[an error occurred while processing this directive]

Matérias Mais Lidas


Stamp

Iced Earth: Stu Block só veio a acrescer na banda

Resenha - Plagues Of Babylon - Iced Earth

Por Ya Exodus
Postado em 19 de abril de 2014

Surgido das sombras do álbum ‘’Dystopia’’ lançado em 2011, Stu Block apesar de já ter deixado muitos fãs felizes pelas linhas líricas que substituíram em peso Mattew Barlow, ainda causava dúvidas sobre a mudança. Porém ‘’Plagues Of Babylon’’ mostrou um ponteiro certo, Block só veio a acrescer na banda, não alterou a identidade do Iced Earth, e junto a Jon Schaffer (guitarrista, e backing vocal) construiu lindas melodias vocais.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 1

A música título do álbum apresenta uma introdução obscura, e mítica, como não poderia deixar de ser, e com quase oito minutos de duração a faixa deixa o ouvinte certamente apaixonado pelo álbum mesmo sem tê-lo conhecido por inteiro. Outra que causa grande encanto pelos riffs, solos, e melodias marcantes, é quarta faixa ‘’Among The Living Dead’’, que foi gravado junto a um grande nome do Power Metal, o vocalista Hansi Kürsch da banda Blind Guardian.

‘’The End’’ e ‘’If I Could See You’’, chamam a atenção pela capacidade de Block em fazer doces melodias, e também destruir, em uma única música, demonstrando sua flexibilidade mais à vontade do que o vimos em Dystopia, o que pode ter trazido essa atmosfera incrivelmente épica ao álbum.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 2

O quarteto composto por Jon Schaffer (guitarra, e backing vocal), Raphael Saini (baterista baterista brasileiro convidado para as gravações, sendo logo após substituído por Jon Dette), Troy Seele (guitarra) e Luke Appleton (baixo) não deixam a desejar, como ouvimos em ‘’Parasite’’, décima faixa do álbum, que é um show de completa ‘’ignorância’’ de tão boa composição, detalhes de vocal, riffs e efeitos foram muito bem utilizados pela banda.

A canção que encerra o disco é ‘’Highwayman’’ composta por Willie Nelson e Johnny Cash é um surpresa agradável aos fãs, além da incrível escolha há a participação especial dos músicos Russell Allen (Symphony X, Adrenaline Mob) e Michael Poulsen (Volbeat) que dividem os vocais com Jon e Stu, deixando ainda melhor a homenagem.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 3

''Plagues Of Babylon'' é um álbum cheio de correntes clássicas, que mostram perfeitamente a evolução e inovação do Iced Earth e ao mesmo tempo a fidalidade ao legado inicial da banda, menos pelo fato de não ter sido gravado no Morrisound Studios de Jim Morris, que faz parte do legado do Iced Earth desde seus primórdios, porém o álbum em si não deixa nada a desejar na belíssima produção desde as composições até a arte de capa, apenas a ansiedade pelo próximo show, e próximos trabalhos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 4

Outras resenhas de Plagues Of Babylon - Iced Earth

Iced Earth: Comprovando a grande fase com mais um ótimo trabalho

Iced Earth: Mais épico, mais Heavy em "Plagues of Babylon"

Iced Earth: Stu Block encaixado de vez na banda

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Summer Breeze 2024

Sentença de Morte: Death Metal para quem curte Death Metal bem executado

Triumph Of Death, projeto de Tom Warrior, resgata ao vivo parte do passado do Hellhammer

Spiritual Cramp acerta a fórmula, mas álbum satura em 26 minutos

Estreia do Superbloom traz de volta o grunge protagonista dos anos 1990

Stratosphere Project: O eco estrondoso da Via-Láctea fundindo-se nas dimensões ocultas

Perc3ption: A arte em situações extremas

"Here Comes The Rain", último registro do Magnum com Tony Clarkin, é mais um bom registro

Resenha - Death Magnetic - Metallica


publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Ya Exodus

Yasmin Amaral, mais conhecida por Ya Exodus, é editora do blog Metal On Metal, colunista no site Imprensa do Rock, atua com freelances para outros sites e também é supervisora na assessoria de imprensa Island Press. Natural de São Paulo, começou sua história na música aos 10 anos aprendendo guitarra e já chegou a tocar com bandas como Salário Mínimo e Sinaya. Admiradora da banda Exodus, e do Metal em geral tenta fortalecer a cena fazendo alguns eventos no interior de São Paulo. Além disso hoje possui uma empresa para management de bandas.
Mais matérias de Ya Exodus.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS