Angra: Um álbum diversificado, magnífico e instigante

Resenha - Holy Land - Angra

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Leandro Fernandes
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 10

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Uma mistura de ritmos e estilos que só o Angra sabe fazer, coisa que se encaixou perfeitamente ao metal melódico sempre explícito na banda.
3650 acessosAngra: "Uma rapazeada bonita, mas nenhum foi bonzinho"5000 acessosIron Maiden: ouça o baixo de Steve Harris isoladamente

Holy Land é um disco diversificado, magnífico e instigante. Segundo trabalho de estúdio da banda nos leva do metal a raiz de nosso país. Contando histórias folclóricas em suas letras, mostrando um pouco da nossa história passada, esse disco foi bastante aclamado na Europa e Ásia, mostrando assim o poder e criatividade que temos em mostrar de talento e bons músicos em nosso país.

Grandes músicas que se tornaram clássicas, como Nothing To Say e Make Believe até hoje são lembradas nos sets ao vivo da banda. A épica Carolina IV é verdadeiramente um show a parte, com mistura de ritmos, uma execelente execução de Ricardo Confessori na bateria e riffs virtuosos. A faixa título Holy Land sendo a mais diferente do disco tem um diferencial a parte, sendo completamente "abrasileirada" e com um refrão bastante empolgante. Z.I.T.O é velocidade do início ao fim, mostrando um belo dueto de guitarras. The Shaman mostra algo bem peculiar por incluir batuques junto ao peso das guitarras, mostrando que realmente a banda sugou tudo aquilo que existe de ritmos em nosso país.

Holy Land mostra ser um disco desafiador e perfeito, sendo assim o mais importante da discografia de uma banda que sempre mostrou competência e talento.

Membros:

Andre Matos: Vocal
Kiko Loureiro: Guitarra
Rafael Bittencourt: Guitarra
Luiz Mariutti: Baixo
Ricardo Confessori: Bateria

Músicas:

1."Crossing" G.P. da Palestrina
2."Nothing to Say"
3."Silence and Distance"
4."Carolina IV"
5."Holy Land"
6."The Shaman"
7."Make Believe"
8."Z.I.T.O."
9."Deep Blue"
10."Lullaby for Lucifer"

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Holy Land - Angra

5000 acessosResenha - Holy Land - Angra5000 acessosResenha - Holy Land - Angra5000 acessosTradução - Holy Land - Angra

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 11 de março de 2014
Post de 12 de março de 2014
Post de 12 de março de 2014

AngraAngra
"Uma rapazeada bonita, mas nenhum foi bonzinho"

200 acessosAltair: comédia diabólica de Progressive/Power Metal0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Angra"

Kiko LoureiroKiko Loureiro
Tocando Iron Maiden com garotas do Iron Maidens

MegadethMegadeth
Kiko sugeriu a Mustaine inspiração nos problemas do Brasil

InspiraçãoInspiração
Bandas que adotaram títulos de músicas como nome

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Angra"

Iron MaidenIron Maiden
Ouça o baixo de Steve Harris isoladamente

Os mais feiosOs mais feios
Gene Simmons, Lemmy Kilmister, Alex Van Halen...

Lemmy KilmisterLemmy Kilmister
Tatuagens, política, strippers e atrizes pornô

5000 acessosGuns N' Roses: a trágica história do baixista fundador5000 acessosGuns N' Roses: assista agressão de Axl Rose a fotógrafo5000 acessosManowar: você acha as fotos da década de 80 ridículas?5000 acessosAC/DC: "escrevemos músicas para jovens de 17 anos"5000 acessosBruno Sutter: compositores, pensem nas letras que vocês escrevem!5000 acessosBehemoth: "É natural tomar o lado de Satã", diz Nergal

Sobre Leandro Fernandes

Conheci o rock em 1992, tendo o primeiro disco do Iron Maiden. Com o passar dos anos me apeguei ao rock progressivo e tenho bandas como Pink Floyd, Jethro Tull, Rush e Uriah Heep sendo as favoritas. Profissional da área de T.I, casado e uma filha. Sempre buscando conhecimento no rock/metal em geral.

Mais matérias de Leandro Fernandes no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online