Superstitious: Procurando manter vivo o espírito Rock

Resenha - Superstitious - Superstitious

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

8


Em 2007, quando iniciou sua carreira na capital paulista, o Superstitious tinha plena consciência de que a cena Hard Rock / AOR brasileira possuía pouquíssimos bons nomes. Assim, encarando as dificuldades de exposição, a banda passou a tocar pelas casas de shows da região enquanto refinava seus arranjos tendo como objetivo o lançamento de um primeiro álbum, que agora chega ao mercado sob o título "Superstitious".

O Superstitious possui aquela importante característica, típica dos grupos iniciantes: seus músicos tocam com o coração. E quando todo esse feeling está devidamente comprometido em atualizar uma fórmula consagrada e reconhecida por atrair um público tão abrangente, tudo fica mais fácil para um disco ser bem recebido. A banda simplesmente prova ter as manhas em mesclar Hard Rock com alguns arranjos mais pesados e uma apurada carga melódica, o que dá um tom bastante acessível ao álbum.

publicidade

E, como o estilo necessita, o Superstitious conta com um vocalista chamado Luis Wasques, que acerta em cheio por explorar os limites de sua voz, mas nunca indo além do necessário – e inclusive seu timbre consegue remeter ao de Bruce Dickinson. Ok, por ser uma banda independente, é natural que o áudio careça de algum refinamento, mas nada que comprometa a deliciosa fluidez proporcionada pelos 50 minutos de audição, recheada de grandes momentos como "Living My Dreams", "Standing By Your Side" e "Sweet Angel".

publicidade

Como os próprios paulistas conscientemente afirmam, este é um disco que procura manter vivo o espírito do Rock'n Roll através dos novos tempos. É bem por aí mesmo! O Superstitious está de parabéns pelo carisma e acessibilidade de suas canções, e, mesmo com a resenha chegando ao fim, fica a certeza de que o disquinho continuará rolando por aqui por um bom tempo... Procure conhecer!

publicidade

Contato:
http://www.superstitious.com.br
http://www.myspace.com/superstitiouspace

Formação:
Luis Wasques - voz
Rodrigo Cordeiro - guitarra
Daniel Mattos - baixo
Lael Campos - teclados
Flávio Gasperini - bateria

publicidade

Superstitious – Superstitious
(2011 / independente – nacional)

01. Inside Our Hearts
02. Living My Dreams
03. What I Feel For You
04. Shining On Me
05. Standing By Your Side
06. Don’t Give It Up
07. Shelter
08. Not Alone
09. Sweet Angel
10. Win Or Wall
11. Sabrina
12. Devil Inside
13. Let It Rain




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Power Metal: os dez álbuns essenciais do gêneroPower Metal
Os dez álbuns essenciais do gênero

Roadrunner: os melhores frontmen de todos os temposRoadrunner
Os melhores frontmen de todos os tempos


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin