Matérias Mais Lidas

imagemA bizarra exigência de Ace Frehley para participar da última turnê do Kiss

imagemMax Cavalera revela como "selou a paz" com Tom Araya, vocalista do Slayer

imagemPink Floyd: Gilmour nega alegação de Waters sobre "A Momentary Lapse of Reason"

imagemO grave problema do refrão de "Eagle Fly Free", segundo Fabio Lione

imagemEngenheiros do Hawaii e as tretas com Titãs, Lulu Santos, Lobão e outros

imagemLobão explica porquê todo sertanejo gostaria, no fundo, de ser roqueiro

imagemEdu Falaschi descobriu que seu primo famoso tem mais seguidores que ele no Instagram

imagemDave Mustaine cutuca Kiss e bandas "preguiçosas" que usam playbacks

imagemGregório Duvivier: "Perto de Chico Buarque, Bob Dylan é uma espécie de Renato Russo!"

imagemAC/DC: Angus Young conta como é para ele o antes, o durante e o depois de um show

imagemIggor Cavalera diz que reunião da formação clássica do Sepultura seria incrível, mas...

imagemMax Cavalera diz quais foram os dois discos mais difíceis que já gravou

imagemCinco bandas de rock que gravaram músicas de Michael Jackson, o Rei do Pop

imagemA categórica opinião de Dave Mustaine sobre religião "abusiva e falsa" de sua mãe

imagemA fundamental diferença entre Paulo Ricardo e Schiavon que levou RPM ao fim


Airbourne 2022

Fates Prophecy: trabalho calcado no Metal Tradicional

Resenha - Cradle of Life - Fates Prophecy

Por Marcos Garcia
Em 15/02/13

Nota: 9

É muito legal ver boas bandas nacionais que, após um hiato, retomam as atividades, já que a experiência e a vontade de fazer um bom trabalho as une novamente. O FATES PROPHECY é bem conhecido há dez anos por um trabalho calcado no Metal Tradicional, e que angariou um bom número de fãs, mas que deu uma parada em 2005, mas que está de volta às atividades e acaba de soltar o ótimo 'The Cradle of Life', seu quarto trabalho de estúdio.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

O quinteto, justamente por fazer Metal Tradicional, não chega a apresentar nada de novo, mas quem pensa que isso é um problema, deveria rever seus conceitos, pois o quinteto tem um vigor, uma personalidade e energia todo deles, mostrando um trabalho forte, coeso e ótimo, com ótimos vocais que não exageram em agudos, guitarras fortes e bem trabalhadas sejam nas bases pesadas ou nos solos cheios de melodia e feeling, e a base rítmica baixo/bateria esbanja garra e energia, e uma boa técnica.

A produção, assinada por Paulo Almeida e Fernando Poles (guitarristas da banda) ficou de primeira, pois o som está polido e pesado na medida certinha, sendo que cada instrumento está na medidda e audibilidade perfeitos. A arte, muito bela, transborda o conceito usado pela banda para escrever, ou seja, que pode existir uma terceira opção para a origem da vida, sem que recaia no Evolucionismo ou no Criacionismo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Musicalmente, a banda mostra toda experiência dos longos anos nas nove músicas que compõem o CD, e como é de praxe, o nível de composições é bem alto e inspirado, mas há destaques bem óbvios como '24-7 To Death', uma música forte e bem baseada na NWOBHM, com guitarras bem 'maidenianas' e um refrão bem agressivo; a não tão rápida, mas empolgante 'New Degeneration', com ótimos vocais roucos e um refrão bem ganchudo; a melodiosa e cativante 'Resurrection', com um andamento bem vibrante, e que todo mundo vai cantar nos shows; a maravilhosa 'The Cradle Of Life', uma semi-balada pesada e cheia de emoção, onde a bateria e o baixo mostram um trabalho ótimo; e a mais trabalhada e pesadona 'Devil is my Name'.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

E um grande incentivo para que todos possam apreciar este ótimo álbum é que ele se encontra disponível para a audição e download no site da banda. Mas acreditamos que todos irão querer a cópia física do CD, pois é daqueles itens obrigatórios em qualquer coleção.

Só resta uma coisa a ser dita após ouvir este disco: sejam bem vindos de volta, e por favor, fiquem!

The Cradle of Life - Fates Prophecy
(2013 - Independente - Nacional)

Tracklist:

01. 24-7 To Death
02. New Degeneration
03. Resurrection
04. A Prayer To The Sun
05. The Cradle Of Life
06. The Unbeliever
07. Primitive Man
08. Devil is My Name
09. One Life

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Formação:

Ricardo Peres - Vocais
Paulo Almeida - Guitarras
Fernando Poles - Guitarras
Alexandre Ferreira - Baixo
Sandro Muniz - Bateria

Contatos:

http://www.fatesprophecy.com
http://www.myspace.com/fatesprophecy
http://www.youtube.com/user/FatesProphecyTV
http://www.facebook.com/fatesprophecy
https://twitter.com/fatesprophecy

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal


Outras resenhas de Cradle of Life - Fates Prophecy

Resenha - Cradle Of Life - Fates Prophecy

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Sobre Marcos Garcia

Marcos Garcia é Mestrando em Geofísica na área de Clima Espacial, Bacharel e Licenciado em Física, professor, escritor e apreciador de todas as subdivisões de Metal, tendo sempre carinho pelas bandas mais jovens e desconhecidas do público, e acredita no Underground como forma de cultura e educação alternativas. Ainda possui seu próprio blog, o Metal Samsara, e encara a vida pela máxima de Buda "esqueça o passado, não pense no futuro, concentre-se apenas no presente".

Mais matérias de Marcos Garcia.