Matérias Mais Lidas

Rodolfo Abrantes: O sonho da minha mãe era eu voltar aos RaimundosRodolfo Abrantes
"O sonho da minha mãe era eu voltar aos Raimundos"

Carlinhos Brown: ele diz que provocou garrafadas no Rock in Rio 2001 e explica razãoCarlinhos Brown
Ele diz que provocou garrafadas no Rock in Rio 2001 e explica razão

Guns N' Roses: Bumblefoot revela quais músicas mais gostava de tocar ao vivoGuns N' Roses
Bumblefoot revela quais músicas mais gostava de tocar ao vivo

Nirvana: Kurt Cobain cuspiu no piano de Elton John pensando ser de Axl Rose.Nirvana
Kurt Cobain cuspiu no piano de Elton John pensando ser de Axl Rose.

Yngwie Malmsteen: aos 10 anos ele fazia solos de Blackmore e enganava os amigosYngwie Malmsteen
Aos 10 anos ele fazia solos de Blackmore e enganava os amigos

AC/DC: Axl Rose sempre sugeria músicas esquecidas para shows (mas em cima da hora)AC/DC
Axl Rose sempre sugeria músicas esquecidas para shows (mas em cima da hora)

Kurt Cobain: ele não curtia Led Zeppelin e Aerosmith devido às letras machistasKurt Cobain
Ele não curtia Led Zeppelin e Aerosmith devido às letras machistas

New York Dolls: morre o guitarrista Sylvain Sylvain, aos 69 anosNew York Dolls
Morre o guitarrista Sylvain Sylvain, aos 69 anos

Sebastian Bach: ele volta a criticar Chris Jericho e diz que wrestling é uma m*rdaSebastian Bach
Ele volta a criticar Chris Jericho e diz que wrestling é uma m*rda

Accept: Fomos a primeira banda de metal da Alemanha, afirma Wolf HoffmannAccept
"Fomos a primeira banda de metal da Alemanha", afirma Wolf Hoffmann

Jon Schaffer: Todd La Torre se diz chocado, mas não surpreso com atos do guitarristaJon Schaffer
Todd La Torre se diz chocado, mas não surpreso com atos do guitarrista

Accept: confira vídeo oficial de Zombie Apocalypse, mais uma música do novo álbumAccept
Confira vídeo oficial de "Zombie Apocalypse", mais uma música do novo álbum

Rock in Rio 2001: 5 shows históricos do festival, realizado há 20 anosRock in Rio 2001
5 shows históricos do festival, realizado há 20 anos

Eddie Van Halen: ele chorou quando Wolfgang mostrou música que fala sobre perdaEddie Van Halen
Ele chorou quando Wolfgang mostrou música que fala sobre perda

Megadeth: Magia negra arruinou minha vida, diz MustaineMegadeth
"Magia negra arruinou minha vida", diz Mustaine


Matérias Recomendadas

Heavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1984Heavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados em 1984

Black Sabbath: O acidente que tirou as pontas dos dedos de IommiBlack Sabbath
O acidente que tirou as pontas dos dedos de Iommi

Iron Maiden: o equipamento de palco da World Slavery TourIron Maiden
O equipamento de palco da World Slavery Tour

Black Sabbath: a passagem de Ian Gillan pela bandaBlack Sabbath
A passagem de Ian Gillan pela banda

Slash: Comentários sobre Guns, pornstars e Michael JacksonSlash
Comentários sobre Guns, pornstars e Michael Jackson

Tunecore
Baladas de Sangue

Bloodgood: Mostrando que ainda sabem fazer Metal

Resenha - Dangerously Close - Bloodgood

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Márllon Matos
Enviar Correções  

9


Após mais de 20 anos sem nenhum lançamento, o (agora quinteto) BLOODGOOD retorna com Dangerously Close, o seu álbum mais pesado e um dos melhores álbuns de retorno dentro do que se convencionou chamar de cena cristã.

São 12 faixas (mais uma exclusiva para os apoiadores do kickstarter) bem agressivas e que mostram um lado do BLOODGOOD que poucos conhecem. Alguns fãs da fase histórica da banda podem chiar perante o uso de elementos mais modernos, mas pode ficar tranqüilo que eles não viraram banda de Alternativo, New Metal ou o que quer que seja, a história ainda é Heavy Metal e dos bons !!!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O álbum todo é muito bom e pode figurar sem medo entre os 3 melhores lançamentos da banda, e isto é bom pois mostra que eles conseguiram se reinventar e mesmo assim manter as suas características que sempre a diferenciaram de outras bandas.

A faixas que mais me chagaram a atenção foram: Lamb Of God, single, clip e fortíssima candidata a hit do disco, tem um refrão de fácil assimilação que, nos shows, será certamente cantada por todos.; Child On Earth com uma bem sacada utilização de escalas árabes e arranjos cadenciados; Bread Alone, com bumbos duplos constantes e necessários e com uma levada mais rápida, próxima a do Metal Tradicional; Man In The Middle é uma das mais agressivas do disco, e mostra que os tiozinhos aqui não estão pra brincadeiras quando o assunto é fazer Metal de qualidade e Crush Me, que apesar de ser acústica não tem nada de balada, pois é uma música de linha mais densa e introspectiva.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O trabalho das cordas (Paul Jackson e Oz Fox – guitarras; Michael Bloodgood – baixo) está redondo e satisfatório para uma banda do estilo, Kevin Whisler soca a mão na bateria e sabe dosar momentos mais tranquilos com levadas mais agressivas sem perder o pique e Les Carlsen, bem, o que falar dele ? Está em sua melhor forma e ainda atingindo tons incríveis, deixando muito meninão metido a cantor debaixo do chinelo ! Seu timbre chega a lembrar bastante John Schillit, do PETRA, só que mais encorpado e "raivoso".

Para quem já conhecia é sinal de qualidade, pois o BLOODGOOD nunca errou a mão e pra quem não conhece, vale a pena conferir pois é Metal feito com paixão por quem sabe como fazer !

Track List :

1. Lamb Of God
2. Run Away
3. Child On Earth
4. I Will
5. Bread Alone
6. Pray
7. I Can Hold You
8. Run The Race
9. Father Father
10. Man In The Middle
11. Crush Me
12. In The Trenches
13. The Word [Kickstarter Supporters Bonus Track]

Line – up :

Les Carlsen : Vocais
Michael Bloodgood : Baixo/BGV
Paul Jackson : Guitarra/BGV
Oz Fox : Guitarra/BGV
Kevin Whisler : Bateria


Outras resenhas de Dangerously Close - Bloodgood

Bloodgood: Hard Tradicional oitentista com pitadas de Heavy Metal

Resenha - Dangerously Close - Bloodgood


Stamp
Receba novidades de Rock e Heavy Metal por Whats App


Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Fotos de Infância: Avril LavigneFotos de Infância
Avril Lavigne

Motorhead: a opinião de Lemmy sobre Viagra, Hendrix e velhiceMotorhead
A opinião de Lemmy sobre Viagra, Hendrix e velhice


Sobre Márllon Matos

Nascido em 1990, despertou para o rock em 2002 e desde lá vem sendo o terror dos vizinhos, seja tocando bateria ou ouvindo Metal no mais alto volume. Cristão convicto, curte de Palavrantiga a Crimson Moonlight, e o seu sonho é conseguir ir para a Austrália ver algum show do Mortification.

Mais matérias de Márllon Matos no Whiplash.Net.