Madness Factory: Ótimo segundo album da banda paraibana

Resenha - Follow the Madness - Madness Factory

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar Correções  

8


Ao se deparar com esse segundo trabalho dos paraibanos do MADNESS FACTORY, com base na capa e logo da banda, você logo imagina tratar-se de uma banda death metal. Contudo, ao dar play na bolachinha, de forma surpreendente, o ouvinte é surpreendido por uma sonoridade que, embora também agressiva, não se enquadra no referido estilo.

Isso porque o som praticado pela banda é uma mescla bem interessante entre thrash metal, crossover, stoner hard e até classic rock, algo que em até certo ponto lembra MOTORHEAD. Ou seja, é um som sujo, pesado e muito divertido, daqueles para se escutar junto com os amigos, com um bom copo de cerveja para acompanhar.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Cheio de riffs classudos, ótimas linhas de bateria e baixo, e linhas vocais descompromissadas e agressivas, o quarteto mostra muita competência na criação de faixas simples, mas cheias de energia e atitude.

Em relação ao aspecto lírico, a banda também nos brinda com temas diversificados, sendo a maioria das faixas cantadas em inglês, mas trazendo também temas em nossa língua pátria (com destaque para a ótima "Grito de Silêncio", com grandes riffs).

Desta forma, o disco flui de forma espontânea e cativante, com destaque para "Follow the Madness", com vários elementos de thrash metal; "Le Monde Bizarre", com uma letra ácida, guitarras eletrizantes, e um andamento que remete ao punk rock; e a empolgante "Earthquake", que fecha o disco com chave de ouro.

Vale menção também o capricho da banda ao lançar o material em formato digipack. Altamente recomendado, mas vá com o pescoço preparado para trabalhar...

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Follow the Madness – Madness Factory
(Microfonia - 2014 – Nacional)

Formação:

Fillipe Alves - Baixo, vocais
Diego Nóbrega - Guitarras
Vannucci Oliveira - Guitarras
Jorge Augusto - Bateria

Tracklist:

01. The Factory
02. Follow the Madness
03. Maligna
04. Grito ao Silêncio
05. Le Monde Bizarre
06. I Am a Renegade
07. Matadores de Gigantes
08. Estação Paradoxo
09. First Song
10. Earthquake

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Outras resenhas de Follow the Madness - Madness Factory

Madness Factory: Unindo influências do Crossover e Thrash Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Cults: 10 álbuns influentes que fracassaram nas vendasCults
10 álbuns influentes que fracassaram nas vendas

Fotos: confira 10 das mais curiosas no mundo do Rock - Parte 1Fotos
Confira 10 das mais curiosas no mundo do Rock - Parte 1


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

Goo336 GooAdHor Cli336 Goo336