Titãs: Primeiro passo para a recuperação de sua relevância

Titãs: Nheengatu e a volta dos cinquentões da pesada

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Summer Breeze 2024

Stratosphere Project: O eco estrondoso da Via-Láctea fundindo-se nas dimensões ocultas

Perc3ption: A arte em situações extremas

"Here Comes The Rain", último registro do Magnum com Tony Clarkin, é mais um bom registro

Resenha - Nebro - Vesperaseth

Sepultura: Em plena forma e com mais um disco brilhante

Deep Purple: Who Do We Think We Are é um álbum injustiçado?

Deep Purple: Stormbringer é um álbum injustiçado?

Megadeth: recuperando a fúria que faltava


publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS