Crucified Barbara: hard/heavy sujo, pesado e vigoroso

Resenha - Midnight Chase - Crucified Barbara

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


O heavy metal é um estilo machista. Desde seus primórdios, as bandas de música pesada são formadas quase que 99% por homens, assim como a grande maioria dos fãs do estilo são do sexo masculino. Assim, sempre que uma banda que contenha mulheres aparece, muitas pessoas tendem a torcer o nariz e criticar sem sequer ouvir sua sonoridade, por puro preconceito. Assim, se você tiver esse tipo de pensamento, acabará perdendo a oportunidade de conhecer ótimas bandas do cenário metálico atual, dentre as quais se enquadram as suecas do CRUCIFIED BARBARA, que chegam agora a seu terceiro disco.

Sasha Grey: sua real paixão pela música de atitude e sua coleção de vinilAstros mortos: como estariam alguns se ainda estivessem vivos?

O som das meninas é um hard/heavy sujo, pesado, vigoroso e cheio de estilo, com influências que vão de SKID ROW a MOTORHEAD, mas com muita personalidade. Com ótimos riffs de guitarra, uma cozinha correta e um vocal agressivo e muito bem encaixado, o quarteto se mostra maduro, criando faixas diretas, mas empolgantes, e que chamam o ouvinte a bangear e a cantar junto.

Todas as faixas são boas, mas algumas se destacam, em especial a agressiva "The Crucifier", que abre o disco com muita qualidade; "Into th Fire", a melhor do material, e que remete direto ao MOTORHEAD; "Rock Me Like the Devil", outro petardo que deve ficar ainda melhor ao vivo; e "Rise and Shine", mais hard rock, com ótimos solos de guitarra.

O CRUCIFIED BARBARA, pois, é uma banda de muita qualidade, e que transborda energia e empolgação com suas canções, e que agrada facilmente o ouvinte logo na primeira audição, sendo aquela típica sonoridade que visa apenas diversão. Por isso, deixe os preconceitos de lado, e escute o material, pois, afinal, o que importa é a qualidade musical, e não quem faz ou não parte da banda, não é mesmo? Fica a dica!

The Midnight Chase - Crucified Barbara
(2012 - Hellion Records - Nacional)

Formação:

1. The Crucifier
2. Shut Your Mouth
3. Into the Fire
4. Rules and Bones
5. Everything We Need
6. If I Hide
7. Rock Me Like the Devil
8. Kid from the Upperclass
9. The Midnight Chase
10. Count Me In
11. Rise and Shine


Outras resenhas de Midnight Chase - Crucified Barbara

Crucified Barbara: Um álbum cheio de peso e agressividade




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Crucified Barbara"


Crucified Barbara: A curiosa origem do nome da bandaCrucified Barbara
A curiosa origem do nome da banda

Mulheres: 5 bandas de Hard Rock atuais com vocais femininosMulheres
5 bandas de Hard Rock atuais com vocais femininos


Sasha Grey: sua real paixão pela música de atitude e sua coleção de vinilSasha Grey
Sua real paixão pela música de atitude e sua coleção de vinil

Astros mortos: como estariam alguns se ainda estivessem vivos?Astros mortos
Como estariam alguns se ainda estivessem vivos?

David Bowie: a última foto pública e a última foto privadaDavid Bowie
A última foto pública e a última foto privada

Rhythm: os bateristas mais influentes de todos os temposSeparados no nascimento: James Hetfield e o Leão ValenteEric Clapton: Apaixonado pela Ferrari, fã de Massa e BarrichelloAngra: "Uma rapazeada bonita, mas nenhum foi bonzinho"

Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.