Angra: Um álbum diversificado, magnífico e instigante

Resenha - Holy Land - Angra

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Leandro Fernandes
Enviar Correções  

10

Uma mistura de ritmos e estilos que só o Angra sabe fazer, coisa que se encaixou perfeitamente ao metal melódico sempre explícito na banda.

Andre Matos: segunda parte de documentário comenta Shaman e carreira soloTop 500: as melhores músicas de todos os tempos segundo a Rolling Stone

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Holy Land é um disco diversificado, magnífico e instigante. Segundo trabalho de estúdio da banda nos leva do metal a raiz de nosso país. Contando histórias folclóricas em suas letras, mostrando um pouco da nossa história passada, esse disco foi bastante aclamado na Europa e Ásia, mostrando assim o poder e criatividade que temos em mostrar de talento e bons músicos em nosso país.

Grandes músicas que se tornaram clássicas, como Nothing To Say e Make Believe até hoje são lembradas nos sets ao vivo da banda. A épica Carolina IV é verdadeiramente um show a parte, com mistura de ritmos, uma execelente execução de Ricardo Confessori na bateria e riffs virtuosos. A faixa título Holy Land sendo a mais diferente do disco tem um diferencial a parte, sendo completamente "abrasileirada" e com um refrão bastante empolgante. Z.I.T.O é velocidade do início ao fim, mostrando um belo dueto de guitarras. The Shaman mostra algo bem peculiar por incluir batuques junto ao peso das guitarras, mostrando que realmente a banda sugou tudo aquilo que existe de ritmos em nosso país.

Holy Land mostra ser um disco desafiador e perfeito, sendo assim o mais importante da discografia de uma banda que sempre mostrou competência e talento.

Membros:

Andre Matos: Vocal
Kiko Loureiro: Guitarra
Rafael Bittencourt: Guitarra
Luiz Mariutti: Baixo
Ricardo Confessori: Bateria

Músicas:

1."Crossing" G.P. da Palestrina
2."Nothing to Say"
3."Silence and Distance"
4."Carolina IV"
5."Holy Land"
6."The Shaman"
7."Make Believe"
8."Z.I.T.O."
9."Deep Blue"
10."Lullaby for Lucifer"


Outras resenhas de Holy Land - Angra

Resenha - Holy Land - Angra

Resenha - Holy Land - AngraResenha - Holy Land - Angra

Resenha - Holy Land - AngraResenha - Holy Land - AngraResenha - Holy Land - Angra



Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Andre Matos: segunda parte de documentário comenta Shaman e carreira soloAndre Matos
Segunda parte de documentário comenta Shaman e carreira solo

Andre Matos: Novo site oficial do fã-clube é divulgado

Angra: Kiko Loureiro e Marcelo Barbosa fazem live sobre racismo na música hoje (11)Angra
Kiko Loureiro e Marcelo Barbosa fazem live sobre racismo na música hoje (11)

Kiko Loureiro: veja a capa de Open Source, o novo álbum solo do guitarristaKiko Loureiro
Veja a capa de Open Source, o novo álbum solo do guitarrista

Aliquid: Confira vídeo de "Angels Cry" em homenagem a Andre Matos

Andre Matos: Gus Monsanto e Fleesh homenageiam o vocalistaAndre Matos
Gus Monsanto e Fleesh homenageiam o vocalista

Andre Matos: um ano sem o inesquecível e genial maestroAndre Matos
Um ano sem o inesquecível e genial maestro

Andre Matos: Documentário revela seu lado mais humano fora dos palcos; assistaAndre Matos
Documentário revela seu lado mais humano fora dos palcos; assista

Andre Matos: Luis Mariutti homenageia vocalista com fotos e vídeo emocionanteAndre Matos
Luis Mariutti homenageia vocalista com fotos e vídeo emocionante

Andre Matos: o adeus ao maestroAndre Matos
O adeus ao maestro


Edu Falaschi: uma pesquisa sobre o underground brasileiroEdu Falaschi
Uma pesquisa sobre o underground brasileiro

Kiko Loureiro: História das Antigas #3 - Sufoco na AlemanhaKiko Loureiro
História das Antigas #3 - Sufoco na Alemanha


Top 500: as melhores músicas de todos os tempos segundo a Rolling StoneTop 500
As melhores músicas de todos os tempos segundo a Rolling Stone

New York Times: os 100 melhores covers de todos os temposNew York Times
Os 100 melhores covers de todos os tempos


Sobre Leandro Fernandes

Conheci o rock em 1992, tendo o primeiro disco do Iron Maiden. Com o passar dos anos me apeguei ao rock progressivo e tenho bandas como Pink Floyd, Jethro Tull, Rush e Uriah Heep sendo as favoritas. Profissional da área de T.I, casado e uma filha. Sempre buscando conhecimento no rock/metal em geral.

Mais matérias de Leandro Fernandes no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor