Attomica: Ainda referência na música pesada nacional

Resenha - Attomica 4 - Attomica

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar Correções  

9


Finalmente, depois de mais de 21 anos de espera, é colocado no mercado o tão aguardado novo disco do ATTOMICA, uma das bandas mais importantes da história do metal nacional. Formada em 1985, na cidade de São José dos Campos, a banda teve uma carreira curta no final dos anos 80 e início dos anos 90, mas marcou uma geração de bangers com seus discos e shows fantásticos, e até hoje é referência na música pesada nacional.

Marcelo Souza: guitarrista do Attomica fala de novos projetosBon Jovi: as fotos do vocalista com mulheres nuas em 1985

Iniciando suas atividades com um thrash metal mais ríspido e direto, como se percebe no seu debut, e depois evoluindo para algo mais trabalhado, principalmente no clássico "Disturbing the Noise", o ATTOMICA sempre esbanjou competência e paixão pelo estilo. E neste seu quarto disco de estúdio, que sugestivamente leva apenas o nome de "Attomica 4", a banda mostra que mesmo com essa extensa parada em suas atividades, não esqueceu nada, lançando um material excelente, digno de sua discografia, mesclando com perfeição o thrash metal old school com hardcore e crossover, no melhor estilo anos 80.

Todos os elementos característicos do som da banda estão presentes: riffs de guitarras destruidores e precisos, que são o carro chefe de todas as faixas; baixo marcante e bateria técnica e precisa, aliados aos excelentes vocais de Alex Rangel (que substituiu Laerte Perr, vocalista original da banda), que varia entre tons graves e agudos com muita precisão, e sempre exalando fúria e agressividade, como pede o estilo.

Portanto, estamos diante de um daqueles discos que todos os fãs de thrash metal oitentista irão escutar e se deliciar, tendo aquela sensação de que os velhos tempos estão de volta, e tudo isso agora com uma excelente qualidade de gravação, que soube deixar o som atual mas sem excessos de modernidade.

O disco merece uma audição completa, sendo que todas as faixas são excelentes e irão fazer estragos em pescoços mundo afora, mas caso o ouvinte queira ter uma ideia de quão bom é o material, escute as três primeiras faixas do disco, "Blood Bath", "Black Death" e "Yakuza", além de "Down the Drain", para perceber que este retorno da banda é muito mais do que bem vindo!

É cedo para dizer que "Attomica 4" é o melhor disco do ATTOMICA, mas desde já é perceptível que, no mínimo, está no mesmo nível dos lançamentos anteriores da banda. Trata-se, pois, de um disco historio e indispensável na coleção de qualquer fã de metal! Vamos torcer para que a banda continue ativa, e não demore mais 21 anos para soltar outro material. Sem dúvida um dos grandes discos de thrash metal de 2012!

Attomica 4 - Attomica
(2012 – Oversonic - Nacional)

Track List:

1. Blood Bath
2. Black Death
3. Yakuza
4. Night Killer
5. Wanted
6. Down the Drain
7. Mysterious Lady
8. Hurt n Scared
9. Amen




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Marcelo Souza: guitarrista do Attomica fala de novos projetos

Metal Brasileiro: 10 bandas recomendáveis fora o SepulturaMetal Brasileiro
10 bandas recomendáveis fora o Sepultura


Bon Jovi: as fotos do vocalista com mulheres nuas em 1985Bon Jovi
As fotos do vocalista com mulheres nuas em 1985

Big Four: astros da cena Heavy escolhem banda preferidaBig Four
Astros da cena Heavy escolhem banda preferida


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin