Nidra: Indicado para as almas mais sombrias

Resenha - Koma - Nidra

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar Correções  

publicidade

8


Quando russos resolvem investir em uma parada mais triste e melancólica o bicho realmente pega. Os caras sabem fazer algo denso, carregado, deprimente, enfim, algo não indicado às almas suicidas. E isso é exatamente o que o duo Cold (todos os instrumentos) e Rain (vocal) faz. Root aparece como baixista convidado.

Músicas cadenciadas, não necessariamente arrastadas, com guitarras pesadas e melodias entristecidas dão à tônica das composições. Arranjos não muito em destaque ajudam a sonoridade a ficar ainda mais macambúzia, com linhas de teclados e violão em perfeita sintonia.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mas, as guitarras aparecem na maior parte do tempo com morbidez, sendo que a cozinha faz seu papel básico, dando destaque para o baixo que é um grande aliado ao peso. Os vocais de Rain alternam guturais com limpos perfeitamente e interpretam letras recheadas de misantropia e sentimentos negativos cantados na língua pátria.

Músicas com média de 5 minutos é mais um fator positivo e mostra que a banda consegue passar sua mensagem sem se alongar muito, fato raro na maioria das bandas do estilo. Um disco de ótima qualidade, indicado àqueles que curtam a tristeza em forma de música.

http://www.facebook.com/Nidraproject
https://soundcloud.com/nidraproject/

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Cinema: As 10 melhores aparições de bandas em filmesCinema
As 10 melhores aparições de bandas em filmes

Oops!: 10 erros eternizados em gravações de clássicosOops!
10 erros eternizados em gravações de clássicos


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

CliHo Goo336