Tedeschi Trucks Band: Um dos maiores nomes da atualidade

Resenha - Made up Mind - Tedeschi Trucks Band

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Victor Freire
Enviar Correções  

9


Não é segredo para os amantes de música que um dos maiores nomes da atualidade é o Tedeschi Trucks Band. Banda formada por Susan Tedeschi e Derek Trucks. O primeiro álbum dessa super banda, Revelator (2011), serviu de trilha-sonora para diversos momentos dos tempos que se passaram. Logo em seguida, veio a versatilidade do ao vivo Everybody's Talkin' (2012). Após essas duas relíquias, não imaginava que mais estava por vir, até que foi anunciado o lançamento de mais um novo álbum.

Metallica: foto rara de formação original do grupo

Guitar World: os 100 piores solos de guitarra da história

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A expectativa era tamanha pelos primeiros acordes do Made up Mind (2013), novo álbum do Tedeschi Trucks Band. E finalmente esse dia chegou. Comprei a minha edição em vinyl ainda na pré-venda, e já comecei de hoje o dia com um e-mail da banda na minha caixa, com o código para download do álbum.

O cabelo do braço já levanta nos primeiros acordes de "Made up Mind", faixa-título e de abertura do álbum. Guitarra saturada, com uma pegada meio rock'n'roll, seguida do poder da voz de Susan. Pensei que o rock seria o elemento dominante, mas o velho Tedeschi Trucks Band aparece no refrão, com backing vocals e metais, sem contar nos brilhantes solos com o slide, do Derek Trucks. Não poderia ter boas-vindas melhores para esse álbum. "Do I Look Worried" traz uma levada mais lenta, com um pouco de elementos do soul. Gostei do resultado.

A riqueza musical do Tedeschi Trucks Band é indiscutível, mas estava esperando onde as raízes Southern deles apareceriam. "Idle Wind" é a primeira a levantar essa bandeira, com um som meio "caipira", fazendo lembrar até o "Mississipi Kid", do Lynyrd Skynyrd, no início. "Misunderstood" e o single "Part of Me" voltam a levantar o humor do álbum, com sua pegada mais agitada.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A impressão que tive até agora é que o rock foi meio deixado de lado, para dar lugar ao soul e blues. Influência principal do ao vivo Everybody's Talkin' (2012). Mas, que bom que estava enganado. Guitarras distorcidas aparecem novamente em "Whiskey Legs", com uma levada mais pesada. Impressionante como a voz de Susan combina bem com todos os estilos apresentados no álbum. O peso dá sequência a uma balada, "It's so Heavy", no melhor estilo "Until You Remember", do Revelator (2011), puro feeling, seguida da animada "All That I Need".

O estilo da banda, definido como "blues", ainda não tinha sido deixado claro no álbum. Aliás, não gosto desses rótulos que colocam nas bandas. Enfim, desabafos à parte. O blues aparece forte and "Sweet and Low", no melhor estilo B.B King, claro que com o vocal mágico de Susan. Sem contar na guitarra de Derek, que parece cantar junto com ela.

Se o humor estava meio baixo, logo o Tedeschi Trucks Band trata de levantar, com um rock'n'roll "riffado" de leve em "The Storm", novamente trazendo o estilo Southern Rock para o álbum. Imaginei na mesma hora como deveria ser essa música ao vivo. Explosão pura. Para encerrar o Made up Mind (2013) vem a profunda "Calling Out to You", contrastando com as boas-vindas energéticas.

O resultado final da audição foi o melhor possível. A banda mostrou que não sentou no sucesso do Revelator (2011), e produziu um álbum bem variado musicalmente. Tirando tudo o que os excelentes músicos da banda oferecem.

Para você que curte essa variação musical, pode escutar sem medo de ser feliz. Você não vai se arrepender.

Track-list:
1. Made up Mind
2. Do I Look Wooried
3. Idle Wind
4. Misunderstood
5. Part of Me
6. Whiskey Legs
7. It's so Heavy
8. All That I Need
9. Sweet and Low
10. The Storm
11. Calling Out to You




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Metallica: foto rara de formação original do grupoMetallica
Foto rara de formação original do grupo

Guitar World: os 100 piores solos de guitarra da históriaGuitar World
Os 100 piores solos de guitarra da história


Sobre Victor Freire

Professor universitário e mestre em Engenharia Mecânica pela UFRN. Nascido no deserto de Mossoró/RN. É fã e colecionador de itens relacionados ao rock'n'roll. Editor-chefe do blog Rock'N'Prosa e guitarrista do Godhound. Acessa o Whiplash! desde a infância e colabora com o site sempre que possível.

Mais matérias de Victor Freire no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL Cli336x280 CliInline