Iron Maiden: A passagem da rudeza às pedras polidas

Resenha - Soundhouse Tapes - Iron Maiden

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Paulo Severo da Costa
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 10

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Antes da Internet, “velhos” de trinta e cinco anos como eu, dependiam de duas coisas para ter acesso a certas preciosidades: dinheiro ou sorte. Singles, versões ao vivo, vídeos de shows clássicos, resenhas de LESTER BANGS, demos e outras “pequenas alegrias” eram raridades disputadas no tapa. As publicações - salvo honrosas exceções, como as edições especiais da SOMTRÊS e da BIZZ e alguns fanzines - se limitavam à música pop e outras chatices.
2101 acessosIron Maiden: Blaze explica por que Andre Matos teria sido melhor5000 acessosThe Voice Kids: até Brian May ficou impressionado com brasileiro

Em um desses raros momentos, li uma resenha a respeito de “The Soundhouse Tapes”, o EP que primeiro registrou o som do IRON, antes de sua homônima estréia em estúdio. Gravado em dezembro de 1978 nos estúdios Spaceward, em Cambridge, “Soundhouse” foi lançado em novembro do ano seguinte. Originalmente registrado com quatro faixas (“Strange World” - aparentemente recusada por falta de qualidade - também estava no track list original e aparece como bônus em versões posteriores), o EP foi lançado com três canções e entregue ao Dj NEAL KAY – fato definitivo na história da banda, uma vez que essa circunstância fez o MAIDEN ser apresentado a ROD SMALLWOOD - que todo fã da banda sabe quem é.

Muito bem: sabe aquele som que você conhece dos discos do MAIDEN, com guitarras “gêmeas” bem trabalhadas, vocais brilhantes, bateria impecável? Então esqueça! O buraco aqui é bem mais embaixo: o disco foi gravado com apenas um guitarrista- DAVE MURRAY - ADRIAN SMITH foi convidado para ingressar em dezembro de 79, depois da gravação do EP, mas declinou, e no seu lugar entraria DENNIS STRATTON -, o que resulta em uma sonoridade bem diferente daquela que caracterizou a banda depois. No vocal, PAUL Di´ANNO mostrava apenas rudimentos do excelente vocalista que viria se tornar posteriormente; na bateria DOUG SAMPSON - CLIVE BURR só entraria no final de 1979 - e claro, STEVE HARRIS no baixo.

“The Soundhouse” é tão cru quantos os registros punks da época: “Iron Maiden” é “pedra bruta” até dizer chega - introduzida pela solitária guitarra de MURRAY, seu refrão parece algo saído de “Never Mind The Bollocks”, tamanha sua “secura” - diferente, mas excelente!!

Na sequência, “Invasion”, mostra um pouco mais da faceta metal que caracterizaria a banda; a faixa é uma “coluna” de distorção, com excelente solo de guitarra, repleto de notas modificadas – cortesia das boas alavancadas de MURRAY.

O mesmo não se pode afirmar da desafinadíssima introdução de “Prowler” onde, sinceramente não dá para entender o que MURRAY fez ali. No entanto, na continuidade da faixa só se ouvem acertos, onde se destaca a bateria super bem conduzida - ainda que baixa demais na mixagem - de SAMPSON.

Resumo da ópera: se você é fã da banda você TEM que ouvir esse registro - que mostra a passagem da rudeza às pedras polidas que viriam nos anos seguintes. Agora se você não é fã da banda tudo bem - uma hora dessas, você não está nem lendo esse texto mesmo.

Track list:

1. "Iron Maiden"
2. ."Invasion"
3. "Prowler"

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 06 de julho de 2012

Iron MaidenIron Maiden
Steve Harris assiste show do Metallica no Canadá

2101 acessosIron Maiden: Blaze explica por que Andre Matos teria sido melhor1608 acessosIron Maiden: Book Of Souls Tour chega ao fim ainda sem "Hallowed..."551 acessosIron Maiden: Quadrinhos e action figures na Comic-Con de San Diego862 acessosDuplas de guitarristas: Loudwire elenca suas dez melhores1282 acessosBruce Dickinson: voando em um bombardeiro da II Guerra Mundial0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Iron Maiden"

Blaze BayleyBlaze Bayley
"Ser demitido do Iron Maiden me matou"

Iron MaidenIron Maiden
Veja a banda como você não gostaria de vê-la

Kerry KingKerry King
"Metallica e Iron Maiden vivem do passado"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Iron Maiden"

The Voice KidsThe Voice Kids
Até Brian May ficou impressionado com brasileiro

MetallicaMetallica
Hetfield fala sobre Dave Mustaine, Load e homossexualidade

Iron MaidenIron Maiden
Uma releitura de "The Trooper" pelo Cine

5000 acessosLed Zeppelin: a origem do anjo símbolo da banda5000 acessosVan Halen: o constrangedor encontro de Eddie com o Nirvana5000 acessosMetallica: A reação de James a famosos usando camisetas da banda5000 acessosLauren Harris: Como é ser filha do baixista do Iron Maiden5000 acessosBlaze Bayley: "Não tinha comida. Tive que esmolar."5000 acessosNick Jonas: ele tentou fazer um solo e virou um meme de Internet

Sobre Paulo Severo da Costa

Paulo Severo da Costa é ensaísta, professor universitário e doente por rock n´roll. Adora críticas, mas não dá a mínima pra elas. Email para contato: joaopsevero@bol.com.br.

Mais matérias de Paulo Severo da Costa no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online