Dichotomy: Brutalidade e técnica impecáveis

Resenha - Paradigms - Dichotomy

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Impressiona como este quinteto irlandês consegue aliar facilmente brutalidade e técnica, sem que seu som soe cansativo. A surpresa só aumenta quando vemos que a banda foi formada em 2010, ou seja, é relativamente nova e este petardo não foi precedido por nenhum outro material demonstrativo.
5000 acessosRush: Um Adeus Aos Reis5000 acessosAs histórias por trás de 11 capas clássicas

Quem pensa que a banda optou por uma produção limpa e cristalina se engana. O peso foi muito bem dosado aqui, com doses cavalares. Desde os timbres sujos das guitarras, passando pela violenta cozinha e os monstruosos vocais de Kevin O'Connor, tudo aqui soa agressivo como um soco na cara.

E, como dito acima, o mais impressionante é que as composições são destiladas com muita técnica e precisão. Tudo sem contar a leve dose de melodia nas músicas que caíram com uma luva e nem mexerem na estrutura extrema das faixas.

Todas as faixas possuem suas ostentações, mas The Sentinel Opressed, Polarity e Of Strife of Discord são os destaques. Só um recado: você que se recusa a ouvir bandas novas, o Dichotomy pode ser um grande exemplo daquilo que você pode estar perdendo.

https://www.facebook.com/DichotomyIreland
https://soundcloud.com/dichotomyireland

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Dichotomy"

RushRush
Um Adeus Aos Reis

CuriosidadesCuriosidades
As histórias por trás de 11 capas clássicas

Rock e metalRock e metal
O outro lado das capas de discos

5000 acessosEddie Van Halen: "Eruption foi um acidente"5000 acessosO Whiplash.Net protege algumas bandas e prejudica outras?5000 acessosIron Maiden: o histórico (e atrapalhado) 1º Rock in Rio5000 acessosAndreas Kisser: "tocar com o 'Big Four' foi incrível"5000 acessosMetallica: Lady Gaga fez tatuagem imensa em homenagem à banda5000 acessosJ-Metal: Conheça algumas bandas da cena metal japonesa

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online