Twenty Ripped Angel: Industrial com elementos eletrônicos

Resenha - Threads - Twenty Ripped Angel

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  


Em sua primeira década de atividades, o norte-americano Twenty Ripped Angel liberou cinco álbuns de estúdio – "Sincerely Yours" (05) é espetacular! – que conquistou vários fãs da música industrial pelas redondezas de Baltimore, sua cidade natal. A banda nunca saiu do underground, mas continua fazendo a música que lhe convém, tendo em "Threads" seu mais novo registro.

Com a formação estável há anos, "Threads" continua desfiando um híbrido de industrial com alguns elementos da música eletrônica. Ainda que não seja tão feroz como nos velhos tempos, mantém-se a forte carga de distorção, com guitarras cortantes por todos os lados e vocalizações completamente processadas. E algo sempre relevante é o fato de aquela atmosfera tão futurista não predomina, optando-se em enfatizar um lado sombrio e meio doentio, o que torna sua música consideravelmente perturbadora.

publicidade

Apesar destes atributos, é perceptível que o Twenty Ripped Angel começou a oferecer arranjos ‘mezzo’ reciclados, que remetem diretamente a alguns de seus trabalhos anteriores e compromete um pouco da credibilidade de "Threads". De qualquer forma, ainda assim o repertório oferece ótimas composições, merecendo grande destaque "Hot, Sexy, Fun And Unpredictable" (ô teclado invocado!), seguido de perto por "Shut The Fuck Up", "Questions" e "Numb Inside".

publicidade

"Threads" flui bem e, pelo fato de ao longo das últimas décadas o industrial /eletrônico ter se disseminado ao redor do globo, é compreensível que este disco não venha a oferecer o impacto que muitos poderiam esperar, mas é um trabalho sério, feito por músicos sintonizados e que sabem o que querem com sua proposta. Assim, o Twenty Ripped Angel torna-se uma boa opção aos admiradores de Ministry, Marilyn Manson e Rob Zombie.

publicidade

Contato:
http://www.twentyrippedangel.com
www.myspace com/twentyrippedangel

Formação:
Fritz T. Fell - voz
W. Sawczuc - guitarra
Cyril Charles - baixo
Rob Rabon - teclado
S. Von Ziegle - bateria

Twenty Ripped Angel – Threads
(2011 / Killing Jar Records – importado)

01. In The Chamber
03. Shut The Fuck Up
04. Hot, Sexy, Fun And Unpredictable
05. Questions
06. Bleed
07. G.H.M. Disease
08. Friends With The Devil
09. Numb Inside
10. Girls Night Out
11. Mountains
12. Lords Of Highlandtown
13. Mess

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Axl Rose: Sobe na porra do palco ou você vai morrer!Axl Rose
"Sobe na porra do palco ou você vai morrer!"

Musas do Metal Nacional: combo de talento e sensualidadeMusas do Metal Nacional
Combo de talento e sensualidade


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin